Após pressão de Marcelo, Costa obriga DGS a revelar parecer sobre Avante!

17

Stephanie Lecocq / EPA

Após o “puxão de orelhas” à Direcção-Geral de Saúde (DGS) que se recusou a revelar o parecer técnico sobre a Festa do Avante!, o primeiro-ministro assegura que o documento vai ser conhecido durante o dia de hoje no habitual “briefing” diário sobre a covid-19.

As declarações de António Costa, proferidas à entrada para uma conferência do PS, contrariam assim a DGS que, no domingo, anunciou a entrega da versão final do parecer técnico sobre a realização da Festa do Avante!, durante a pandemia de covid-19, remetendo a divulgação do seu conteúdo para o PCP.

“As regras estão definidas e são comunicadas hoje no ‘briefing’ normal. Vão ser divulgadas obviamente”, disse aos jornalistas o líder do Governo.

A postura do primeiro-ministro relativamente ao parecer da DGS vem no seguimento de críticas feitas pelo Presidente da República.

“Nunca pensei que chegássemos a cinco dias sem conhecer as regras do jogo”, apontou aos jornalistas Marcelo Rebelo de Sousa.

Também Rui Rio criticou a DGS, considerando “ridículo e inaceitável” a não divulgação do parecer. “A insensata DGS está pura e simplesmente a gozar com todos nós. Em democracia, pior era impossível“, atacou o líder do PSD.

Entretanto, o PCP queixou-se do “grau de exigência” que a DGS está a solicitar para a Festa do Avante! comparativamente com outros eventos. “O parecer da DGS contém em vários domínios graus de exigência maiores relativamente à Festa do que tem estabelecido para outras iniciativas”, constatou o partido num comunicado.

O evento dos comunistas tem gerado muitas críticas e controvérsia, nomeadamente entre comerciantes da zona envolvente à Quinta da Atalaia, na freguesia de Amora, Seixal, que costuma acolher a Festa do Avante!. Um grupo de comerciantes anunciou mesmo que vai encerrar os seus estabelecimentos por “precaução” e para “mitigar o risco” de contágio.

  ZAP // Lusa

17 Comments

  1. Quem manda no país não é o Vladimir António Lènine Costa.. e o Josep Jerónimo Stalin… o Lenine foi ultrapassado pelo Josep….. e viva a “demokratur”!!!!!!!!

    • Uma afronta miserável ao povo português. A tríade Governo – DGS e PR, está a ser justamente vergastada pelo povo que se interroga se temos timoneiros ao leme do país ou uma corja icompetente e corrupta.

      • Não restam duvidas que é uma corja incompetente e corrupta.
        A corja da famelga e dos amigalhaços ( basicamente dos palhaços).

    • Por isso é que o caduco PCP já pouco representa em Portugal e esta questão é para eles de vida ou de morte quanto à sua sobrevivência. E Costa, como passarão que é, quer usar a questão como moeda de troca para um favor político. Ou não seja este governo o dos favores, das negociatas e de todos em família. Estamos a chegar ao ponto de ver finalmente a radiografia do desastre.

  2. De facto o PCP continua a ser um estado dentro do Estado… É preciso o PR mandar uns bitaites para que aquilo que tem de ser público o seja? Mas não está, potencialmente, em causa a saúde de todos? Se proibiram, e bem, os festivais de Verão; se proibiram, e bem, o público nos estádios, porque raio há-de ser diferente com o PCP? E não venham com a conversa das normas e do distanciamento, porque quem já esteve nesses eventos, bem sabe que depois de umas cervejas e de umas ganzas, acaba-se logo o distanciamento…
    Todos os eventos que extravasam o âmbito político deveriam ter sido proibidos. Os de carácter político deveriam ter sido cancelados pelo próprio PCP. Isso sim teria sido uma actuação responsável. Até a Igreja teve uma atitude bem mais prudente ao cancelar as cerimónias no Santuário de Fátima. Tenham juízo e, já agora, um pingo de decência e vergonha!

  3. Estou curioso com o parecer, e o “toca e foge” por parte da DGS em revelar o “parecer” – vamos ver se temos um sistema, ou dois (em que para uns as regras são umas, e para outros existem excepções).

    Vejamos mais logo.

  4. É inadmissível o que se está a passar com esta pouca-vergonha da festarola do Avante. Até o Presidente da República é gozado com esta questão miserável. A caduca diretora geral da saúde, num país decente, só tinha um caminho: abandonar o cargo imediatamente. Isto é a maior anedota da história do Portugal do período democrático que, como se vislumbra facilmente, pouco tem de democrático, antes mais próximo de uma ditadura.

  5. António Costa precisa do PCP para aprovar o Orçamento ou pelo menos que não façam muito barulho. Por isso ao PCP tudo foi e vai ser permitido, não devemos esquecer que o PCP foi com o BE a muleta de António Costa durante 4 anos. Por isso se permitiram as comemorações do 1.º de Maio, que foram a origem de todos os casos que tivemos em Lisboa e arredores durante os ultimos meses e agora teremos a festa do Avante para ter daqui a umas semanas a situação outra vez descontrolada. que importa quantos morrem, que importa o custo que isso vai ter, quantos estabelecimentos vão ter de fechar, quantos empregos isso pode custar, desde que o PCP tenha a sua festa, os cofres cheios mais uma vez o resto nada importa. Viva a Democracia. pelo menos ainda podemos falar, mais um pouco será como na Russia quem não concorda leva uma dose de veneno ao beber o seu chazinho. Democracias à PCP.

  6. Isto já parece mais uma comédia, com palhaços e saltimbancos! Com esta salada política cada vez menos o povo os leva a sério e aumenta o receio se o barco chegará algum dia a bom porto.

  7. Eu questiono, que tipo de democracia é a nossa que aceita um partido que defende a ditadura comunista, anda por aí muita gente incomodada com a extrema-direita, pessoalmente que seja do meu conhecimento ainda não vi nenhum partido defender qualquer tipo de ditadura, mas imaginamos que declaradamente um partido à direita tome essa posição, pergunto, será autorizado tal como o PCP a fazer parte da vida política nacional? Levo ainda mais longe a questão, alguém propunha a criação dum partido com o nome Salazar, que defendesse os seus métodos, o que aconteceria? Comparada a ditadura de Salazar com as várias comunistas responsáveis por milhões de mortes e desaparecidos pelo mundo, isto seria uma gota de água no oceano.

  8. Vejam isto pelo lado positivo: vamos ver-nos livres de uns quantos comunas com o Covid-19!
    Grande parte deles já são de uma certa idade e assim vão poder ir mais cedo para um mausoléu do partido 😀

  9. DGS, por favor, coloquem uma cláusula que exija a presença de todos os comunistas dentro do recinto da Festa e com uma permanência obrigatória de 30 dias após o final dos festejos, de forma a garantir que haja um bom nível de contágio para todos os participantes, e que só após esses 30 dias permitam a assistência médica.
    Assim, fica garantida a erradicação deste cancro partidário que só tem existência neste país da UE.

  10. Caros Senhores da ZAP
    Tenho muito comentado, mas nada vi publicado, ou os que mostram a cara vocês não publicam o que eu comento.
    Peço a publicação de tudo e onde mostro a cara, não me escondo para dizer as verdades.
    Espero resposta

    • Caro leitor,
      Não se trata de mostrar ou esconder a cara, trata da forma como o faz.
      Tivemos oportunidade de o avisar várias vezes de que não aceitamos comentários AOS BERROS.
      Assim, os comentários em que DECIDA GRITAR não foram, e não serão, aceites — por moderação prévia ou à posteriori.
      Além disso, após os inúmeros comentários que recentemente colocou COM GRITARIA, decidimos também pesquisar o seu histórico de comentários e eliminar os que tenham DEMASIADOS DECIBÉIS.
      Quando conseguir controlar essa sua recorrente necessidade de USAR O CAPSLOCK, passará a ver os seus comentários publicados.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.