Apoiante do líder do PSD defende que Rio tem de sair depois das legislativas

João Relvas / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

O presidente da concelhia do PSD do Porto classificou esta quarta-feira Rui Rio como um presidente do partido “sem rumo nem estratégia”, e disse ser uma “incompetente arrogância” a sua “ausência total” durante o atual “período político crítico”.

“Inacreditavelmente, a um mês e meio de eleições legislativas, o presidente do PSD e o seu núcleo duro decidiram tirar férias, a meio duma crise que preocupa os portugueses. A ausência total de PSD, durante duas longas semanas num período político crítico é inaceitável e apresenta um odor demasiado forte a uma incompetente arrogância para que eu consiga manter calado. O PSD é mais do que isto. O PSD não é isto”, escreveu Hugo Neto, na sua página pessoal na rede social Facebook.

O dirigente explicou serem estas as circunstâncias que o levaram a falar agora, quando inicialmente tinha apontado o período pós-eleições de outubro para clarificar a decisão da secção do Porto de abandonar as listas de candidatos a deputados.

“Nas listas, como no trabalho político diário, Rio não podia ter desiludido mais. Personificação máxima do Princípio de Peter [da incompetência], Rui Rio, um bom autarca, com quem trabalhei na Câmara do Porto, rodeou-se de gente sem qualidade e tornou-se num presidente do PSD sem rumo nem estratégia”, criticou Hugo Neto.

Para o dirigente, “se é hoje quase unânime” que Rio “terá de sair” depois das eleições, devido a “tantos erros e passos em falso”, escusava “de ter escolhido a porta mais minúscula para a saída”.

Quanto ao processo de elaboração das listas, Neto lembra que fez “questão de transmitir ao presidente o quão grave e errado sinal seria deixar de parte um dos melhores do PSD, como Miguel Pinto Luz, uma incompreensível injustiça vetar ou, de forma mais covarde e menos assumida, relegar para a inelegibilidade Maria Luís Albuquerque ou esquecer o contributo de trabalho de Emídio Guerreiro”.

Para Neto, Rio “conseguiu cometer cumulativamente todos estes erros e falhas graves na construção das listas nacionais”. “Mas o pior estava para chegar: na lista do seu distrito, no círculo onde havia prometido ser cabeça de lista, Rio conseguiu a verdadeira quadratura do círculo”, com uma lista que “não cumpre com a história e património político do PSD do Porto”.

De acordo com Hugo Neto, “Rui Rio impôs sete nomes, escolhas suas, na lista de deputados do Porto”. Para o presidente da concelhia, é “totalmente incompreensível que as escolhas finais de Rio no distrito não assegurem nenhum dos critérios lógicos para a construção duma lista de deputados”.

“Tenho estima por alguns dos candidatos mas, salvo raras e honrosas exceções, como a de Álvaro Almeida, as escolhas feitas não asseguram reforço de competências técnicas ao grupo parlamentar”, lamenta.

De acordo com Hugo Neto, as escolhas de Rio – que surge como número dois na lista eleitoral do PSD pelo Porto, sendo Hugo Carvalho o cabeça de lista – “também não representam as bases do partido, não garantem equilíbrio territorial e não cruzam verdadeiramente o partido com o melhor da nossa sociedade”.

“Rio fez as suas escolhas. Estatutariamente, tinha direito a elas, mas não são escolhas de um verdadeiro líder ou, sequer, de alguém que esteja minimamente preocupado em, escolhendo os melhores, deixar um legado positivo”, critica, acusando o partido de “desnorte”.

“Independentemente do lugar que fosse atribuído à primeira indicação da secção do Porto, não poderíamos validar, com o nosso silêncio cúmplice, um processo kafkiano que envergonharia Francisco Sá Carneiro. Os lugares são importantes mas mais importante é a nossa liberdade e coerência”, defende.

A Lusa tentou obter uma reação do presidente do PSD a esta posição do líder da concelhia do Porto, mas não teve sucesso até ao momento.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pelo que percebi o pior inimigo do PSD são os seus militantes habituados aos jobs for the boys and girls do costume, transversais as partidos mais votados. O Rui Rio representa uma mudança de paradigma para o qual os boys, em particular e o zé povinho, em geral, não estão na disposição de aceitarem, os primeiros pela ganância, os segundos apenas por ignorância.
    É urgente reduzir o número de deputados da AE, de câmaras municipais, agrupando-as como fizeram com as escolas e, ainda mais importante, trabalhar em prol de um país melhor!

Responder a Marks Cancelar resposta

Ordenado de 3 milhões e outros tantos em prémios. O contrato de Jesus à lupa

Jorge Jesus, que esta segunda-feira foi oficialmente apresentado como treinador do Benfica, vai ganhar três milhões de euros líquidos temporada, valor a que acrescem outros tantos milhões mediante prémios. Apesar de vir auferir um salário …

Já com luz verde de Bruxelas, Governo quer Banco de Fomento a funcionar no final do ano

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse esta terça-feira à agência Lusa que quer o Banco Português de Fomento a funcionar no final do ano, depois da sua criação ter sido …

"Partenon dos Naufrágios". Grécia abre o seu primeiro museu arqueológico subaquático

A Grécia abriu nesta segunda-feira o seu primeiro museu arqueológico subaquático, que reúne um conjunto de ânforas do século V a.C e que foi batizado como o "Partenon dos Naufrágios", na costa da ilha de …

Mais um funcionário do Parlamento infetado com covid-19. Outros cinco testaram negativo

Mais um funcionário da Assembleia da República foi diagnosticado com covid-19, enquanto outros cinco, atualmente em isolamento e que tinham estado em contacto com o primeiro infetado, testaram negativo. A informação foi avançada esta terça-feira …

Juan Carlos virá para Portugal? Presidente e autoridades nada sabem

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta terça-feira desconhecer se o rei emérito espanhol, Juan Carlos, virá para Portugal, escusando-se a comentar tal possibilidade. "Havia uma resposta politicamente correta que era dizer que …

Cavani a "um passo" do Benfica. Falta o aval de Luís Filipe Vieira

O Correio da Manhã avança esta quarta-feira que o internacional uruguaio Edinson Cavani está a "um passo" do Benfica, faltando apenas o aval do presidente encarnado, Luís Filipe Vieira. Segundo o matutino, o líder das …

Exame ao sangue pode revelar Alzheimer antes de aparecerem sintomas

Fazer análises ao sangue pode revelar a doença de Alzheimer antes de começarem a aparecer sintomas. Em causa está uma proteína específica no sangue. Cerca de duas décadas antes de aparecem sintomas da doença de Alzheimer, …

Há mais interessados na compra da Efacec. Empresa "até pode ser melhor valorizada"

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, disse esta terça-feira à agência Lusa que houve novas "manifestações de interesse" para a aquisição do capital da Efacec que pertence ao …

Mais de uma centena de mortos e quatro mil feridos em Beirute

Mais de uma centena de pessoas morreram e mais de quatro mil ficaram feridas nas duas violentas explosões que sacudiram, esta terça-feira, o porto de Beirute, capital do Líbano, de acordo com um novo balanço …

Clientes com mais de 10 mil euros no BCP começam a pagar comissão

O Millennium BCP vai passar a cobrar uma comissão de manutenção de conta de 5,41 euros mensais a quem tenha mais de 10 mil euros no banco a partir de novembro, de acordo com alterações …