Apoiante do líder do PSD defende que Rio tem de sair depois das legislativas

João Relvas / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

O presidente da concelhia do PSD do Porto classificou esta quarta-feira Rui Rio como um presidente do partido “sem rumo nem estratégia”, e disse ser uma “incompetente arrogância” a sua “ausência total” durante o atual “período político crítico”.

“Inacreditavelmente, a um mês e meio de eleições legislativas, o presidente do PSD e o seu núcleo duro decidiram tirar férias, a meio duma crise que preocupa os portugueses. A ausência total de PSD, durante duas longas semanas num período político crítico é inaceitável e apresenta um odor demasiado forte a uma incompetente arrogância para que eu consiga manter calado. O PSD é mais do que isto. O PSD não é isto”, escreveu Hugo Neto, na sua página pessoal na rede social Facebook.

O dirigente explicou serem estas as circunstâncias que o levaram a falar agora, quando inicialmente tinha apontado o período pós-eleições de outubro para clarificar a decisão da secção do Porto de abandonar as listas de candidatos a deputados.

“Nas listas, como no trabalho político diário, Rio não podia ter desiludido mais. Personificação máxima do Princípio de Peter [da incompetência], Rui Rio, um bom autarca, com quem trabalhei na Câmara do Porto, rodeou-se de gente sem qualidade e tornou-se num presidente do PSD sem rumo nem estratégia”, criticou Hugo Neto.

Para o dirigente, “se é hoje quase unânime” que Rio “terá de sair” depois das eleições, devido a “tantos erros e passos em falso”, escusava “de ter escolhido a porta mais minúscula para a saída”.

Quanto ao processo de elaboração das listas, Neto lembra que fez “questão de transmitir ao presidente o quão grave e errado sinal seria deixar de parte um dos melhores do PSD, como Miguel Pinto Luz, uma incompreensível injustiça vetar ou, de forma mais covarde e menos assumida, relegar para a inelegibilidade Maria Luís Albuquerque ou esquecer o contributo de trabalho de Emídio Guerreiro”.

Para Neto, Rio “conseguiu cometer cumulativamente todos estes erros e falhas graves na construção das listas nacionais”. “Mas o pior estava para chegar: na lista do seu distrito, no círculo onde havia prometido ser cabeça de lista, Rio conseguiu a verdadeira quadratura do círculo”, com uma lista que “não cumpre com a história e património político do PSD do Porto”.

De acordo com Hugo Neto, “Rui Rio impôs sete nomes, escolhas suas, na lista de deputados do Porto”. Para o presidente da concelhia, é “totalmente incompreensível que as escolhas finais de Rio no distrito não assegurem nenhum dos critérios lógicos para a construção duma lista de deputados”.

“Tenho estima por alguns dos candidatos mas, salvo raras e honrosas exceções, como a de Álvaro Almeida, as escolhas feitas não asseguram reforço de competências técnicas ao grupo parlamentar”, lamenta.

De acordo com Hugo Neto, as escolhas de Rio – que surge como número dois na lista eleitoral do PSD pelo Porto, sendo Hugo Carvalho o cabeça de lista – “também não representam as bases do partido, não garantem equilíbrio territorial e não cruzam verdadeiramente o partido com o melhor da nossa sociedade”.

“Rio fez as suas escolhas. Estatutariamente, tinha direito a elas, mas não são escolhas de um verdadeiro líder ou, sequer, de alguém que esteja minimamente preocupado em, escolhendo os melhores, deixar um legado positivo”, critica, acusando o partido de “desnorte”.

“Independentemente do lugar que fosse atribuído à primeira indicação da secção do Porto, não poderíamos validar, com o nosso silêncio cúmplice, um processo kafkiano que envergonharia Francisco Sá Carneiro. Os lugares são importantes mas mais importante é a nossa liberdade e coerência”, defende.

A Lusa tentou obter uma reação do presidente do PSD a esta posição do líder da concelhia do Porto, mas não teve sucesso até ao momento.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pelo que percebi o pior inimigo do PSD são os seus militantes habituados aos jobs for the boys and girls do costume, transversais as partidos mais votados. O Rui Rio representa uma mudança de paradigma para o qual os boys, em particular e o zé povinho, em geral, não estão na disposição de aceitarem, os primeiros pela ganância, os segundos apenas por ignorância.
    É urgente reduzir o número de deputados da AE, de câmaras municipais, agrupando-as como fizeram com as escolas e, ainda mais importante, trabalhar em prol de um país melhor!

RESPONDER

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …