Aplicação ajuda indecisos a escolher em quem votar

Gregório Cunha / Lusa

-

Aplicação desenvolvida por startup portuguesa faz com que, através de um jogo, os indecisos percebam as medidas apresentadas pelos partidos que concorrem às eleições legislativas de 4 de outubro.

Faltam dois dias para as próximas eleições legislativas. Com as últimas sondagens a apontarem para cerca de 20% de portugueses indecisos quanto a votarem em quem, torna-se então urgente arranjar formas de elucidar essas pessoas sobre os desejos e as propostas dos partidos em lista, de forma a tentar reduzir a abstenção e promover um voto informado.

A aplicação “Eu Voto!” pretende ser exatamente uma dessas soluções.

Imagine um jogo do tipo perguntas e respostas onde a “pergunta” é uma proposta feita por um dos partidos. O utilizador, ao ver essa proposta, tem a possibilidade de dizer se concorda, se discorda, ou se não sabe. Depois de responder, o jogo continua assim sucessivamente.

O truque? As propostas são exibidas ao utilizador de forma aleatória e anónima o que leva então a uma resposta imparcial do utilizador. No final do quiz, a aplicação indica, consoante o aglomerado de respostas dadas, qual será a melhor opção a tomar no próximo domingo.

Desenvolvida pela Digitemotions, startup portuguesa baseada em Aljustrel, no Alentejo, a app apresenta dez áreas temáticas diferentes e cinco propostas por área e partido.

Criada por “jovens, mas não estudantes”, segundo David Marques, um dos principais impulsionadores do projeto, é gratuita e está neste momento apenas disponível para Android.

Conta já com mais de 1200 utilizadores, número que tem andado a aumentar nesta semana em particular.

A app que surge “pela necessidade”

A app, diz David ao JPN, “surgiu da necessidade evidente de combater a abstenção” por existir “um cada vez maior afastamento entre cidadãos e a atividade política e os movimentos políticos”.

“A ideia de um aplicativo para smartphone poder informar os cidadãos de forma relativamente rápida e simples sobre as diferentes propostas de todos os partidos pareceu-me como uma ideia que pudesse acrescentar alguma coisa”, acrescenta.

“Há um ano para cá começamos a trabalhar nisto”, continua o elemento da equipa. “Isto é um projeto que foi iniciado por um amigo da empresa. Fazia falta e entendemos que tínhamos condições para o tentar criar”, explica.

Quanto ao processo de desenvolvimento da aplicação propriamente dita, assim como a recolha de informação, David conta: “Basicamente, o que nós fizemos, na primeira fase, foi tentar desenvolver a componente de programação, tentar encontrar qual o caminho melhor para responder àquele que era o nosso desafio”.

No entanto, também refere as dificuldades na produção do projeto, sobretudo em relação às restrições temporais associadas ao mesmo: “Foi muito em cima do acontecimento, porque as candidaturas foram apresentadas até 24 de agosto. Alguns dos programas eleitorais foram apresentados já muito recentemente… Foi um contra-relógio, procurar ter o máximo de informação possível, porque o nosso entendimento é que a aplicação só podia fazer sentido se representássemos todos os partidos de forma igual”.

Aliás, neste sentido, o balanço é bastante positivo: “Temos a grande maioria dos partidos. Contribuíram e ajudaram-nos a preencher o conteúdo”. Sublinha também a importância da aleatoriedade e anonimato das propostas quando disponibilizadas ao utilizador.

“Temos a possibilidade de oferecer ao utilizador essas propostas de forma aleatória e anónima, de maneira a que possam olhar para o concreto, de fazer a avaliação das suas escolhas em função de propostas concretas”.

Sobre o futuro, David Marques afirma que o mesmo passa por “voltar a utilizar a aplicação, desta vez em todas as plataformas, para as eleições presidenciais”. “Temos esse projeto, vamos ver em que condições é que é possível”.

JPN

PARTILHAR

RESPONDER

Um ano após o confinamento de Wuhan o mundo continua em crise devido à covid-19

Quase um ano depois da imposição do confinamento na cidade de Wuhan para travar o vírus SARS-CoV-2, que se assinala este sábado, o mundo continua em luta contra a pandemia, apesar do aparecimento de vacinas. A …

Pessoas com certas características podem ser mais suscetíveis a "ouvir" os mortos

Uma equipa de cientistas identificou certas características que podem tornar as pessoas mais suscetíveis a alegar que “ouvem” os mortos. Um novo estudo sugere que as pessoas que se descrevem como "clariaudientes" - em oposição a …

Sporting 1 - 0 SC Braga | Leões conquistam Taça da Liga com golo de Porro (e algum sofrimento)

O Sporting reconquistou hoje a Taça da Liga de futebol, ao vencer na final o Sporting de Braga, por 1-0, em Leiria, com um golo de Pedro Porro e enorme resistência durante a segunda parte. O …

Estados Unidos querem rever o acordo com rebeldes talibãs no Afeganistão

Os Estados Unidos indicaram hoje às autoridades afegãs o seu desejo de rever o acordo entre o Governo norte-americano e os talibãs, assinado em fevereiro de 2020, particularmente para "avaliar" o respeito dos rebeldes pelos …

"Excedeu todas as expetativas". Implante de córnea artificial devolve visão a homem cego

Um homem de 78 anos que estava cego dos dois olhos há 10 anos recuperou a visão após receber o primeiro implante de uma córnea artificial desenvolvida pela startup israelita CorNeat Vision. O implante CorNeat KPro …

Tenista João Sousa falha Open da Austrália após ter estado infetado

João Sousa vai falhar o Open da Austrália depois de ter estado infetado com o novo coronavírus, por determinação das autoridades australianas, anunciou hoje o tenista português. "É com muita tristeza que vos dou a conhecer …

Cientistas criam nova forma de produzir carne em laboratório (e prometem manter o sabor e a textura)

Uma equipa da McMaster desenvolveu uma nova forma de carne cultivada, através do uso de um método que promete manter o sabor e a textura mais naturais do que as outras alternativas à carne tradicional. Os …

Papa pede "jornalismo corajoso" e controlo de notícias falsas na Internet

O papa Francisco pediu hoje um "jornalismo corajoso" que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19. “Opiniões atentas lamentam, há …

A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar …

Suspeito do homicídio de Bruno Candé nega ter agido impulsionado por racismo

Evaristo Marinho disparou vários insultos racistas contra Bruno Candé: “Vai para a tua terra, preto, tens a família toda na sanzala e também devias lá estar”, foi um deles. Três dias depois acabou por matá-lo, …