Apesar dos progressos na Europa, a pandemia está a piorar

Jean-Christophe Bott / EPA

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta segunda-feira que a pandemia da covid-19 está a piorar no mundo apesar de progressos na Europa, indicando que há quase sete milhões de pessoas infetadas.

Na conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia, a partir da sede da organização, em Genebra, o diretor geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, notou que o contágio com o novo coronavírus “está a melhorar na Europa, mas globalmente está a piorar“.

“Quase sete milhões de casos e quase 400 mil mortes” é o balanço global, mas em nove dos 10 dias mais recentes tem havido “mais de 100 mil novos casos”, com o número diário mais alto de novas infeções – 136 mil – atingido no domingo.

Cerca de três quartos dos novos casos concentram-se em dez países, “principalmente na América e no sul da Ásia“.

É preciso “vigilância ativa”

Em vários países europeus, registam-se “sinais positivos” mas “a maior ameaça é a complacência“, indicou Tedros Ghebreysesus, salientando que é preciso “vigilância ativa em encontros com grande número de pessoas” como as manifestações contra o racismo que se têm realizado nos Estados Unidos e outros países, incluindo Portugal, motivadas pela morte do norte-americano George Floyd às mãos da polícia da cidade de Minneapolis.

Ghebreyesus afirmou que a OMS é contra qualquer forma de racismo, mas recomendou que em qualquer manifestação se “proteste de forma segura”, sempre com um metro de distância e usando máscara facial.

No continente africano, apesar de haver menos de 100 mil casos registados da covid-19, o número de novos doentes continua a aumentar e a doença a espalhar-se a mais regiões onde ainda não existia.

Contágio em África pode “explodir”

O diretor executivo do programa de emergências sanitárias da organização, Michael Ryan, assinalou que ainda não se pode falar em “aceleração em massa” do contágio em África, mas para falar de “forma muito realista, pode explodir”.

Ryan salientou que ainda há pouca disponibilidade de testes em África, mas os sistemas de saúde também ainda não foram assoberbados com casos de covid-19.

Tedros Ghebreyesus reiterou que os testes serológicos que já estão a ser feitos em alguns países e que medem o nível de anticorpos que as pessoas podem ter desenvolvido por terem entrado em contacto com o vírus mostram que o nível de imunidade de grupo ainda é baixo e a maioria da população ainda é suscetível ao contágio.

“Não tirem o pé do acelerador” nas medidas de combate ao vírus, recomendou o diretor geral da OMS aos governos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 403 mil mortos e infetou mais de sete milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.485 pessoas das 34.885 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou a ser o que tem mais casos confirmados, embora com menos mortes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …