Apenas um sétimo dos infetados estão no hospital. É a regra 80-15-5

José Sena Goulão / Lusa

Portugal tem 642 infetados com o novo coronavírus oriundo da China (Covid-19), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) esta quarta-feira. Destes, apenas 89 continuam hospitalizados, continuando a grande maioria dos doentes a recuperar em casa.

Contas feitas, apenas um sétimo do total dos infetados com a Covid-19 continua a receber tratamento no seio hospital. Destes, cerca de duas dezenas são doentes graves e estão em unidades de cuidados intensivos.

Inicialmente, explica o jornal Público, todos os doentes diagnosticados com a doença eram internados com medidas de proteção radicais, que incluíam quartos de pressão negativa.

À medida que o número de diagnósticos positivos foi aumentando no país, os hospitais começaram a mandar doentes para casa, onde continuam a receber tratamento.

O Hospital de São João, no Porto, foi o primeiro a adotar esta medida.

Os doentes que recuperam em casas são os pacientes menos graves, isto é, com sintomas mais ligeiros. Precisam de um cuidador em permanência e de uma casa adequada para a recuperação se possa fazer no domicílio. Os doentes e os cuidadores (preferencialmente apenas um e saudável) devem também estar habilitados para reconhecer sinais de um eventual agravamento do estado de saúde.

“Não devem ser partilhados utensílios de higiene, louça, roupa de cama e outros produtos de uso pessoal. As superfícies e zonas de estadia do paciente devem ser limpas todos os dias e estes devem usar máscara (…) Também a roupa deve ser lavada com detergente num programa entre os 60 e os 90º”, detalha o jornal Público.

Quanto a visitas, o ideal mesmo é que estas não existam durante o internamento. Caso aconteça, é necessário fazer um registo diário das mesmas – com nome e contacto dos visitantes. Os cuidadores deverão depois ser rastreados 14 dias após a alta do familiar.

Regra 80-15-5

Os números de internamentos hospitalares e domiciliários registados em Portugal estão em linha com “o modelo 80-15-5”, tal como explicou a diretor-geral da Saúde Graça Freitas, em conferência de imprensa nesta quarta-feira.

“Isto quer dizer que cerca de 80% das pessoas infetadas ficam em auto-cuidados domiciliários”, começou por explicar. Dos restantes, 15% serão internados em enfermaria geral e “5% poderão precisar de cuidados intensivos”, detalhou.

“Numa fase inicial internámos todas as pessoas em contenção máxima, em quartos de isolamento com pressão negativa”, mas à medida que o seu quadro clínico melhorou, foram sendo enviadas para casa, sempre que tal se revelou possível e “adequado à convalescença”. São indicações que “seguem as boas práticas internacionais”.

Entretanto, a DGS divulgou o boletim diário que dá conta de 143 novos casos, elevando o número total de infetados para 785.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Vamos ultrapassar isto! Nestes momentos tendo a sentir-me particularmente orgulhoso em ser Português. Já assim o tinha sido com a questão timorense. Os Portugueses em momentos de dificuldade revelam-se solidários, trabalhadores, excedem os seus limites em prol do bem coletivo, respeitam as orientações das autoridades e promover comportamentos alinhados com o que se espera de cada um. Infelizmente há sempre uns merdas a querer lucrar e a tirar proveito, como os palermas que andaram a comprar gel e máscaras para vender no OLX. Esses deviam ser todos presos.

  2. E continuam com a mesma versão que o COVID-19 é oriundo da China… nenhum país está tão preparado como a China para conter o surto. Um Pais com 1,4 Biliões de população teve menos mortes do que por exemplo, até á data, Itália que já vai com mais mortes, em menos de metade do tempo e 150 vezes menos populacional do que a China.

RESPONDER

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …

Israel não vai desperdiçar "oportunidade histórica" para anexar a Cisjordânia

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu voltou a defender hoje a anexação de partes da Cisjordânia nos próximos meses e em prosseguir este polémico plano, apesar do crescente coro de condenações de diversos aliados. Os palestinianos, e …

Zlatan Ibrahimovic lesiona-se e deixa carreira em risco

No treino com vista ao regresso da Liga italiana, Zlatan saiu a coxear do centro de treinos, com os milaneses a explicarem que exames vão determinar se se trata de lesão no gémeo ou tendão …

Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19. No início de março, os membros da …

Bolsonaro diz ter imagem negativa no exterior porque a imprensa "é de esquerda"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje que a sua imagem no exterior é negativa porque a imprensa mundial é de esquerda, enquanto falava com apoiantes junto ao Palácio da Alvorada, em Brasília. "A imprensa …

Líderes vodu do Haiti preparam templos para tratar infetados com covid-19

Líderes de vodu do Haiti pediram aos padres da religião afro-caribenha para criar um remédio secreto que servisse de tratamento contra o novo coronavírus. Aos religiosos foi também pedido que preparassem as câmaras sagradas de …

Centros comerciais e lojistas dizem-se preparados para reabrir em junho

Os centros comerciais e lojistas asseguram estar preparados para reabrir em pleno em 1 de junho, apelando à não discriminação face aos restantes espaços de retalho, mas pedem medidas que travem o impacto da pandemia …

Não vai faltar sardinha dentro dos próximos anos, revela investigação

A quantidade de sardinha adulta no mar é mais do que suficiente para os próximos três anos. Os dados científicos confirmam que o stock de sardinha está totalmente recuperado. O último cruzeiro realizado pelo Instituto Português …

Um ano e 20 mil assinaturas depois, Acordo Ortográfico regressa ao parlamento

Um projeto de lei de iniciativa de cidadãos, com 20.669 assinaturas, contra o Acordo Ortográfico (AO), começa esta quarta-feira a ser discutido no parlamento, mais de um ano depois de ter sido entregue. Na agenda de …