Ana Gomes dá o pontapé de saída na campanha presidencial (mas é o futuro do PS o jogo que mais divide)

José Sena Goulão / Lusa

A campanha “frugal” de Ana Gomes vai existir numa versão mista: física e online. A candidata lança-se assim na corrida presidencial, ao mesmo tempo que no campo interno se joga o futuro do PS. Em termos de calendário, são as eleições presidenciais que se aproximam, mas o futuro pós-Costa é o que mais divide o PS.

Paulo Pedroso, diretor de campanha de Ana Gomes, deu uma entrevista ao Observador na qual adianta que a campanha presidencial da candidata socialista se vai destacar por ser “muito frugal”, de “baixo orçamento auto-imposto”, sem outdoors, sem brindes, nem jantares comícios.

O primeiro evento acontece na próxima segunda-feira, dia 5 de outubro, no Teatro da Trindade, em Lisboa. Todos os eventos terão um denominador comum: além de terem uma dimensão presencial, serão também transmitidos online para que seja garantida a participação de expectadores à distância – uma característica que, em tempos de pandemia, ganha especial destaque.

O objetivo da equipa de Ana Gomes é conseguir uma campanha intimista, mas ao contrário: em vez de ser a candidata a falar para uma pequena plateia, será a pequena plateia a falar para a candidata ouvir.

“O objetivo é ter uma campanha junto das pessoas, com as circunstâncias das limitações impostas pela situação de saúde publica, e com um caráter completamente diferente das outras num ponto: as pessoas não vão ouvir Ana Gomes, Ana Gomes vai ouvir as pessoas”, resumiu Pedroso em declarações ao diário.

As eleições presidenciais travam-se em janeiro de 2021 e, num ano marcado por um vírus inesperado, o tempo passa a correr. As presidenciais batem à porta, os primeiros passos começam a ser dados e, ao mesmo tempo que se joga um jogo de tabuleiro ao nível presidencial, entram em campo, sorrateiros, os convocados para um jogo interno que promete abalar e dividir o PS.

As presidenciais são um mote para se jogar o futuro do partido: quem está do lado de Ana Gomes na corrida presidencial tenderá a apoiar Pedro Nuno Santos quando este se candidatar à cadeira de líder.

O Diário de Notícias sublinha que o ministro das Infraestruturas e da Habitação nunca concorrerá contra António Costa, mas não há dúvidas de que está disposto a esperar até que o atual secretário-geral deixe a liderança. Aliás, ele próprio assumiu essa intenção em maio de 2018, no congresso nacional que o PS realizou em Alcobaça.

A candidatura de Ana Gomes às eleições presidenciais do próximo ano nada mais fez do que pôr a descoberto as fraturas internas de um partido dividido. Se Pedro Nuno Santos apoia a candidata socialista, Augusto Santos Silva e Carlos César estão em contramão.

O apoio do ministro das Infraestruturas surgirá explicitamente assim que a Comissão Nacional do PS discutir a questão presidencial, na reunião marcada para dia 24 de outubro. Pedro Nuno Santos vai declarar apoio a Ana Gomes como parte do seu caminho à esquerda para, um dia, suceder a António Costa.

A seguir à Comissão Nacional muitos outros apoios à candidatura da socialista vão surgir dentro do partido. De acordo com o DN, é muito provável que o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, e o deputado Pedro Delgado Alves o façam, assim como Maria Begonha e Elza Pais.

Neste jogo interno do PS, fica por saber quem se vai aventurar contra Pedro Nuno Santos, assim que Costa deixar o cargo. Um dos nomes apontados é Fernando Medina, atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

LM, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois! Ela já sabe o que aconteceu à abelha maia da outra vez. Pode não ter o número de votos suficiente para levar uma batelada e depois andar a pedir de joelhos para pagar as contas. Essa dos eventos serem transmitidos online é uma boa ideia. É da maneira que eu não sou obrigado a vê-los.

RESPONDER

Vermes partilham "memórias" através do ARN para avisar do perigo

Um artigo publicado recentemente na Cell mostra que os vermes têm uma forma peculiar de partilhar memórias: transmitem-nas através do ARN. Partilhar informação é crucial para a sobrevivência das espécies, mas como é que formas de …

Manchester United: jogador expulso e chamado a tribunal em 48 horas

Aaron Wan-Bissaka irá depor em tribunal, no final deste ano. Jovem futebolista foi apanhado a conduzir sem carta e sem seguro. Não estão a ser dias fáceis para Aaron Wan-Bissaka. O futebolista do Manchester United soube …

15 mil cadeiras vazias: Guardiola não gostou mas já ouviu um "recado"

Estádio do Manchester City voltou a ficar longe de lotação esgotada, num jogo da Liga dos Campeões. "Espero que apareça mais gente no sábado", admitiu o treinador. As palavras foram estas, depois da goleada que o …

"Fomos enganados, geologicamente enganados." Novos segredos vulcânicos revelados

Um estudo levado a cabo por cientistas da Universidade de Queensland revelou novos detalhes sobre a composição geológica da crosta terrestre. Até agora, os cientistas pensavam que a lava arrefecida dos chamados vulcões "hot spot" era …

Os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas iguais

Uma série de novas imagens revela que os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas sopas iguais. Astrónomos mapearam os produtos químicos dentro dos berços planetários com detalhe extraordinário. Os mapas revelam a …

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …