Ana Gomes dá o pontapé de saída na campanha presidencial (mas é o futuro do PS o jogo que mais divide)

José Sena Goulão / Lusa

A campanha “frugal” de Ana Gomes vai existir numa versão mista: física e online. A candidata lança-se assim na corrida presidencial, ao mesmo tempo que no campo interno se joga o futuro do PS. Em termos de calendário, são as eleições presidenciais que se aproximam, mas o futuro pós-Costa é o que mais divide o PS.

Paulo Pedroso, diretor de campanha de Ana Gomes, deu uma entrevista ao Observador na qual adianta que a campanha presidencial da candidata socialista se vai destacar por ser “muito frugal”, de “baixo orçamento auto-imposto”, sem outdoors, sem brindes, nem jantares comícios.

O primeiro evento acontece na próxima segunda-feira, dia 5 de outubro, no Teatro da Trindade, em Lisboa. Todos os eventos terão um denominador comum: além de terem uma dimensão presencial, serão também transmitidos online para que seja garantida a participação de expectadores à distância – uma característica que, em tempos de pandemia, ganha especial destaque.

O objetivo da equipa de Ana Gomes é conseguir uma campanha intimista, mas ao contrário: em vez de ser a candidata a falar para uma pequena plateia, será a pequena plateia a falar para a candidata ouvir.

“O objetivo é ter uma campanha junto das pessoas, com as circunstâncias das limitações impostas pela situação de saúde publica, e com um caráter completamente diferente das outras num ponto: as pessoas não vão ouvir Ana Gomes, Ana Gomes vai ouvir as pessoas”, resumiu Pedroso em declarações ao diário.

As eleições presidenciais travam-se em janeiro de 2021 e, num ano marcado por um vírus inesperado, o tempo passa a correr. As presidenciais batem à porta, os primeiros passos começam a ser dados e, ao mesmo tempo que se joga um jogo de tabuleiro ao nível presidencial, entram em campo, sorrateiros, os convocados para um jogo interno que promete abalar e dividir o PS.

As presidenciais são um mote para se jogar o futuro do partido: quem está do lado de Ana Gomes na corrida presidencial tenderá a apoiar Pedro Nuno Santos quando este se candidatar à cadeira de líder.

O Diário de Notícias sublinha que o ministro das Infraestruturas e da Habitação nunca concorrerá contra António Costa, mas não há dúvidas de que está disposto a esperar até que o atual secretário-geral deixe a liderança. Aliás, ele próprio assumiu essa intenção em maio de 2018, no congresso nacional que o PS realizou em Alcobaça.

A candidatura de Ana Gomes às eleições presidenciais do próximo ano nada mais fez do que pôr a descoberto as fraturas internas de um partido dividido. Se Pedro Nuno Santos apoia a candidata socialista, Augusto Santos Silva e Carlos César estão em contramão.

O apoio do ministro das Infraestruturas surgirá explicitamente assim que a Comissão Nacional do PS discutir a questão presidencial, na reunião marcada para dia 24 de outubro. Pedro Nuno Santos vai declarar apoio a Ana Gomes como parte do seu caminho à esquerda para, um dia, suceder a António Costa.

A seguir à Comissão Nacional muitos outros apoios à candidatura da socialista vão surgir dentro do partido. De acordo com o DN, é muito provável que o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, e o deputado Pedro Delgado Alves o façam, assim como Maria Begonha e Elza Pais.

Neste jogo interno do PS, fica por saber quem se vai aventurar contra Pedro Nuno Santos, assim que Costa deixar o cargo. Um dos nomes apontados é Fernando Medina, atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

LM, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois! Ela já sabe o que aconteceu à abelha maia da outra vez. Pode não ter o número de votos suficiente para levar uma batelada e depois andar a pedir de joelhos para pagar as contas. Essa dos eventos serem transmitidos online é uma boa ideia. É da maneira que eu não sou obrigado a vê-los.

RESPONDER

Ryanair avança para tribunal contra o Governo britânico

A Ryanair e uma empresa dona de três aeroportos britânicos, a MAG, vão fazer queixa nos tribunais contra o sistema de "luzes" nas viagens. Esta quarta-feira à noite, a Ryanair e a maior operadora aeroportuária do …

Ventura concorre pelo Chega à Assembleia Municipal de Moura

André Ventura é o candidato do partido à Assembleia Municipal de Moura nas próximas eleições autárquicas, anunciou o próprio esta quinta-feira. O presidente do Chega, André Ventura, disse esta quinta-feira que vai ser o cabeça-de-lista do …

Texas vai permitir porte de armas em público sem ser necessária qualquer licença

O governador republicano do Texas assinou uma lei que permite o porte de armas em público, sem respetiva licença, a última de uma série de medidas que expandem este tipo de direitos nos estados conservadores …

Para já, Ivo Rosa escapa de um inquérito disciplinar do Conselho Superior da Magistratura

O Conselho Superior da Magistratura não vai abrir inquérito disciplinar a Ivo Rosa, pelo menos, para já. O órgão de gestão dos juízes concluiu que não há suspeitas de violação de caso julgado na decisão …

Mario Gómez: "O futebol é como a roupa, é de modas"

Comentário do antigo internacional alemão sobre as funções do ponta-de-lança atual. Mario não tem saudades dos relvados. Mario Gómez García, o homem que veio de Riedlingen, na República Federal da Alemanha, para marcar muitos golos. Figura …

A um mês dos Jogos Olímpicos, Tóquio pondera levantar estado de emergência

Os Jogos Olímpicos, que foram adiados no ano passado devido à pandemia, vão começar no dia 23 de julho. O Governo japonês está a ponderar levantar o estado de emergência em Tóquio. Tóquio está em estado …

Militares birmaneses acusados de incendiar uma aldeia

Uma aldeia foi destruída pelo Exército birmanês depois de confrontos entre militares e opositores da junta ditatorial. Dois idosos, que não conseguiram fugir, acabaram por morrer queimados. A aldeia de Kin Ma, na região de Magway, …

Ucrânia 2-1 Macedónia N. | “Synio-zhovti” relançam aspirações

A Ucrânia conquistou esta quinta-feira a sua segunda vitória em Europeus, depois de seis derrotas consecutivas, ao bater a estreante Macedónia do Norte por 2-1, em encontro disputado em Bucareste, com arbitragem pelo argentino Fernando …

Mais 1.233 casos de covid-19 em Portugal. Morreram duas pessoas

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.233 novos casos e duas mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.233 casos e …

Proibida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

A situação epidemiológica em Portugal é agora "mais preocupante", pelo que "dificilmente" o país deverá desconfinar na próxima semana como estava previsto, anunciou esta quinta-feira a ministra Mariana Vieira da Silva. A ministra da Presidência, Mariana …