Almaraz: Espanha não recua, Portugal vai fazer queixa a Bruxelas

Frobles / Wikimedia

Central de energia nuclear Almaraz, Cáceres (Espanha)

Central de energia nuclear Almaraz, Cáceres (Espanha)

Não houve acordo na reunião desta quinta-feira por causa da construção de um armazém de resíduos nucleares na central de Almaraz. Espanha decidiu manter a sua posição, por isso, Portugal vai apresentar queixa na Comissão Europeia.

A reunião desta quinta-feira entre o Ministro do Ambiente João Matos Fernandes e o seu homólogo espanhol, em Madrid, terminou sem qualquer acordo, avança a SIC Notícias.

Em causa está a construção de um armazém de resíduos nucleares na central de Almaraz, localizada a cerca de 100 quilómetros da fronteira portuguesa.

O Governo português considera que a decisão de avançar com o projeto tem um incumprimento de legalidade e lealdade, uma vez que o país vizinho nem sequer fez uma avaliação do impacto ambiental transfronteiriço.

Por isso, avança o canal televisivo, o Governo vai avançar com uma queixa, na próxima segunda-feira, junto da Comissão Europeia.

Esta ameaça já tinha sido feita há uns dias mas o ministro do Ambiente preferiu esperar pela reunião de hoje para tentar chegar a um consenso.

Ontem, o jornal Público tinha apurado que o ministro do exterior espanhol, que esteve em Portugal para o funeral de Mário Soares, confirmou que falou com Augusto Santos Silva sobre a questão e admitiu haver espaço para dialogar sobre o futuro do armazém.

O rei de Espanha também terá assegurado a Marcelo Rebelo de Sousa que o país não ia tomar “decisões unilaterais”.

A funcionar desde o início da década de 80, a central está situada junto ao Tejo e faz fronteira com os distritos de Castelo Branco e Portalegre, sendo Vila Velha de Ródão a primeira povoação portuguesa banhada pelo Tejo depois de o rio entrar em Portugal.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Nuclear?
    3 centrais aqui junto à fronteira
    Se alguma tem um problema desaparecemos
    Depósitos? Onde está a diferença?
    Devíamos era construir uma para ver se a energia desce de preço, para ver se deixamos de a importar e para no final diminuir a nossa dívida
    Há dúvidas, ou continuamos com a hipocrisia?

  2. Construir uma central para a energia descer de preço? Tens electricidade mais barata e morres de cancro, de que te serve, eles deviam era acabar com aquela merda toda, no dia que houver merda grossa, e é uma questão de tempo como aconteceu no Japão, Chernobil, estamos todos queimados e a morrer em sofrimento,
    aí de que te serve a energia mais barata artolas….

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …