Sem aliados, Netanyahu não consegue formar governo. Israel volta a eleições em setembro

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Os israelitas vão voltar a ser chamados a eleger um novo Parlamento a 17 de setembro depois de Benjamin Netanyahu, vencedor das eleições de abril, ter falhado as negociações com o seu antigo aliado de extrema-direita, Avigdor Lieberman.

Com 26.46% e 35 deputados eleitos, contra 26.13% e os mesmos 35 deputados do partido liberal Blue and White, o Likud reclamou uma vitória mas, sem maioria, ficou a depender de alianças para formar governo.

Apesar de ter prometido ser “o primeiro-ministro de todos” os israelitas, numa tentativa de conciliação pós-noite eleitoral, o político não conseguiu o apoio necessário para tomar posse.

O vencedor das eleições tinha até às 00h locais de quinta-feira (22h de quarta em Portugal continental) para formar governo, de acordo com o Público. Tendo falhado o prazo, cabia ao Presidente israelita Reuven Rivlin escolher qual o passo seguinte, que poderia passar por pedir a outro partido para tentar formar um executivo.

Esse cenário não era o privilegiado pelo partido Likud de Netanyahu, que apresentou uma moção no Knesset para dissolver a assembleia e forçar novas eleições. A proposta foi aprovada já nos primeiros minutos de quinta-feira.

O obstáculo à formação de um novo governo foi o seu antigo ministro da Defesa, Lieberman, e a diferença de opinião entre os partidos religiosos (o Judaísmo Unido da Torah) em relação a uma lei sobre a exceção do serviço militar obrigatório para os ultra-ortodoxos, uma vez que os primeiros defendem o fim da exceção do serviço militar para os que estudam a Torah, os segundos a continuação.

Após a dissolução do Knesset, um Netanyahu furioso falou ao país, acusando Lieberman de uma “golpada inacreditável e kafkiana”. “Lieberman é agora parte da esquerda. Enganou o seu eleitorado”, disse, antes de prometer vencer as eleições de setembro.

Se tivesse conseguido formar governo, Netanyahu iniciaria o quinto mandato à frente dos destinos do país. A hipótese ainda não está descartada, dado que o político deverá voltar a ser o candidato do seu partido às próximas eleições legislativas.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este gajo (embora tenha sido um militar exemplar) é um perigo (e um corrupto) e está cada vez mais radical!…
    Ainda bem que não conseguiu chegar a um acordo com uns loucos que são bem piores do que ele…

  2. Estes Nazis de Israel têm de ser travados, para o bem de toda a humanidade. Palestina, Síria, Afeganistão, Iraque, Líbia, 11 de Setembro, bombas na Malásia, bombas em Londres, bombas em Madrid, guerra civil na Ucrânia… tudo isto patrocinado pela Mossad Israelita.

RESPONDER

Matheus: "Não sei o que se passa em Barcelona, nem me trataram como jogador"

Matheus Fernandes tinha contrato com os catalães até 2025 mas, em junho, soube que ia sair do clube... por e-mail. Já assinou pelo Palmeiras mas não esquece o que aconteceu em Espanha. Tinha sido um dos …

Quem são os 91 portugueses nos Jogos Olímpicos (e as 4 medalhas que vão conquistar)

Participação portuguesa em Tóquio arranca neste sábado. Serão 91 atletas espalhados por 17 modalidades. Associated Press fez previsão para todas as especialidades presentes nos Jogos Olímpicos. Portugal teve 17 atletas na cerimónia de abertura dos Jogos …

Encontrada "impressão digital" do megatsunami provocado pelo asteróide que matou os dinossauros

Cientistas encontraram uma "impressão digital" no centro do Luisiana, nos Estados Unidos, do megatsunami provocado pelo asteróide que levou à extinção dos dinossauros. A devastação causada pelo asteróide que exterminou os dinossauros há 66 milhões de …

De que forma é o universo? Astrofísicos acreditam que pode ser um donut 3D gigante

Um novo estudo pode vir mudar a percepção de que o universo é infinito. Será que o universo é infinito? Qual será a forma do cosmos? Já há séculos que estas perguntas andam nas mentes dos …

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …