Sem aliados, Netanyahu não consegue formar governo. Israel volta a eleições em setembro

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Os israelitas vão voltar a ser chamados a eleger um novo Parlamento a 17 de setembro depois de Benjamin Netanyahu, vencedor das eleições de abril, ter falhado as negociações com o seu antigo aliado de extrema-direita, Avigdor Lieberman.

Com 26.46% e 35 deputados eleitos, contra 26.13% e os mesmos 35 deputados do partido liberal Blue and White, o Likud reclamou uma vitória mas, sem maioria, ficou a depender de alianças para formar governo.

Apesar de ter prometido ser “o primeiro-ministro de todos” os israelitas, numa tentativa de conciliação pós-noite eleitoral, o político não conseguiu o apoio necessário para tomar posse.

O vencedor das eleições tinha até às 00h locais de quinta-feira (22h de quarta em Portugal continental) para formar governo, de acordo com o Público. Tendo falhado o prazo, cabia ao Presidente israelita Reuven Rivlin escolher qual o passo seguinte, que poderia passar por pedir a outro partido para tentar formar um executivo.

Esse cenário não era o privilegiado pelo partido Likud de Netanyahu, que apresentou uma moção no Knesset para dissolver a assembleia e forçar novas eleições. A proposta foi aprovada já nos primeiros minutos de quinta-feira.

O obstáculo à formação de um novo governo foi o seu antigo ministro da Defesa, Lieberman, e a diferença de opinião entre os partidos religiosos (o Judaísmo Unido da Torah) em relação a uma lei sobre a exceção do serviço militar obrigatório para os ultra-ortodoxos, uma vez que os primeiros defendem o fim da exceção do serviço militar para os que estudam a Torah, os segundos a continuação.

Após a dissolução do Knesset, um Netanyahu furioso falou ao país, acusando Lieberman de uma “golpada inacreditável e kafkiana”. “Lieberman é agora parte da esquerda. Enganou o seu eleitorado”, disse, antes de prometer vencer as eleições de setembro.

Se tivesse conseguido formar governo, Netanyahu iniciaria o quinto mandato à frente dos destinos do país. A hipótese ainda não está descartada, dado que o político deverá voltar a ser o candidato do seu partido às próximas eleições legislativas.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este gajo (embora tenha sido um militar exemplar) é um perigo (e um corrupto) e está cada vez mais radical!…
    Ainda bem que não conseguiu chegar a um acordo com uns loucos que são bem piores do que ele…

  2. Estes Nazis de Israel têm de ser travados, para o bem de toda a humanidade. Palestina, Síria, Afeganistão, Iraque, Líbia, 11 de Setembro, bombas na Malásia, bombas em Londres, bombas em Madrid, guerra civil na Ucrânia… tudo isto patrocinado pela Mossad Israelita.

Responder a MMQ Cancelar resposta

Interpol alerta para ameaça do crime organizado ligado às vacinas. Falsificações podem ser fatais

A Interpol emitiu um alerta global aos perigos de burlas à volta da nova vacina para a covid-19. As falsificações podem ser lucrativas para os criminosos e fatais para quem as usar. A Interpol emitiu um …

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …

R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1. “Atualmente, o …

EUA aprovam legislação que pode excluir firmas chinesas do seu mercado de capitais

O Congresso norte-americano aprovou esta quinta-feira legislação que força as empresas chinesas a saírem dos índices bolsistas norte-americanos a menos que cumpram as regras de contabilidade nos Estados Unidos. A legislação, que pode afetar dezenas de …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Vila Verde

A Polícia Judiciária está a fazer buscas na Câmara de Vila Verde, no distrito de Braga, relacionadas com "adjudicações a juntas de freguesia", confirmou esta quarta-feira à Lusa fonte daquela força policial. Segundo a mesma fonte, …

Reino Unido começa a vacinar já na próxima semana

O Reino Unido vai começar a vacinar a sua população contra a covid-19 na próxima semana. Depois da aprovação do uso da vacina da Pfizer, os primeiros a receber a vacina serão os trabalhadores e …

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais. A informação foi confirmada por fonte …

Covid-19 pode ter chegado aos EUA em dezembro de 2019. País prepara-se para o pior inverno da história

Depois de ter sido confirmado que o novo coronavírus já circulava em Itália desde setembro de 2019, agora surge um relatório que refere que a covid-19 pode ter infetado um pequeno número de pessoas nos …

Maior parte dos médicos aposentados que voltam ao SNS prefere trabalhar em tempo reduzido

A maior parte dos médicos aposentados que regressa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) opta por trabalhar em tempo reduzido, adianta o Jornal de Notícias. De acordo com o Jornal de Notícias, do total de 216 …

Bruxelas ameaça avançar com Fundo de Recuperação sem Hungria e Polónia

A Comissão Europeia (CE) está a perder a paciência e, caso não haja progressos nas negociações, ameaça avançar com o Fundo de Recuperação europeu sem a 'luz verde' da Hungria e da Polónia. O ultimato foi …