Afinal, os 1.000 ventiladores doados por Elon Musk podem não ser completamente inúteis

tedconference/ Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX

Elon Musk, CEO da Tesla, doou mil ventiladores do tipo errado a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Agora, afinal, os ventiladores vão poder ser usados em casos de emergência.

A Tesla comprou mais de mil ventiladores excedentes da empresa ResMed e distribuiu-os em hospitais. No entanto, em vez de enviar o tipo de ventilador que pode salvar pacientes com casos graves de covid-19, Musk doou máquinas BiPAP projetadas para tratar a apneia do sono.

As máquinas BiPAP e CPAP são conhecidas como ventiladores não invasivos, mas isso não significa que sejam iguais aos ventiladores invasivos que os hospitais precisam. Aliás, alguns especialistas sugeriram que os dispositivos para tratar a apneia do sono poderiam facilitar a respiração de pacientes com casos mais leves de coronavírus. Os médicos recomendaram mesmo não usar as máquinas para tratar pacientes com coronavírus.

No Twitter, na quinta-feira, Musk defendeu as suas doações e disse que os hospitais selecionados para receber os dispositivos receberam “especificações exatas”, com todos confirmando que seriam de ajuda “crítica”. Musk também disse que a Tesla tinha ventiladores intratraqueais da Medtronic, que podem ser usados em casos críticos, e que começaria a entregá-los a prestadores de serviços de saúde na cidade de Nova Iorque na noite de quinta-feira.

No entanto, de acordo com o Gizmodo, isso não significa que as máquinas BiPAP de Musk sejam totalmente inúteis, dada a situação de crise em que os Estados Unidos se encontram atualmente.

O FDA (Food and Drug Administration) divulgou orientações, indicando que os dispositivos respiratórios não invasivos podem ser usados para tratar pacientes com Covid-19, embora seja improvável que forneçam oxigénio suficiente para doentes nas Unidades de Cuidados Intensivos.

De acordo com o Kaiser Health News, suspeita-se que as máquinas de CPAP contribuam para o grande surto no Life Care Center de Kirkland, no estado de Washington, um dos primeiros epicentros dos Estados Unidos de infecção por coronavírus. Lá, 129 moradores, funcionários e visitantes ficaram infectados pelo vírus e 40 morreram.

Por outro lado, Jeff Sippel, especialista em cuidados intensivos do UCHealth – sistema de assistência médica sem fins lucrativos – disse ao Kaiser Health News que os BiPAPs poderiam ser equipados para trabalhar com tubos de respiração. Não fariam necessariamente a diferença de salvar vidas em pacientes realmente em risco, mas poderiam ser usados para ajudar a respirar em casos menos intensos ou em pacientes com pouca ventilação.

O diretor médico do North University University Hospital para serviços de terapia respiratória, Hugh Cassiere, disse ao Gothamist que a equipa médica do hospital estava a fazer exatamente isso: conectar tubos de respiração e um filtro às máquinas BiPAP.

“Começámos a usá-los em casos de emergência“, disse Cassiere. “Não recomendamos ventilar toda a gente. Estamos a dizer que há duas opções: nenhum ventilador e o paciente morrer ou usar este método”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Iniciativa Liberal quer retirar "carga ideológica" da Constituição

A Iniciativa Liberal vai apresentar um projeto de revisão constitucional com uma primeira parte dedicada a retirar "carga ideológica à Constituição", clarificando, por exemplo, que serviços públicos de saúde e educação podem ser prestados pelo …

Urgência do Hospital Santa Maria está a chegar ao limite

A urgência dedicada aos casos suspeitos de covid-19 do Hospital Santa Maria, em Lisboa, reflete a evolução da pandemia em Portugal com doentes a avolumarem-se à porta para realizar o teste e no interior a …

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …