Afinal, há um plano B para o chumbo da redução da TSU

-

O governo não o admite oficialmente, mas na manga já tem um plano B para lidar com o previsível chumbo à descida da Taxa Social Única (TSU), com os votos contra de PSD, Bloco de Esquerda e PCP.

Os patrões recusam, para já, falar em plano B e querem esperar para ver como vai decorrer o debate no Parlamento, mas o governo já terá na forja alternativas para lidar com a previsível rejeição da redução da TSU. Esta teoria é avançada pelos jornais Expresso e Sol nas respectivas edições impressas deste sábado.

O Expresso adianta que o governo admite aumentar os apoios à contratação a termo para compensar as empresas pelos 40 milhões de euros que se prevê que paguem, caso a TSU não desça a partir de Fevereiro próximo.

Já o Sol adianta com as hipóteses de redução da factura energética e dos custos com combustíveis, notando que o governo também, equaciona melhorar as condições de acesso das empresas ao crédito e reduzir o valor do pagamento especial por conta.

Mas, para já, o PS vai esperar para ver como corre “o jogo” no Parlamento e o Sol nota que a estratégia de António Costa é que “o ónus do rasgar do acordo [da concertação social] fique todo do lado do PSD“, o que se deverá confirmar com a abstenção do CDS.

Patrões rejeitam ‘plano B’ até terminar negociação

As confederações patronais afirmam que, neste momento, não avaliam “nenhuma alternativa” à redução da TSU até que a negociação no Parlamento, na próxima quarta-feira, esteja “esgotada”.

Não falámos em nenhuma alternativa nem com o Governo nem com o senhor Presidente da República sobre esta matéria. As alternativas que tínhamos a negociar, negociámos durante quatro meses para chegar à assinatura do acordo no dia 22 [de Dezembro]. Não vamos abrir novamente esse ‘dossier’ enquanto esta fase da negociação, agora na Assembleia da República, não estiver esgotada”, afirma o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), João Machado, em declarações à Lusa.

João Machado fala em nome das quatro confederações patronais – CAP, a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), a Confederação Empresarial de Portugal (CIP) e a Confederação do Turismo Português (CTP) – que na sexta-feira, foram recebidas pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em Belém.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Já deu para perceber que Costa não brinca em serviço, não já?
    É assim, “com uma cajadada mata 2 coelhos”.
    – 1- Sobe o ordenado mínimo. 2- Aumenta o descrédito em Passos Coelho.
    Afinal geringonças já são duas: – Uma com a esquerda e o PS. Outra com a esquerda e a direita.
    Só que a primeira sempre vai funcionando para o melhor. A outra para o pior não funciona.
    Porque se mete Passos Coelho em geringonças?

  2. Costa conta sempre com uns milhares de burros que lhe vão aparando os golpes de chico esperto.
    É fácil de ver que Costa tem maioria no parlamento e deveria ter negociado com a extrema esquerda antes de assinar um acordo com as entidades patronais.
    No mínimo deveria ter garantido (por meio de conversações) que o PSD não votaria contra.
    Mas isso era pedir muito à sua arrogância e burrice.
    Se os patrões não aceitarem o plano B, veremos o que Costa tem na manga.

    Tentar passar o ónus da culpa para cima do PSD (que é oposição), poderá enganar alguns parvos. Mas há muitos mais que não se deixam tomar por parvos !

  3. Nunca vi em Portugal um governo tão baralhado e aldrabão como o de Bosta! O futuro dirá se o de Sócrates foi pior ou ainda menos mau do que o actual! Só aldrúbias!

    • Já não se lembra, por exemplo, das medidas inconstitucionais do anterior governo, Maria? Pois é isso e não só isso , é que foi baralhação! Mas já lá vai!
      Este governo, parece perceber que os trabalhadores não devem morrer de fome, mas isso no seu entender, é andar baralhado e ser aldrabão.
      Olhe Maria, anime-se, talvez uma sociedade de robôs a fazer tudo, esteja próxima, aí você Maria, e uns poucos mais, possam deixar os trabalhadores morrer à fome e ser felizes para sempre.

      • Catramolho, esqueces-te que foi o Pinócrates e o seu des-Governo, do qual o Bosta era nr.2 que deixaram o país à beira da bancarrota e chamaram a Troika…

        E diz lá uma medida incobstitucional que tenha entrado em vigor.

        • Essa da bancarrota e de chamar a troika tem muito que se lhe diga…
          Medidas Inconstitucionais que entraram em vigor? Claro que houve. O meu amigo já se esqueceu dos cortes salariais, que foram e são inconstitucionais, mas que o Tribunal Constitucional aceito autorizar, num regime de excepção e meramente transitório?

  4. É só aldrúbias!!!!!!!! Nunca se viu um (des)governo assim! O PS bem podia remodelar o pessoal que tem no Partido! Que vergonha! Tanta incompetência!

  5. Nunca se viu em Portugal um governo tão baralhado e aldrabão como o de Bosta! O futuro dirá se o de Sócrates foi pior ou ainda menos mau do que o actual! Só aldrúbias!

    • Baralhado e muito, anda Passos Coelho, que pelo vistos já nem se lembra quando quis baixar a TSU aos patrões e aumentar a TSU aos trabalhadores. Ora isso é que é andar baralhado!
      Baralhado? Incompetência? Aldrabão?
      A adjectivação por aqui anda muito trocada!…

      • Pois se calhar não é bem assim como conta mas precisamente ao contrário. Mas espere que vai ver o que o aumento dos funcionários da saúde, colocação nos quadros de um maior número de professores, redução para 35 horas na função pública, CGD ao abandono,… nos vão levar. Alguém paga a fatura.

  6. Passos Coelho coerentemente toma a única decisão que politicamente poderia tomar. Então Costa cria uma geringonça de esquerda para não deixar governar o partido que ganha as eleições e depois quando os partidos de esquerda furam o acordo de governação quer culpar o PSD por não conseguir o tal acordo de esquerda que o deveria apoiar… não lembra ao diabo culpar os outros pelas suas próprias incapacidades! Quer dizer, o Sr Costa quer o apoio da esquerda para determinadas coisas mas quando esses partidos com ele comprometidos lhe tiram o tapete então a responsabilidade de uma Lei não passar passa a ser da oposição e não dos partidos da maioria que não se entendem! Vão gozar com outros…

  7. Há aqui muita “amnésia” realmente.
    Então não foi Passos Coelho que se propunha baixar a TSU em 4% para as entidades patronais, ao mesmo tempo que pretendia agravar a contribuição social dos empregados ( trabalhadores) dos 11,5% para 18% ( numa escabrosa inversão de padrões, com o consequente agravamento do fosso e da desigualdade social, isto é, aliviava patrões para sobrecarregar trabalhadores), que ainda por cima não se refletia em nenhum aumento salarial? Quase que sou levado a pensar que neste fórum devem ser só patrões, ou então há aqui muita gente masoquista. Irra!
    Por fim, discordo desta opção do governo, pois na prática, as entidades patronais aumentam uns miseráveis 0,25% no SMN, todo o valor restante é “pago” pelo Estado, com este “desconto” na taxa social.

    • Epá entre um e outro e os outros venha o diabo e escolha… são todos merda… o que eu fico parvo é que ainda haja gente que os defenda… rsss VOTO EM BRANCO JÁ!!!

  8. Afinal o homem sempre terá que recorrer a um plano B e se não chegar a um C ou D, será melhor no futuro antes que faça um acordo que convide as noivas do casamento para saber se estas estão de acordo ou não com a decisão tomada para que não tenha que fazer figura de palhaço ao vir exigir ao partido mais votado e com o qual rejeitou qualquer forma de diálogo para a formação de governo a colaboração na aprovação do acordo que também este não foi visto nem achado para tal na sua elaboração.

Responder a Rahul Cancelar resposta

Sacavenense 1-7 Sporting | Sporting goleia Sacavenense e segue em frente na Taça

O Sporting goleou o Sacavenense por 7-1, na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, ‘castigando’ em demasia a equipa do Campeonato de Portugal, incapaz de contrariar a supremacia ‘leonina’ em toda a linha. Nuno …

The Crown baseia-se em "muita conjetura e muita invenção", diz irmão da princesa Diana

Desde a estreia da quarta temporada, The Crown tem dado muito que falar na família real britânica. Além das acusações feitas por amigos do príncipe Carlos, que consideram que a Netflix está a explorar a …

Nativos ancestrais do Novo México derretiam gelo para sobreviver às secas

Os habitantes ancestrais do árido Novo México sobreviveram a períodos de seca extrema, durante o primeiro milénio, ao derreter o gelo acumulado em tubos de lava profundos. De acordo com a agência Europa Press, a equipa …

Cristiano Ronaldo candidato a melhor da época e do século nos Globe Soccer Awards

O internacional português está entre os nomeados para melhor jogador do ano da Globe Soccer Awards e integra ainda, com Luís Figo, a lista dos candidatos a futebolista do século XXI. Cristiano Ronaldo integra a lista …

Os desenhos de da Vinci escondem um mundo de bactérias e fungos

Leonardo da Vinci é famoso pelas suas obras de arte elaboradas e cheias de nuances. Mas um novo estudo revelou um outro nível de complexidade nos seus desenhos: um mundo oculto de minúsculas formas de …

Bandeira anticorrupção de Bolsonaro caiu. Agora, terá que encontrar outro slogan

A Lava Jato levou à condenação de políticos, enquanto a eleição de Jair Bolsonaro colocou no poder um político que prometeu erradicar a corrupção e que para seu ministro da Justiça nomeou o juiz anticorrupção …

O Prodigium é um iate-tubarão luxuoso (e um dos maiores navios do mundo)

O Lazzarini Design Studio revelou o seu mais recente conceito de um mega iate, o Prodigium. O King of the Seas, como também é conhecido, tem a forma de um tubarão gigante e mede 153 …

Autoridades mexicanas encontram pelo menos 113 corpos em vala clandestina

Pelo menos 113 corpos foram descobertos numa vala clandestina no município de El Salto, no estado mexicano de Jalisco, indicaram no domingo as autoridades. O procurador Gerardo Octavio Solis anunciou, em conferência de imprensa, que 113 …

A cidade capaz de "superar o Dubai" que o Paquistão quer construir vai deixar pescadores em risco

A proposta de uma megacidade insular ao largo de Karachi poderá colocar em risco vários pântanos e, ao mesmo tempo, os milhões de empregos que dependem deles. A Ilha Bundal localiza-se no Mar da Arábia, ao largo …

Árbitros afastados após os penáltis mais insólitos de sempre

Nani aparece no meio da história mais louca do futebol, no que diz respeito a grandes penalidades. Tudo começou com uns centímetros. Equipa de Nani celebrou o apuramento três vezes - só na última é …