Administradores da Caixa Geral de Depósitos demitiram-se

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Os administradores executivos e não executivos da Caixa Geral de Depósitos (CGD) apresentaram a demissão ao Governo. O Ministério das Finanças diz que ficam até serem substituídos.

De acordo com o Público, a equipa que terminou o mandato em dezembro, liderada por José de Matos, faz saber numa carta enviada ao ministro das Finanças, Mário Centeno, com data de 21 de junho, que as condições para se manter no exercício de funções se tinham esgotado.

Os atuais gestores máximos do banco público deram a conhecer a decisão aos funcionários esta segunda-feira.

Numa linguagem dura, os administradores remetem para o Governo a responsabilidade pela resposta à indefinição que paira há meses sobre o maior banco do sistema, sem ter sido ainda nomeada uma nova equipa de gestão para o banco público apesar de o Governo já ter anunciado a chegada de uma nova administração.

O Ministério das Finanças já confirmou ter recebido uma carta de demissão conjunta da administração, mas assegura que os gestores “ficam em funções até serem substituídos“. “Não vai haver nenhuma ausência de administração na CGD”, sublinha a tutela.

O Governo corre agora contra o tempo para garantir que António Domingues, ex-vice presidente do BPI, vai assumir rapidamente o cargo e clarificar a estratégia que o grupo estatal vai seguir nos próximos três anos.

O Jornal de Negócios descreve que o processo de análise da idoneidade da nova administração já se iniciou, e esta está à espera de avaliação do Banco de Portugal e do Banco Central Europeu para entrar em funções.

É neste contexto que, esta terça-feira, toma posse a Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos, liderada pelo deputado social-democrata José Matos Correia.

Imposta pelo PSD e o CDS devido às alegadas necessidades de liquidez acima do esperado da Caixa Geral de Depósitos, a comissão de inquérito vai analisar a gestão do banco público desde 2000.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Quando o barco está a afundar, os ratos são os primeiros a abandonar o navio. Mas não há problema… vão de barriga cheia!!!

  2. Mas o governo não tinha nomeado já uma catrefa deles para assumirem funções? Afinal a comédia CGD vai de vento em popa e a troika de esquerda que nos governa parece a cada dia mais inerte e sem palavras sobre o assunto, agora fala-se no despedimento de 2.500 funcionários e encerramento de balcões, nada mal para quem entrou a matar com a falácia contra o desemprego!.

    • Ok, talvez despeçam 2.500 funcionários, mas não são tudo más notícias, não te esqueças que há poucos dias foi aprovado o fim do teto salarial para a gestão da CGD. Este governo pode tirar a uns, mas pelo menos compensa dando a outros. É um verdadeiro governo de esquerda!

  3. O Governo queria mantê-los em funções até e talvez durante a Comissão de inquérito provavelmente porque tem muito que ver com o que o psd quer esconder com esta ci selectiva, mas eles não tem “http://blogs.hoy.es/lineaconsumo/files/2012/06/tomate2.jpeg” prá coisa

RESPONDER

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …

Bélgica 3-0 Rússia | Diabos belgas à solta em São Petersburgo

A Bélgica entrou com tudo nesta fase final do EURO 2020. Na noite deste sábado, os “diabos vermelhos” andaram à solta e silenciaram São Petersburgo. A Bélgica entrou hoje com o pé direito no Campeonato da …

Um braço robótico conseguiu ajudar um paciente a sentir o mundo

Recentemente, um implante neural permitiu que as pessoas escrevessem uma mensagem apenas com o pensamento. Agora, um novo braço robótico controlado por um implante está a criar curiosidade por conseguir enviar feedback tátil para o …

Dinamarca 0-1 Finlândia | Todos a pensar em Eriksen

A Finlândia venceu o seu encontro de estreia em fases finais de Campeonatos da Europa, num jogo em que o mais importante não foi o resultado final, mas sim a luta de Eriksen pela vida. A …

Polícia chinesa prende mais de mil suspeitos de lavagem de dinheiro com criptomoedas

As autoridades chinesas intensificaram o controlo de esquemas que envolvem criptomoedas e prenderam mais de 1.100 suspeitos de usar os ativos digitais para lavagem de fundos ilícitos. A mega operação ocorreu em 23 províncias, regiões e …

#CancelCanadaDay. População quer pôr fim ao Dia do Canadá

Uma cidade canadiana e uma "Primeira Nação" do país cancelaram formalmente o Dia do Canadá alegando que não querem continuar a homenagear a "tentativa de genocídio" contra os povos indígenas. A prefeita da cidade de Victoria, …

Plástico é responsável por 80% do lixo nos oceanos

Um estudo global publicado na quinta-feira revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas. Em seguida surge o metal, vidro, roupas e outros artigos têxteis, borracha, papel …

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …

Nome "Donald" atingiu um recorde de baixa popularidade nos EUA

Donald Trump parece ter garantido que será o "Donald" mais notável dos próximos anos, já que o nome do ex-presidente dos Estados Unidos atingiu o recorde de baixa popularidade, em 2020. Um novo relatório da Social …

Euro2020. Eriksen caiu inanimado no relvado, mas já está "estável"

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …