Administradores da Caixa Geral de Depósitos demitiram-se

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Os administradores executivos e não executivos da Caixa Geral de Depósitos (CGD) apresentaram a demissão ao Governo. O Ministério das Finanças diz que ficam até serem substituídos.

De acordo com o Público, a equipa que terminou o mandato em dezembro, liderada por José de Matos, faz saber numa carta enviada ao ministro das Finanças, Mário Centeno, com data de 21 de junho, que as condições para se manter no exercício de funções se tinham esgotado.

Os atuais gestores máximos do banco público deram a conhecer a decisão aos funcionários esta segunda-feira.

Numa linguagem dura, os administradores remetem para o Governo a responsabilidade pela resposta à indefinição que paira há meses sobre o maior banco do sistema, sem ter sido ainda nomeada uma nova equipa de gestão para o banco público apesar de o Governo já ter anunciado a chegada de uma nova administração.

O Ministério das Finanças já confirmou ter recebido uma carta de demissão conjunta da administração, mas assegura que os gestores “ficam em funções até serem substituídos“. “Não vai haver nenhuma ausência de administração na CGD”, sublinha a tutela.

O Governo corre agora contra o tempo para garantir que António Domingues, ex-vice presidente do BPI, vai assumir rapidamente o cargo e clarificar a estratégia que o grupo estatal vai seguir nos próximos três anos.

O Jornal de Negócios descreve que o processo de análise da idoneidade da nova administração já se iniciou, e esta está à espera de avaliação do Banco de Portugal e do Banco Central Europeu para entrar em funções.

É neste contexto que, esta terça-feira, toma posse a Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos, liderada pelo deputado social-democrata José Matos Correia.

Imposta pelo PSD e o CDS devido às alegadas necessidades de liquidez acima do esperado da Caixa Geral de Depósitos, a comissão de inquérito vai analisar a gestão do banco público desde 2000.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Quando o barco está a afundar, os ratos são os primeiros a abandonar o navio. Mas não há problema… vão de barriga cheia!!!

  2. Mas o governo não tinha nomeado já uma catrefa deles para assumirem funções? Afinal a comédia CGD vai de vento em popa e a troika de esquerda que nos governa parece a cada dia mais inerte e sem palavras sobre o assunto, agora fala-se no despedimento de 2.500 funcionários e encerramento de balcões, nada mal para quem entrou a matar com a falácia contra o desemprego!.

    • Ok, talvez despeçam 2.500 funcionários, mas não são tudo más notícias, não te esqueças que há poucos dias foi aprovado o fim do teto salarial para a gestão da CGD. Este governo pode tirar a uns, mas pelo menos compensa dando a outros. É um verdadeiro governo de esquerda!

  3. O Governo queria mantê-los em funções até e talvez durante a Comissão de inquérito provavelmente porque tem muito que ver com o que o psd quer esconder com esta ci selectiva, mas eles não tem “http://blogs.hoy.es/lineaconsumo/files/2012/06/tomate2.jpeg” prá coisa

RESPONDER

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …