Acidente nuclear matou 200 pessoas e coloca Coreia do Norte sob risco de radiação

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Um túnel do complexo de testes nucleares da Coreia do Norte colapsou, matando 100 pessoas. Outras 100 pessoas, enviadas na tentativa de salvamento das primeiras vítimas, morreram também. O acidente aconteceu no início deste mês, havendo risco de exposição a radiação causada pelo acidente.

O colapso de um túnel do complexo de testes nucleares de Punggye-ri, na Coreia do Norte, matou cerca de 200 pessoas. O acidente aconteceu no início deste mês, mas só esta terça-feira foi noticiado pela agência estatal sul-coreana Yonhap e pela cadeia de televisão japonesa TV Asahi, que citam fontes norte-coreanas.

Segundo o The Telegraph, 100 pessoas terão ficado inicialmente soterradas no colapso do túnel, após o que, durante as tentativas de salvamento, o túnel terá colapsado de novo, matando outras 100 pessoas envolvidas na missão de socorro.

Segundo a imprensa sul-coreana, o acidente pode ter provocado fuga de radiação.

A televisão japonesa adianta que os colapsos poderão ter sido provocados pelos testes nucleares que a Coreia do Norte realizou no início de setembro, que terão potencialmente enfraquecido os terrenos à volta do complexo nuclear de Punggye-ri.

Um estudo publicado em setembro pelo 38 North / US-Korea Institute, da Universidade Johns Hopkins, sugeria que o 6º ensaio norte-coreano tinha causado “danos substanciais no túnel”, e imagens de satélite captadas após os testes de 3 de setembro mostravam sinais de danos significativos à superfície do local, incluindo desabamentos de terras.

(dr) 38north.org

Complexo de testes nucleares subterrâneos de de Punggye-ri, na Coreia do Norte

A Coreia do Norte anunciou ter testado com sucesso, a 3 de setembro, uma nova e mais poderosa bomba de hidrogénio, desenvolvida para ser instalada num míssil balístico intercontinental. Este engenho é muito mais poderoso do que a bomba atómica.

As autoridades sul-coreanas adiantaram então que o teste ocorreu em Kilju County, próximo de Punggye-ri, localizado no Norte do país, local onde habitualmente Pyongyang leva a cabo os seus testes nucleares.

O anúncio do “sucesso absoluto” do teste de uma bomba de hidrogénio, conhecida como ‘bomba H’, foi feito pela pivô da televisão estatal norte-coreana KCTV, horas depois de Seul e Tóquio terem detectado uma invulgar actividade sísmica na Coreia do Norte.

A agência meteorológica da Coreia do Sul registou na altura um sismo de magnitude 3.0 na Coreia do Norte, mas avaliou o evento como um fenómeno natural, ao contrário de especialistas chineses, que se referiram a uma “explosão”.

Um funcionário da agência meteorológica sul-coreana, que não se quis identificar, explicou então que foi detetado um sismo na área em redor de Kilju,  província no noroeste da Coreia do Norte onde se situa o local de testes nucleares Punggyeri, garantindo que o abalo não foi provocado por uma explosão artificial.

Mas segundo a Sky News, as autoridades chinesas suspeitam que o sismo de 3,4 de magnitude possa ter sido uma explosão causada por um novo teste nuclear.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Com algum azar, ainda fazem o super-vulcão em Paektu entrar em actividade, causando tamanha hecatombe ecológica na região, que põem fim a si mesmos, enquanto ameaça para o mundo.

      • Caro ZAP, o que matou as 200 pessoas foram as toneladas de terra que lhes caíram em cima.
        Penso que foi o ZAP quye escreveu isto: “O colapso de um túnel do complexo de testes nucleares de Punggye-ri, na Coreia do Norte, matou cerca de 200 pessoas.”

        Então decida-se: foi o colapso do túnel ou a libertação de radiação nuclear?

  2. “Segundo o The Telegraph, 100 pessoas terão ficado inicialmente soterradas no colapso do túnel, após o que, durante as tentativas de salvamento, o túnel terá colapsado de novo, matando outras 100 pessoas envolvidas na missão de socorro.”

    Foi o colapso do túnel que matou as 200 pessoas. Esse colapso pode originar a libertação de radiação nuclear que poderá matar mais gente mas não as que já estavam mortas em virtude do colapso do túnel, certo?

RESPONDER

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …

Centenas foram à baixa de Lisboa protestar contra exploração do lítio

Cerca de quatro centenas de manifestantes de diferentes movimentos independentes de defesa do ambiente e de proteção do património rural protestaram hoje em Lisboa, contra a concessão e exploração a céu aberto do lítio em …

Rússia vai permitir que astronautas levem armas em viagens espaciais

Os astronautas russos vão começar a levar consigo uma arma de fogo durante as suas viagens espaciais. O objetivo é poderem afastar animais selvagens quando aterrarem em áreas remotas na Terra. A Rússia começou a armar …

Hotel no Peru vai ser demolido porque destruiu muro da época Inca

A justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por ter destruído, durante as obras, muros incas de 500 anos numa região considerada Património Cultural da …

No Museu do Louvre, os guias turísticos vão ser refugiados sírios e iraquianos

O Museu do Louvre, em Paris, vai treinar refugiados sírios e iraquianos como guias turísticos para os visitantes que solicitam um tour em árabe. Para os refugiados e requerentes de asilo, é agora gratuito entrar no …