Acabou a extrema-esquerda em Portugal

José Coelho / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República acredita que a extrema-esquerda acabou. Embora reconheça as tensões no seio da solução parlamentar, Marcelo elogia os “bons resultados”.

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu hoje que “a extrema-esquerda não existe mais em Portugal”, durante uma conversa com alunos universitários, em Madrid, em que falou sobre o “equilíbrio difícil” da atual governação portuguesa.

Em resposta a uma questão sobre migrações e refugiados, colocada durante uma conferência sobre “Portugal e Espanha: Europa e América Latina”, na Universidade Carlos III, em Madrid, Marcelo reiterou a mensagem de que no espectro político português há “uma unanimidade absoluta” quanto à abertura aos refugiados.

Foi a este propósito que o Presidente da Republica afirmou que Portugal não tem extrema-direita. “A extrema-esquerda não existe mais em Portugal. Há a esquerda mais ambiciosa nas suas posições”, acrescentou, sem se alongar mais sobre este tema.

Na conferência estavam presentes Ana Paula Zacarias, secretária de Estado dos Assuntos Europeus, e os deputados que o acompanham nesta visita ao Reino de Espanha: Carla Barros, do PSD, Luís Testa, do PS, António Carlos Monteiro, do CDS-PP e Rita Rato, do PCP. O Bloco de Esquerda optou por não se fazer representar.

Apesar de no domingo à noite, à chegada a Madrid, Marcelo Rebelo de Sousa ter declarado que não iria “falar de questões portuguesas” em Espanha, esta segunda-feira comentou o atual quadro político nacional, numa conversa com estudantes, e elogiou a procura de um “equilíbrio difícil” entre consolidação orçamental e preocupações sociais.

Segundo o Presidente da República, “Portugal tenta, busca apresentar uma via de equilíbrio – até hoje, com bons resultados“, o que “é muito bom para Portugal, é muito bom para os portugueses”.

“Há uma preocupação de equilibrar o que é necessário para a redução do défice com a justiça social” e de “de recuperação do que foi sacrificado durante os anos da crise: quatro anos e meio de crise”, acrescentou o chefe de Estado, citado pelo Observador, concluindo: “É um equilíbrio difícil“.

Por outro lado, em resposta a uma pergunta sobre a União Europeia, voltou a apresentar-se como “um otimista realista” e apelidou o primeiro-ministro, António Costa, de “radical otimista”. O primeiro-ministro português “é sempre mais otimista, todos os dias diz: que maravilha, vai ser um dia sem nuvens, maravilhoso”, descreveu. “Eu digo: depende”.

“No entanto, em relação à Europa, temos de ser exigentes, mas otimistas e voluntaristas”, defendeu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Começo a temer que haja por aí algum vírus a atacar o estado de sanidade dos políticos mundiais, certamente o senhor presidente está-se a ver num Portugal governado pelos comunistas num estado democrático, não lhe deve ter chegado a experiência do à beira do abismo em 1975, ou então acredita mesmo em milagres!.

  2. O OMO passou a chamar-se MARCELO !
    Lava mais branco mas ainda não consegue lavar o esterco da extrema esquerda.
    Se deixassem, BE e PCP tomariam o poder e faria de Portugal uma Coreia do Norte ou uma Cuba.
    Mesmo sem poder, têm tentado (e em alguns casos conseguido..) levar o país a aceitar deixar cair valores morais, de família e de nacionalidade.

  3. Nós estamos no século 21 não estamos no tempo da inquisição,mas podem aceitar que em Portugal existe estrema esquerda e direita,as duas uma merda,tem duvidas? quem não as vê anda muito distraído.

  4. DEIXA_ME RIR AHAHAHAHAH IIIiiiiiiiiiii pois deve ser VIRUS DO MEDIO ORIENTE COM CELULAS DE ASIA;AFRICA E etcet o CERTO e`que ja se fazem ESCRAVOS E ESCRAVAS em PORTUGAL à MODERNA e assim vai este PORTUGAL tapa a CARA e destapa OUTRA iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz atè as BARRACAS CUBATAS ABANAM; com este andar oua NOSSA SENHORA NOS SALVA ou O A CRIADOR nos APOIO NA SUAS MAOS AMEN ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ;;;;;;;
    AGP

RESPONDER

Físicos produziram o campo magnético mais forte e controlável de sempre

Um grupo de cientistas do Instituto de Física do Estado Sólido da Universidade de Tóquio, no Japão, produziu o campo magnético mais forte e controlável já criado em ambientes fechados - é um macro para …

"Impossível" puzzle químico do ouro foi finalmente resolvido

Uma equipa de cientistas russos e alemães conseguiu decifrar o segredo da estabilidade da estrutura cristalina do calaverita (AuTe2) - um raro mineral metálico também conhecido como telúrio de ouro. A descoberta, publicada nesta terça-feira na …

Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos. Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, …

Porsche quer ser a primeira fabricante alemã a deixar o diesel

A Porsche quer tornar-se a primeira fabricante automobilística alemã a deixar o diesel, apostando em motores a gasolina, híbridos e, a partir de 2019, em veículos elétricos, anunciou este domingo o presidente executivo da empresa. "Agora …

Viver nas cidades aumenta risco de demência (e a culpa é da poluição)

Viver na cidade influencia a nossa saúde. Segundo um estudo recente, a poluição do ar pode aumentar em 40% o risco de desenvolver demência. O impacto da poluição do ar na nossa saúde já era conhecido, …

Finalmente resolvido o mistério do assassino de gatos em Londres

Um dos mistérios criminais que intrigava a Inglaterra está finalmente resolvido. A conclusão é que, afinal, o famoso assassino de gatos de Croydon não existe. O mistério à volta da morte de mais de 400 gatos …

Benfica - Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0. O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem …

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …

NASA observa movimentos tectónicos recentes em Marte

A sonda Mars Express da NASA observou fissuras proeminentes em Marte causadas devido à ação de falhas tectónicas que atingiram a superfície do planeta há menos de dez milhões de anos. As imagens foram capturadas …