Abrandamento da economia “parece que vai durar um pouco mais”, diz Centeno

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Mário Centeno reconhece existirem motivos para apreensão devido à acumulação de riscos, o que poderá fazer com que o arrefecimento da economia europeia se prolongue por mais tempo do que inicialmente previsto.

Em Davos para participar no Fórum Económico Mundial, Mário Centeno mostrou-se preocupado com o avolumar de sinais que apontam para o abrandamento da economia global e avisa que este arrefecimento económico pode prolongar-se “um pouco mais”.

O presidente do Eurogrupo alertou para a possibilidade de o abrandamento da economia europeia durar mais do que o esperado, sobretudo devido à acumulação de riscos originados ao nível político como a saída do Reino Unido da União Europeia – Brexit – ou a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China.

“Pensámos que algum do abrandamento poderia ser temporário, por exemplo na indústria alemã”, afirmou, citado pelo Jornal de Negócios, o ministro português das Finanças. No entanto, este arrefecimento económico “parece que vai durar um pouco mais” do que o previsto.

A apreensão quanto ao abrandamento da economia global acentuou-se esta semana depois de o Fundo Monetário Internacional (FMI) ter revisto em baixa as estimativas para a evolução do PIB mundial, projetando que em 2019 seja registado o crescimento mais baixo em três anos.

Esta revisão é particularmente acentuada para a economia alemã, o principal motor da Zona Euro, que o FMI vê agora crescer apenas 1,3% no presente ano, menos 0,6 pontos percentuais do que anteriormente estimado.

“Temos de estar todos um pouco preocupados com estes desenvolvimentos. A maior parte dos riscos que têm vindo a ser acumulados nos últimos meses têm origem política“, acrescentou Mário Centeno.

No espaço de uma semana o ministro português das Finanças é a terceira figura do Governo a vir refrear os ânimos em relação ao comportamento da economia, depois de o primeiro-ministro António Costa ter alertado para sinais de arrefecimento exteriores.

“Temos de continuar a ter cautela suficiente para não nos pormos numa corrente de ar, apanharmos uma gripe que depois se transforma numa pneumonia,” avisou. O ministro da Economia, Siza Vieira, também reconheceu a entrada da economia portuguesa numa “nova fase do ciclo económico.”

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Acaba-se a mama do turismo de que o PS beneficiou lá voltamos ao tempo do Sócrates. Obrigado a todos quanto votam na esquerda, a culpa será vossa

  2. … mais três anos e todo o eleitorado que dá votos ao desbarato a este gabarito politico (que é que se pode chamar assim) vão estremecer os dentes com as suas ações passadas e futuras, olhai para o desgoverno dos governos nas lides financeiras e os comentários de Centeno se é que fez algum comentário ou das Finanças, todos COMEM.

  3. Pois é, com as empresas a abrir, com empregos é o que nós sabemos, as empresas que fecham, aumentos salariais que ficam longe a realidade dos que esperavam mais e melhor, tudo isto somado, um fracasso da Geringonça que prometia mundos e fundos.
    Realmente o conta gotas, é uma boa metodologia deste governo, para a população e do aumento economia, quando recebe tão pouco.

  4. Agora dizes um pouco mais. Daqui amanhã dizes mais e depois muito mais. Quando tudo for para o estaleiro já tu estás noutra. Talvez no FMI ou coisa parecida.

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …