Portugal tem de seguir com “cautela” para evitar uma “pneumonia” económica

Tiago Petinga / Lusa

O primeiro-ministro defendeu esta quarta-feira que Portugal tem de continuar a seguir uma política económica “cautelosa” e “equilibrada” para evitar expor-se a uma gripe que evolua depois para uma pneumonia. Para António Costa, a redução da dívida é um aspeto “crucial”.

Estes avisos foram deixados pelo líder do Governo no seu discurso inicial num almoço promovido em parceria entre a Associação 25 de Abril e revista “Ânimo”, do artista plástico e antigo jornalista e assessor de imprensa do Grupo Parlamentar do PS António Colaço.

Antes destas palavras do primeiro-ministro, o presidente da Associação 25 de Abril, o coronel Vasco Lourenço tinha dito que Portugal era um “oásis” num mundo em turbulência.

O líder do executivo, porém, discordou desta imagem sobre a situação de Portugal no panorama internacional, contrapondo que o país “está melhor” do que em 2015, “mas tem ainda muito para melhorar”. “Temos de continuar a ter a cautela suficiente para que o país não se exponha a uma corrente de ar e apanhe uma gripe que se transforme numa pneumonia. É essencial manter as boas condições de investimento, mas, ao mesmo tempo, precavermo-nos contra qualquer acidente”, advertiu.

Na perspetiva do líder do executivo, Portugal tem de “manter o atual equilíbrio, repondo salários, pensões com redução da tributação sobre o trabalho, mas com contas certas”.

“Todos nos lembramos do que acontece quando não temos contas certas“, salientou ainda na mesma linha de advertências, alegando que dados como o da redução do défice contribuíram para credibilização interna e externa da atual solução governativa.

Neste ponto, o primeiro-ministro referiu que a dívida do país era de 130% do Produto Interno Bruto em 2015, perspetivando-se que atinja os 118% no final deste ano.

“A redução da dívida não é só devermos menos, porque significa também que estamos a libertar anualmente 1400 milhões de euros que estava a ser gastos em juros, reforçando o investimento em áreas como a da saúde. Reduzir o serviço da dívida é crucial – e é preciso ter condições políticas para isso”, frisou.

Para Portugal continuar a crescer, segundo o primeiro-ministro, é preciso continuar a sustentar este crescimento e enfrentamos, naturalmente, vários desafios: O Brexit, porque o Reino Unido é o nosso quarto cliente; a guerra comercial entre Estados Unidos e China pode ter um efeito que desconhecemos no comércio internacional”.

“É verdade que, desde 2015, há 341 mil novos postos de trabalho, mas ainda há milhares de portugueses que ainda não encontraram emprego, e milhares de portugueses que têm um emprego ainda em situação de precariedade e que merecem ter estabilidade. É verdade que as desigualdades têm diminuído, mas há muita pobreza. E há problemas novos que têm surgido na sociedade portuguesa, designadamente os que a habitação coloca desde logo à classe média e que importa resolver”, apontou. Em jwito de conclusão, António Costa, acrescentou: “Há ainda muito trabalho para fazer”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Agora é isto ?? quando formas-te governo a informação que passas-te foi que não havia razão p/ continuar a apertar o cinto dos portugueses!! Que havia dinheiro aos chutos e pontapés… agora vens c/ o choradinho?? São todos um BANDO de MENTIROSOS, o que querem é poleiro.

RESPONDER

Ryanair desregulou escalas dos trabalhadores que rejeitaram cortes em Portugal

A Ryanair desregulou o regime de escalas habitual à "pequena minoria" de trabalhadores que recusou os cortes da empresa na sequência da pandemia de covid-19, retirando-lhes qualquer direito a bónus, segundo documentos a que a …

Vieira quer oferecer Bruno Henrique a Jorge Jesus

Embora Jorge Jesus não tenha pedido a contratação de Bruno Henrique, o presidente benfiquista quer comprar o avançado brasileiro como prenda para o novo treinador. Luís Filipe Vieira está a estudar a contratação de Bruno Henrique, …

"Dimensão ética". Presidente do Novo Banco enviou uma carta a Marques Mendes a explicar o seu silêncio

Debaixo de fogo depois de serem reveladas as perdas avultadas relacionadas com a venda da carteira de imóveis do Novo Banco, António Ramalho enviou uma carta a Luís Marques Mendes, comentador da SIC, a explicar …

Ministério Público quer Jorge Jesus a testemunhar contra Rui Pinto

O Ministério Público (MP) quer que o treinador português Jorge Jesus testemunhe em tribunal contra o "pirata informático" Rui Pinto, que esta semana deixou a prisão domiciliária com a obrigação de se apresentar semanalmente à …

Guarda-redes do Atlético de Madrid já não escapa ao Sporting

O Sporting conseguiu, nas últimas horas, ultimar os detalhes do contrato que trará o guarda-redes espanhol António Adán para Alvalade. O jornal desportivo Record avança esta terça-feira que o contrato está a ser ultimado, adiantando que …

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro. Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que …

"Formiga do inferno." Descoberto fóssil preservado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de cientistas encontrou um fóssil preservado em âmbar que ilustra o exato momento em que uma formiga pré-histórica devora a sua presa. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente na Current Biology, …

Isabel dos Santos deixa administração da operadora angolana Unitel

A empresária angolana Isabel dos Santos anunciou esta terça-feira que vai deixar o seu lugar na administração da operadora de telecomunicações Unitel. “Após 20 anos dedicados à criação, ao desenvolvimento e ao sucesso da Unitel, optei …

Rússia regista primeira vacina contra coronavírus (e filha de Putin já a tomou)

A Rússia tornou-se esta terça-feira o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que uma das suas filhas já foi inoculada. "Esta manhã foi …

Golo de Bruno Fernandes põe Manchester United nas meias da Liga Europa

O Manchester United, com um golo de Bruno Fernandes, e o Inter de Milão apuraram-se hoje para as meias-finais da Liga Europa de futebol, depois de baterem Copenhaga, após prolongamento, e Bayer Leverkusen, respetivamente. Já no …