Só 9% dos trabalhadores pode desempenhar em pleno as funções em teletrabalho

Só 9% dos trabalhadores do setor privado consegue desempenhar, de forma plena, as suas funções em teletrabalho. Segundo uma estimativa de Pedro Martins, antigo Secretário de Estado do Emprego, 26% poderão fazê-lo de forma significativa.

Pedro Martins, antigo Secretário de Estado do Emprego e professor na Queen Mary University of London, no Reino Unido, estima que apenas 9% dos trabalhadores do setor privado consigam desempenhar, de forma plena, as suas funções em teletrabalho, contra 26% poderão fazê-lo de forma significativa.

Ao Jornal Económico, Pedro Martins concluiu que 54,4% dos trabalhadores tem um potencial de teletrabalho muito baixo, 10% tem um potencial baixo, 26,4% tem um potencial significativo e 9% tem um potencial elevado, numa análise sobre o potencial deste regime entre as 200 profissões que representam o maior número dos empregados.

O especialista criou quatro categorias: quando “havia uma perspetiva forte de a profissão ser desempenhada com autonomia fora da empresa, classifiquei com o valor máximo; quando entendi que era praticamente impossível desempenhar a profissão nesse contexto classifiquei com o valor mínimo; utilizei ainda duas categorias intermédias”.

Entre as profissões com potencial de teletrabalho “muito baixo” estão os trabalhadores de limpeza, empregados de mesa, vendedores em loja, empregados de armazém e motoristas de veículos pesados.

Operadores de máquinas de costura, padeiros, empregados de serviços de apoio à produção, outros trabalhadores de montagem, e diretores e gerentes de restauração encontram-se na categoria de potencial de teletrabalho “baixo”.

Nas profissões com potencial de teletrabalho “significativo” encontram-se os empregados de escritório, outros trabalhadores relacionados com vendas, diretores e gerentes de outros serviços, diretores gerais e gestores executivos, diretores e gerentes do comércio.

Por último, entre as profissões com potencial de teletrabalho “elevado” estão os contabilistas, técnicos administrativos de contabilidade, secretários administrativos e executivos, operadores de serviços financeiros e analistas em gestão e organização. Nesta contagem encontram-se apenas as cinco principais profissões de cada categoria.

O ex-Secretário de Estado do Governo de Pedro Passos Coelho sublinhou ainda “a relação positiva entre o potencial de teletrabalho e o nível de qualificação/sofisticação da profissão, sem prejuízo de várias exceções importantes”. Assim, 18% dos trabalhadores com salário mínimo ou inferior (trabalho a tempo parcial ou aprendizes) desempenham funções com potencial de teletrabalho, face a 63% para trabalhadores com dois mil euros ou mais por mês de remuneração base.

Questionado pelo Jornal Económico sobre a produtividade e o potencial de teletrabalho, o economista diz que “a relação é positiva, mas não muito acentuada, talvez por causa da diversidade de profissões dentro de cada empresa”.

Mas há muita discrepância: “por exemplo, as atividades de informação e de comunicação apresentam um indicador de potencial de teletrabalho de 88%, enquanto que o alojamento e a restauração, a agricultura, e os transportes apresentam valores abaixo de 20%”, disse.

O valor mais baixo, de 10%, encontra-se no caso do alojamento e restauração, que representa mais de 250 mil empregados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta rara. Encontrado vapor de água salgada em torno de duas estrelas bebé gigantes

Uma equipa de investigadores descobriu um par de estrelas bebé massivas rodeadas por vapor de água e sal de cozinha, de acordo com um novo estudo. As duas estrelas bebé têm uma massa combinada 25 vezes …

Sonda da NASA deteta nanojatos na coroa solar (e desmistifica a sua extrema temperatura)

Uma equipa de cientistas, liderada pelas Universidades de Northumbria e St. Andrews, em cooperação com a NASA, descobriu um novo tipo de atividade dentro da atmosfera do Sol que poderia explicar como é que a …

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …