/

Portugal ultrapassa barreira dos 7000 casos. 3570 são de dados em atraso

(dr) Envato Elements

Portugal contabiliza, esta quarta-feira, mais 59 mortes e 7497 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da DGS, dos 7497 novos casos, 5183 são na região Norte. Na região de Lisboa e Vale do Tejo há mais 1560 infetados do que nas últimas 24 horas, no Centro há mais 518, no Alentejo há mais 120, no Algarve há mais 81 e nos Açores e na Madeira há mais nove e 26 casos, respetivamente.

No entanto, o documento da DGS nota que “os dados apresentados no relatório de hoje incluem o somatório de 3570 casos, decorrentes do atraso no reporte laboratorial, principalmente de um laboratório na região Norte”, desde o passado dia 30 de outubro.

No total, o número de pessoas infetadas pela doença é agora de 156.940. Há, neste momento, 65.300 casos ativos, mais 5081 do que na terça-feira.

Estão também confirmadas 2694 mortes devido à covid-19, mais 59 óbitos do que nas últimas 24 horas. A DGS indica que 34 ocorreram na região Norte, 18 na região de Lisboa e Vale do Tejo, cinco no Centro e duas no Alentejo.

Neste momento, existem 2337 doentes internados (menos 12 do que ontem), dos quais 325 estão nos cuidados intensivos (mais cinco do que ontem). O boletim da DGS também aponta para mais 2357 doentes recuperados, verificando-se já um total de 88.946 pessoas.

Há ainda 65.566 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, menos 81 em relação a terça-feira.

O confinamento parcial entrou em vigor, esta quarta-feira, em 121 concelhos onde há “risco elevado de transmissão da covid-19”, aplicando-se o dever de permanência em casa, exceto para deslocações autorizadas, como compras, trabalho, ensino e atividade física.

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 1.215.957 pessoas em todo o mundo, segundo o levantamento feito hoje pela agência de notícias AFP.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE