Pessoas com 55 anos ou mais já podem agendar a vacina contra a covid-19

Daniel Leal-Olivas / EPA

Depois dos maiores de 60 anos, chegou a vez da inscrição dos utentes com 55 anos ou mais. Estes cidadãos já podem agendar a toma da vacina contra a covid-19.

O auto-agendamento para a vacina contra a covid-19 já está disponível a todas as pessoas com 55 anos ou mais, anunciou esta quinta-feira a task force responsável pelo processo de vacinação em Portugal.

A informação já consta na página do Governo dedicada à covid-19.

“Tendo em conta o bom ritmo a que tem decorrido a vacinação contra a covid-19, informa-se que está disponível, desde o dia de hoje, a possibilidade de auto-agendamento para idades iguais ou superiores a 55 anos”, refere a task force num comunicado enviado às redações.

A medida de alargamento da idade surge apenas quatro dias depois de se ter aberto no domingo a marcação para maiores de 60 anos, numa evolução que traduz o período de intensificação da vacinação.

Segundo o calendário da task force, as vacinações para esta nova faixa etária só deverão começar a partir do próximo dia 24 de maio.

O último relatório divulgado pela Direção-Geral de Saúde (DGS) adianta que mais de 2,9 milhões de cidadãos já receberam, pelo menos, uma dose da vacina contra a covid-19, o que corresponde a 29% da população portuguesa. Além disso, mais de um milhão já completou o processo de vacinação (11% da população).

Depois de os maiores de 80 anos já estarem praticamente todos vacinados, 84% das pessoas entre os 65 e os 79 anos já têm, pelo menos, uma dose da vacina, sendo que 17% estão completamente imunizados.

Esta quarta-feira, os peritos responsáveis pela estratégia de reabertura em vigor entregaram ao Governo novas regras a cumprir a partir do final deste mês, altura em que todos os portugueses com 60 anos ou mais deverão estar vacinados.

Segundo o Expresso, o grupo não avançou muitos detalhes: as restrições serão alvo de “um levantamento faseado com base nos critérios de risco local” e a “a avaliação será feita pelo risco de transmissão por atividade, grau de imunidade das populações e impacto económico, social e mental”.

Há, contudo, uma certeza que se mantém: a máscara vai continuar a ser necessária.

“Neste plano, já se prevê que em alguns contextos muito específicos seja possível não utilizar máscara, mas ainda estamos muito longe de uma dispensa generalizada”, adiantaram, ao semanário. Nas idas à praia, por exemplo, a máscara será obrigatória.

Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Fundo Azul só aplicou um quarto do orçamento desde 2016

O Fundo Azul tem tido um orçamento anual de 13 milhões de euros nos últimos cinco anos, mas não tem gasto três quartos desde 2016. Em cinco anos, o Fundo Azul entregou apenas 17 milhões de …

Polónia 1-2 Eslováquia | Paulo Sousa surpreendido no arranque

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, entrou hoje da pior forma no Euro2020, ao perder por 2-1 com a Eslováquia, em encontro do Grupo E, disputado em São Petersburgo, na Rússia. O guarda-redes Wojciech …

Agostinho Branquinho nega tráfico de influências na construção de hospital em Valongo

O antigo deputado Agostinho Branquinho negou esta segunda-feira qualquer envolvimento ou tráfico de influências junto da Câmara de Valongo, no processo de licenciamento e construção do Hospital de São Martinho, naquele concelho do distrito do …

Estádio Sp. Braga

17 anos depois, Câmaras ainda devem 55 milhões dos estádios do Euro 2004 (só 2 já pagaram tudo)

Apenas duas Câmaras municipais já não têm dívidas no âmbito da construção de estádios para o Euro 2004. Ao cabo de 17 anos, as autarquias ainda têm cerca de 55 milhões de euros para pagar …

PSD quer aumentar penas para corrupção por políticos em funções e evitar megaprocessos

O PSD quer agravar as penas de prisão para crimes de corrupção, sobretudo quando cometidas por políticos, mas admite a dispensa ou atenuação da pena em caso de colaboração, e apresenta propostas para evitar os …

Petição por manuais gratuitos para todos os alunos entregue esta segunda-feira no Parlamento

Uma petição pública pelo alargamento da gratuitidade dos manuais escolares a todos os alunos do ensino obrigatório, passando a incluir o setor privado, é entregue esta segunda-feira no parlamento para ser discutida em plenário. Dezenas de …

PAN e o Livre juntam-se ao PS em coligação inédita à Câmara de Cascais

Numa aposta inédita, o PAN e o Livre juntaram-se à candidatura de Alexandre Faria, presidente do Estoril Praia e candidato do PS à Câmara de Cascais, para tentar recuperar uma autarquia liderada pelo PSD/CDS há …

Reino Unido adia desconfinamento por um mês

Esta segunda-feira, em conferência de imprensa, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou que o desconfinamento no Reino Unido vai ser adiado de 21 de junho para 21 de julho. No Reino Unido, o desconfinamento vai ser …

Costa responde a Marcelo: "Ninguém pode garantir" que não voltamos atrás

Esta segunda-feira, António Costa disse que "ninguém" pode assegurar que não vai ser preciso voltar atrás no desconfinamento. Nem mesmo o Presidente da República. Questionado pelos jornalistas sobre a convicção de Marcelo Rebelo de Sousa sobre …

Costa falou com Pedro Nuno Santos e Ana Catarina Mendes para evitar escalada de tensão no PS

O congresso dos socialistas está agendado para 10 e 11 de julho e António Costa quer evitar uma discussão sobre a sua sucessão. A estratégia passa por acalmar o clima entre o ministro Pedro Nuno …