Pelo menos 42 feridos em Beirute em confrontos entre polícia e manifestantes

Wael Hamzeh / EPA

Manifestantes em Beirute, no Líbano

Pelo menos 42 pessoas ficaram feridas, esta terça-feira, em confrontos entre manifestantes e a polícia, pelo quarto dia consecutivo, nas proximidades do Parlamento em Beirute.

De acordo com a Cruz Vermelha libanesa, dos pelo menos 42 feridos, 10 tiveram de ser transportados para os hospitais, tendo os restantes sido tratados no local.

Os confrontos ocorreram depois de uma concentração frente ao porto da capital libanesa, onde ocorreu a devastadora explosão de 2750 toneladas de nitrato de amónio, que causou 171 mortos e mais de seis mil feridos, e de uma marcha com velas pelo centro de Beirute.

Alguns manifestantes atiraram pedras aos polícias que protegiam o Parlamento e que responderam com gás lacrimogéneo e com disparos de balas de borracha. Os confrontos não foram tão graves como em dias anteriores. No sábado, causaram a morte de um agente e 250 feridos, segundo a Cruz Vermelha libanesa.

A organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional denunciou o uso de força excessiva contra manifestantes em Beirute, revelando que “o exército libanês e as forças de segurança, assim como alguns homens não identificados vestidos à civil, balearam multidões desarmadas durante os protestos” nos últimos dias.

A explosão alimentou a raiva de uma população já mobilizada desde o outono de 2019 contra os líderes libaneses, acusados de corrupção e ineficácia, e milhares vieram para as ruas para pedir contas às autoridades.

O primeiro-ministro, Hassan Diab, anunciou, na terça-feira, a demissão do seu Governo, considerando que “a catástrofe que atingiu os libaneses (…) aconteceu devido à corrupção endémica na política, na administração e no Estado”.

No domingo, o chefe do batalhão de engenharia do exército libanês, Rojeh Khoury, anunciou o fim da primeira fase das operações de busca e resgate, após três dias de trabalhos que envolveram equipas libanesas e internacionais.

Khoury acrescentou que não foram encontrados sobreviventes e que, a partir deste momento, “diminuiu a esperança de encontrar pessoas com vida“, apesar de prosseguirem as operações para resgatar corpos entre os escombros.

O mesmo responsável precisou que elementos turcos, franceses e russos das equipas de resgate continuam a apoiar os libaneses na “zona vermelha”, a mais atingida pela explosão, enquanto outras equipas de diversos países já se retiraram após darem por concluída a sua missão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …

40 anos depois, assassino de John Lennon pede desculpa pelo crime "desprezível"

Mark David Chapman, o homem que assassinou John Lennon, diz que matou o ex-Beatle por "raiva e ciúmes" e pediu desculpa a Yoko Ono, 40 anos depois. Em 1980, Chapman atingiu John Lennon com quatro tiros …

Reportado o primeiro caso de parkinsonismo após infeção de covid-19

Um homem de 45 anos de Israel revelou sintomas da doença de Parkinson (parkinsonismo) logo depois de ter sido infetado com a covid-19. Tal como frisa o portal IFL Science, os vírus foram já muitas …