1.º de Maio da pandemia comemorado com vídeos (ou na rua, mas com menos gente)

O Dia do Trabalhador é hoje comemorado de forma diferente devido à pandemia, com os vídeos da UGT ou com as iniciativas de rua da CGTP, em 24 cidades e com poucos participantes.

O estado de emergência em que o país ainda está, com as regras de confinamento para combater a propagação da covid-19, obrigaram as duas centrais sindicais a cancelar as comemorações que tinham previstas para assinalar o 1.º de Maio e a optar por iniciativas mais adequadas à situação.

A UGT vai evocar a data com uma ‘maratona’ de vídeos com depoimentos de sindicalistas da central e de estruturas sindicais estrangeiras, e o seu secretário-geral, Carlos Silva, usará também este meio para falar aos trabalhadores.

A CGTP, no entanto, entendeu que a situação laboral exigia ações de denúncia e encontrou soluções para comemorar o Dia do Trabalhador na rua, em menos localidades e com pouca gente, de modo a respeitar o distanciamento.

Lisboa e Porto serão, como habitualmente, os principais pontos das comemorações, mas sem as emblemáticas manifestações e desfiles.

As estruturas da Inter mobilizaram apenas dirigentes e ativistas sindicais para garantir o distanciamento de segurança e consideram que estes estarão na rua em representação de todos os trabalhadores para afirmar as suas reivindicações nesta fase de pandemia.

Em Lisboa, o 1.º de Maio da CGTP-IN é comemorado, como é tradição, na alameda Afonso Henriques, mas sem multidão, faixas reivindicativas ou tasquinhas.

A secretária-geral, Isabel Camarinha, fará a sua intervenção político-sindical naquele local, ao início da tarde, acompanhada, com a devida distância, pelos restantes elementos da Comissão Executiva da Inter.

No amplo relvado da alameda estarão apenas sindicalistas, que vão ocupar lugares previamente marcados no solo, com quatro metros de intervalo, empunhando pancartas e bandeiras sindicais.

A luta da CGTP no Dia do Trabalhador será pela proibição de todos os despedimentos, pela garantia do pagamento da retribuição total a todos os trabalhadores e por mais e melhores apoios às famílias e aos trabalhadores.

O país está a terminar o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e as deslocações entre concelhos estão proibidas neste fim de semana prolongado, mas os sindicalistas estão autorizados a deslocar-se para participar nas iniciativas do Dia do Trabalhador.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 227 mil mortos e infetou quase 3,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Em Portugal, morreram 989 pessoas das 25.045 confirmadas como infetadas, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal é o primeiro país europeu a receber o selo "Safe Travels"

Portugal foi o primeiro país europeu a receber o selo "Safe Travels", que reconhece um compromisso com a segurança, informou esta quinta-feira o Governo. A distinção, atribuída pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), pretende certificar …

Ventura reforça poder no Chega. Direção pode suspender militantes

No dia 30 de maio, foram aprovados dois regulamentos que dão poder à direção do Chega para suspender militantes do partido. Segundo avança a revista Sábado, no passado fim de semana, o Conselho Nacional do partido …

Egípcio submeteu as três filhas a mutilação genital feminina. Agora, vai ser julgado

Um pai terá dito às três filhas que iam ser vacinadas contra a covid-19, mas, quando acordaram, tinham sido mutiladas. Um cidadão egípcio vai ser julgado por, alegadamente, ter forçado as três filhas menores a serem …

Vacina da Universidade de Oxford para a covid-19 será testada no Brasil

A vacina contra a covid-19 em que trabalham os cientistas da Universidade de Oxford será testada no Brasil, pelo nível de infeção naquele país, revelou esta sexta-feira o Times. Com o declínio nos casos de coronavírus …

Esta noite há um eclipse penumbral da Lua

Esta noite tem bons motivos para atrasar o jantar: ao início da noite desta sexta-feira, haverá um eclipse penumbral da Lua. A Lua vai ficar na penumbra na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 21h, em …

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está desaparecida. De acordo com o jornal espanhol El País, …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …