/

Zeinal Bava e Henrique Granadeiro arguidos na Operação Marquês

6

José Sena Goulão / Lusa

Zeinal Bava, Henrique Granadeiro

Os antigos gestores da PT foram esta sexta-feira notificados para serem interrogados e constituídos arguidos na Operação Marquês.

A notícia, avançada pela SIC Notícias, dá conta que Zeinal Bava e Henrique Granadeiro foram hoje constituídos arguidos na Operação Marquês.

A informação já foi confirmada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Os dois são suspeitos de de corrupção passiva, além de fraude fiscal e branqueamento de capitais.

O ex-presidente executivo e ex-presidente do Conselho de Administração da PT, respetivamente, foram notificados esta manhã para se apresentar no Departamento Central de Investigação e Ação Penal, apurou o canal televisivo.

Os dois já tinham sido envolvidos no processo, no qual José Sócrates também é arguido, em julho do ano passado, quando foram alvos de buscas.

De acordo com a SIC, há suspeitas de subornos ao ex-primeiro-ministro, que envolvem o Grupo Espírito Santo e também negócios com a PT, nomeadamente a OPA falhada da Sonaecom à PT e a venda da Vivo e compra da Oi no Brasil.

Sobe assim para 22 o número de arguidos do processo, onde se encontram também o ex-ministro Armando Vara, o ex-presidente do BES Ricardo Salgado (que, revela este sábado o Sol, terá pago quase 100 milhões a Sócrates, Bava, Granadeiro e Vara), o empresário luso-angolano Hélder Bataglia e Carlos Santos Silva, amigo de Sócrates.

  ZAP //

6 Comments

  1. Será que a justiça em Portugal acordou?… Ou os juízes deixaram de estar reféns de interesses obscurantistas. Custa a crer. Parece-me mais manobras de disfarce, até porque estamos no Carnaval.

    • Não houve uma Ministra da Justiça que disse que a impunidade (das “elites”) iria acabar? Não foi tão atacada nessa altura? É por isso dou os parabens à PGR que escolheu.

  2. Não é possível , foi engano, estes Senhores são pessoas idóneas, acima de quaisquer suspeitas- Querem ver que o Juiz instrutor ainda vai ser afastado ou convidado a antecipar a reforma?

  3. Estava a ver que nunca mais acontecia, será prenda de Natal?
    Começo a acreditar que a justiça em Portugal começa a aparecer embora muito duvidosa ainda.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE