Viúva de Steve Jobs diz que os seus filhos não vão receber herança

TED Conference / Flickr

Laurene Powell Jobs, viúva de Steve Jobs

Laurene Powell Jobs, viúva do fundador da Apple, Steve Jobs, e a 35.ª pessoa mais rica do mundo, atacou, em entrevista, a desigualdade económica na sociedade contemporânea e garantiu que os seus filhos não vão receber herança.

Com uma fortuna de cerca de 27.500 milhões de dólares (equivalente a 24 mil milhões de euros), Laurene Powell Jobs é a 35.ª pessoa mais rica do mundo.

Em entrevista ao The New York Times, a viúva do fundador da Apple, criticou a desigualdade económica da sociedade e disse que os seus filhos não vão receber a herança acumulada pelo empresário, que faleceu em 2011.

“Não é correto que as pessoas acumulem grande riqueza equivalentes às de milhões e milhões de pessoas juntas. Não há nada justo nisso“, afirmou Powell Jobs.

“Herdei minha riqueza do meu marido, que não se importava com a acumulação. Estou a fazer isto em homenagem ao seu trabalho e dediquei minha vida a fazer o melhor possível para distribuí-la de forma eficaz, a fim de ajudar pessoas e comunidades de forma sustentável”, afirmou.

Laurene Powell Jobs disse ainda que não deixará herança a nenhum dos seus quatro filhos. “Não estou interessado em construir património herdado e os meus filhos sabem disso. Steve não estava interessado nisso. Se viver o suficiente, [o património] terminará comigo”, garantiu.

Laurene Powell Jobs é uma executiva de negócios, fundadora e presidente do Emerson College, uma organização que concentra no uso do empreendedorismo para avançar na reforma social e ajudar alunos com poucos recursos.

Steve Jobs tem quatro filhos: Lisa Brennan-Jobs, de 41 anos, Reed Jobs, de 28, Erin Siena Jobs, de 24, e Eve Jobs, de 22. Lisa é fruto da relação com Chrisann Brennan, enquanto os outros três são filhos de Laurene Powell Jobs.

  ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Ele certamente era frio porquê, não tinha uma mulher quente, que agora que agora usa o dinheiro que ele gerou do zero sem adcar, e não vai deixar para os filhos. Pessoas normais não conseguem entender pessoas extraordinária e geralmente estão presas às emoções, pessoas extraordinária criam mundos novos, riqueza com sua mente, e ensinam outras a não se prenderem a estás coisas, são livres, e por isso geralmente são marginalizados, Steve jobs foi 1/10.M, depois de tanto tempo lutando do mais bom que se seja é difícil se manter o surtido. Quer ajudar a combater doe a herança aos africanos e asiáticas, podes voltar na frieza da sua vida.

      • Por isso o Brasil segue na miséria enquanto os USA fabricam novos bilionários que fizeram fortuna sozinhos e não herdando do papai e mamãe ricos.

    • Ela enquanto for viva quer usufruir do dinheiro do marido…. quando morrer quer que o dinheiro vá para instituições…. essa gaja quer tudo para ela… Se o Steve Jobs soubesse disso se levantava da campanha… bastava ela dividir esses biliões de dólares em 5 partes iguais e já faria o que uma mãe normal faria.. e quando falecesse a parte dela iria para instituições de caridade..

  2. Ela enquanto for viva quer usufruir do dinheiro do marido…. quando morrer quer que o dinheiro vá para instituições…. essa gaja quer tudo para ela… Se o Steve Jobs soubesse disso se levantava da campanha… bastava ela dividir esses biliões de dólares em 5 partes iguais e já faria o que uma mãe normal faria.. e quando falecesse a parte dela iria para instituições de caridade..

RESPONDER

Empresa alemã explodiu o seu próprio foguetão

A Rocket Factory Augsburg (RFA), uma startup alemã, terminou recentemente um teste de pressão criogénica destrutiva a um dos seus foguetões - o RFA One. A Rocket Factory Ausgburg realizou um teste a um dos seus …

Visitas hospitalares devem apresentar certificado digital ou teste negativo

Quem visitar um doente internado ou acompanhar um utente nos serviços do SNS vai ter de apresentar o certificado digital ou um resultado negativo de um teste à covid-19, segundo uma orientação da Direção-Geral da …

Medina renuncia a cargo de vereador para facilitar a vida a Moedas

Numa carta enviada à Assembleia Municipal, Fernando Medina afirma que a sua saída ajuda ao funcionamento do executivo municipal de Carlos Moedas, novo presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Depois de uma derrota inesperada na …

Resposta britânica à pandemia foi "dos maiores fracassos de sempre"

Um relatório do Parlamento britânico sobre a gestão pandémica no Reino Unido arrasa os esforços do executivo britânico no sentido de impedir a propagação do vírus no início da pandemia. Segundo a visão dos parlamentares, a …

PGR abre inquérito a caso de jovem agredido no Porto que acabou por morrer

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um inquérito para investigar o caso do rapaz de 23 anos que foi espancado na Baixa do Porto, na madrugada de domingo, e que acabou por morrer no hospital, …

Podia ser anedota, mas não é: equipa marcou 4 auto-golos, de propósito

Jogadoras de futsal do Banfield estavam a vencer por 2-0 quando decidiram perder propositadamente. Tudo a pensar nos play-offs. Quem abrir este artigo e analisar este vídeo, pode pensar que isto foi filmado propositadamente para os …

Portugal vai receber 6,1 milhões de vacinas até ao final do ano

Portugal vai receber cerca de 6,1 milhões de vacinas contra a covid-19 até final do ano, dispondo de doses suficientes para voltar a vacinar toda a população, caso seja necessário, anunciou hoje o coordenador da …

Objeto de Hamilton. Galáxia "dupla" intrigou astrónomos durante anos

O nosso Universo esconde vários objetos estranhos, desde estrelas em explosão a galáxias em colisão. O Hubble encontrou o que parece ser um par de objetos idênticos, tão estranhos que os astrónomos demoraram vários anos …

Neymar, de novo: "Aquilo foi uma declaração terrível para o PSG"

Jérôme Rothen avisou: Neymar disse que vai deixar o futebol depois do Mundial e pode ter que enfrentar consequências. Neymar, Neymar, Neymar. O jogador brasileiro mais falado por estes dias (e em muitos outros períodos). Desta …

Portugal regista mais 719 casos de covid-19 e oito mortos. Internamentos descem

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais oito mortes e 719 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2. O número de pessoas internadas volta a descer. O boletim epidemiológico desta terça-feira informa que há menos 11 pessoas …