Viúva e filhos do militar assassinado no Mali só recebem 1264 euros do Estado

A família do militar português que morreu no Mali, num ataque terrorista, vai receber um subsídio de morte de apenas 1263,96 euros. Enquanto isso, a viúva, que tem dois filhos menores, pode ter que esperar mais de um ano pela pensão de sobrevivência.

O sargento-ajudante Gil Fernando Paiva Benido integrava o contingente nacional na Missão de Treino da União Europeia no Mali. Foi vítima de um atentado terrorista, há cerca de três semanas.

A família do militar vai receber um subsídio de morte de apenas 1263,96 euros, conforme começou por avançar o Correio da Manhã.

O valor foi entretanto confirmado pelo PCP, num comunicado divulgado pelo Expresso, no qual o partido considera que é “ilustrativo da retirada de direitos dos militares”.

Os comunistas notam que este parco valor resulta da “alteração à lei, por parte do Governo PSD/CDS-PP, que fez com que os beneficiários deixassem de receber o equivalente a seis vezes o salário bruto do funcionário público falecido e passassem a receber três vezes o indexante de apoio social, que está agora fixado em 421,32 euros”.

O subsídio por morte é uma ajuda inicial concedida à família para pagar, nomeadamente, as despesas com o funeral do militar.

A viúva, que tem dois filhos menores, vai ter direito a uma pensão de sobrevivência, paga pela Caixa Geral de Aposentações (CGA). Mas a atribuição dessa pensão pode demorar mais de um ano, conforme nota ao Expresso o presidente da Associação Nacional de Sargentos, Mário Ramos.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Se assim for, lamento profundamente como o país trata quem, alegadamente, defende a pátria! É por isto e por outras, é que digo: ” a minha pátria é aquela que me dá de comer, não aquela que me a tira”! com esta situação faz-me lembrar que, com erros da guerra do Ultramar, em mais de 40 anos, não aprendemos a evoluir, mas sim a continuar a cometer os mesmo erros que cometemos na altura! Existem soldados que morreram no Ultramar e continuam sepultados por África, em sepulturas degradadas, com capim a cobrir a sua memória! Nem aí, nem hoje, a suposta pátria tem a sensatez e a coragem de fazer o que devia ser o correcto, que era defender os seus soldados, e de quem deles dependia e amava, mesmo depois de morrerem por amor à pátria!

  2. É o país das misérias… Nunca se há de indireitar. Saiam enquanto podem.

    Um país desde logo pouco dado à produção de riqueza e que se limita a apanhar “boleias” e a bolinar bons ventos quando eles por sorte surgem… E mesmo assim cheio de oportunismos. Depois quando chega a hora de ser um país honrado e que honra os seus valore… Não. É a trampa que se vê.

  3. Para o estado português é quanto vale a vida de um ser humano.
    Ainda vale menos que a reforma de alguns mediocres que estiveram no parlamento 12 anos e recebem vivinhos da silva reformas churudas.
    Lamentavel que um português ao serviço do estado português, mereca da parte do estado a quantia indicada.
    Sinto-me envergonhado por ser representado por quem me representa.

  4. Assassinado??? Um conceito estranho para definir uma baixa militar em teatro de guerra!
    Nem se aplica o “quem anda à chuva molha-se” porque “chuva não molha militar” mas aplica-se o “quem não quer ser lobo não lhe veste a pele”! É chato mas faz parte da encomenda… ossos do ofício!

RESPONDER

Astrónomos localizaram com precisão o centro do Sistema Solar

Pela primeira vez, uma equipa internacional de cientistas foi capaz de localizar com precisão o centro de gravidade do Sistema Solar. De acordo com o portal Science Alert, que recorda que o baricentro (centro gravidade) …

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …