Vírus gigantes escondidos em solos florestais nos Estados Unidos

(dr) Jeff Blanchard

Uma das parcelas aquecidas na Floresta de Harvard

Uma recente investigação da Universidade de Massachusetts-Amherst descobriu diversos vírus gigantes no solo da Harvard Forest, uma floresta nos Estados Unidos.

Na sua grande maioria, os vírus são agentes infecciosos muito pequenos, minúsculos em comparação com as bactérias e as células humanas. No entanto, os recentemente descobertos no solo da Floresta de Harvard são muito diferentes.

O objetivo principal dos investigadores era isolar bactérias diretamente do meio ambiente para entender de que forma as comunidades microbianas estão a mudar em resposta ao aquecimento do solo.

Para isso, usaram uma estratégia chamada de “mini metagenómica” para detetar células individuais no terreno. Vírus gigantes, até centenas de vezes maiores do que outros vírus, têm genomas extremamente grandes e são capturados através deste método devido à sua similaridade em tamanho com as bactérias.

No total, os cientistas descobriram mais de 2.000 células individuais e/ou partículas. No meio desta amostra, encontraram 16 novos vírus gigantes.

“O facto de termos encontrado todos estes genomas de vírus gigantes no solo foi especialmente intrigante, já que a maioria dos vírus gigantes descritos anteriormente tinha sido descoberta em habitats aquáticos”, explicou um dos autores do estudo, Frederik Schulz.

“Os dados metagenómicos gerados aqui a partir de um único local de amostragem continham muito mais genomas de novos vírus gigantes do que qualquer outro conjunto de dados que analisei até hoje”, continuou. O estudo foi recentemente publicado na revista científica Nature Communications.

(dr) Jeff Blanchard / UMass Amherst

O biólogo Jeff Blanchard recolhe amostras de solo

Esta descoberta está relacionada com experiências de longo prazo de aquecimento do solo realizados há já vários anos na floresta a cerca de 45 quilómetros a nordeste do campus da universidade, onde, no solo, estão enterrados cabos de aquecimento, a cerca de 10 centímetros no chão.

Os cabos mantêm a superfície do solo 5 graus Celsius mais quente do que a temperatura ambiente, criando uma espécie de “laboratório” de alterações climáticas artificiais.

“Além de termos descoberto muitos novos vírus gigantes, também o fizemos usando um apenas uma parcela de solo”, explicou o microbiologista Jeff Blanchard. Isto sugere que, se a equipa de investigadores fizer mais amostragens no mesmo local, esse número poderia duplicar, triplicar e até mesmo quadruplicar.

“Para mim, a parte mais intrigante e reveladora do estudo foi o alto número e diversidade de proteínas principais do capsídeo, que é uma espécie de código de barras para vírus gigantes, encontrados no solo”, adiantou.

“O sequenciamento profundo do metagenoma está a revolucionar a compreensão dos ecossistemas terrestres. Ainda assim, os nossos dados enfatizam que ainda faltam muitas peças neste puzzle”, acrescenta Tanja Woyke, cientista do Instituto de Genoma Conjunto do Departamento de Energia dos EUA.

Está provado que o aquecimento do solo proporciona condições mais favoráveis ao desenvolvimento de determinados organismos. Os cientistas pretendem recolher novas amostras de solo nos próximos anos e preveem que a concentração e o tamanho dos vírus aumentem ainda mais.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. os nossos agricultores há muito que sabem que se o inverno não for frio, o solo fica com muitos mais parasitas… daqui se pode concluir que se o clima aquecer….. os microbios e bactérias também!!! Não é preciso andar na universidade

RESPONDER

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …

Brexit: Hoje era o Dia D (mas afinal, fica tudo na mesma)

Devia ter sido o dia decisivo para o Brexit no Parlamento do Reino Unido, mas o processo foi mais uma vez adiado.  Foi aprovada uma emenda que obriga o primeiro-ministro Boris Johnson a pedir um novo …

"Mais Siza e menos Centeno". Emprego e salários são as chaves do novo Governo de Costa

O novo Executivo para a próxima legislatura, que António Costa apresentou esta terça-feira ao Presidente da República, tem como chaves de governação o emprego e os salários, escreve este sábado o Expresso. De acordo com …

FBI já apurou a causa da morte de três turistas na República Dominicana

Testes toxicológicos apresentados esta semana pelo FBI determinaram que a morte de três turistas norte-americanos na República Dominicana se deveu a causas naturais, avança o jornal New York Times. De acordo com o diário, no caso …