Violência doméstica pode impedir arguidos de ver filhos

European Parliament / Flickr

O Governo vai poder alterar responsabilidades parentais, a utilização da casa de morada de família e a guarda de animais domésticos para arguidos em casos de violência doméstica com uma duração de três meses.

Segundo a nova proposta de lei do Governo, se o Ministério Público (MP) achar necessário, vai poder também suspender o regime de visitas. Isto será aplicado com caráter urgente numa medida que procura proteger os restantes membros de famílias abaladas por violência doméstica.

Para tal, de acordo com o jornal Público, bastarão ser ouvidos o representante do MP e os membros da família em questão, sendo também possível, se necessário, acionar o Fundo de Garantia de Alimentos Devidos a Menores.

Esta proposta de lei vem no âmbito da harmonização dos tribunais defendida pela ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, segundo explica o Observador. “É preciso encontrar um modelo que permita fazer a conciliação das decisões dos tribunais criminais e dos tribunais de família e menores para que haja uma maior harmonia”, afirmou a ministra relativamente ao conflito que por vezes se gera em relação às decisões contraditórias entre tribunais face aos mesmos casos de violência doméstica.

A procuradora Lucília Gago aprovou várias “orientações de atuação uniforme na área da violência doméstica” com certos procedimentos a seguir pelo MP, uma forma de “colmatar as insuficiências de comunicação e articulação” dos tribunais de família e menores e a própria investigação criminal.

A medida, focada sobretudo na proteção de menores, pode ter um período de três meses e será tomada pelos tribunais de instrução. Ao Público, a APAV disse que a proposta deveria proporcionar uma alteração mais profunda aos “estatutos das vítimas de crime em geral e de violência doméstica em particular”, mas ressalta que “são claramente positivos os esforços de alteração da legislação”.

Esta não é a única proposta de alteração à lei da violência doméstica. O PEV propõe que seja atribuído um subsídio mensal para as vítimas de violência doméstica para garantir a sua autonomia face ao agressor.

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima registou em cinco anos, entre 2013 e 2018, mais de 100 mil crimes em contexto de violência doméstica e apoiou mais de 43 mil pessoas, a maioria (86%) mulheres.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas captam atmosfera de um extraordinário exoplaneta que não deveria existir

Uma equipa de cientistas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, captou a atmosfera de um exoplaneta "que não deveria existir" ao analisar dados do telescópio TESS da agência espacial norte-americana (NASA). O planeta em causa …

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …