Vinte passageiros repatriados de Wuhan têm sintomas de contágio. Portugueses ficam em isolamento

Mário Cruz / Lusa

Os portugueses que estavam em Wuhan chegaram a Lisboa às 20.30

Vinte das pessoas repatriadas por França, que chegaram este domingo a Marselha provenientes da cidade chinesa de Wuhan, foco do surto de coronavírus que nas últimas semanas alastrou na China, vão realizar exames médicos de imediato, já que apresentam sintomas de um possível contágio.

A ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, explicou que os passageiros que apresentaram sintomas de um possível contágio vão ficar na pista da base aérea “sob vigilância de médicos militares” até que cheguem os resultados dos exames. Entre as 20 pessoas estão franceses e cidadãos não europeus, acrescentou a ministra.

Se os resultados forem positivos, os doentes serão imediatamente encaminhadas para um hospital, referiu ainda a ministra da Saúde francesa. Até ao momento, há seis casos confirmados de infeção por coronovírus em França.

Em caso de resultado negativo, os repatriados serão transportados para um centro de férias na região, onde já estão instalados os primeiros 100 franceses que chegaram na sexta-feira, ou para a escola de bombeiros de Aix-en-Provence, para onde foram levadas algumas das pessoas que chegaram hoje a França provenientes de Wuhan.

Estes repatriados chegaram este domingo à base aérea de Istres, sul de Marselha, a bordo do Airbus A380 que repatriou de Wuhan cidadãos de diversos países. No voo de hoje viajaram 258 passageiros, dos quais 65 franceses. Os restantes eram de 29 nacionalidades diferentes. Este é o segundo repatriamento de cidadãos franceses, depois de um primeiro avião com repatriados ter chegado ao país na sexta-feira.

Portugueses chegaram a Lisboa. Ficam em isolamento

O avião da Força Aérea que transportou os 17 portugueses repatriados de Wuhan, foco do novo coronavírus, aterrou cerca das 20:30 na Base Aérea de Figo Maduro, em Lisboa. O avião tinha partido ao final da tarde da base militar de Istres, sul da cidade francesa de Marselha.

Os portugueses repatriados vão ficar em isolamento durante 14 dias, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido. Em conferência de imprensa no Ministério da Saúde, a ministra revelou afirmou que os passageiros repatriados da China que chegaram a Lisboa concordaram em seguir o protocolo de “isolamento profilático” e fazer análises para despistar o novo coronavírus, cujos resultados serão apresentados “nas próximas horas”.

A ministra realçou que, “à partida, essas pessoas não estão doentes” com o coronavírus que começou a propagar-se a partir da China, em dezembro.

O Ministério da Saúde vai disponibilizar instalações onde os portugueses provenientes de Wuhan possam ficar em “isolamento profilático”. O Hospital Pulido Valente, em Lisboa, e o Hospital Militar, no Porto, serão as unidades a recebê-los.

A China elevou hoje para 304 mortos e mais de 14 mil infetados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detetado em dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

As Filipinas anunciaram também hoje a morte de um cidadão de nacionalidade chinesa, vítima de uma pneumonia causada pelo coronavírus. Foi a primeira vítima fatal registada fora da China. Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há casos de infeção confirmados em 24 outros países.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou na quinta-feira uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional (PHEIC, na sigla inglesa) por causa do surto do novo coronavírus na China.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais seis mortes e 232 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, nesta segunda-feira, mais seis mortes por covid-19 e mais 232 novos casos, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo. O boletim epidemiológico desta segunda-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), …

Quebras no turismo triplicam desemprego no Algarve

O desemprego no Algarve aumentou mais de 200% em maio para quase 28 mil desempregados, atingindo sobretudo o setor da hotelaria, que desespera pela chegada de turistas para atenuar o "golpe" de quase três meses …

Marques Mendes elogia "voz independente" de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David …

O “Grenadier” já não vai ser português. Fabricante automóvel Ineos desiste de fábrica em Estarreja

A INEOS Automotive, empresa do ramo automóvel, transmitiu à Câmara de Estarreja que vai suspender o investimento de 300 milhões de euros numa fábrica no concelho, revelou este domingo fonte municipal. "A empresa transmitiu à Câmara …

Grécia e Austrália recuam na abertura de fronteiras. Marrocos isola cidade após recorde de casos

Grécia e Austrália anunciaram neste fim-de-semana um recuo na abertura das suas fronteiras, enquanto que Marrocos isolou uma cidade após um número recorde de novas infeções de covid-19 registadas em 24 horas. A Grécia anunciou …

Dinheiro dos pobres usado para "vida de luxo". Presidente, mulher e filha da Mão Amiga acusados

O presidente da Associação Mão Amiga, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, a mulher e a filha foram acusados pelo Ministério Público (MP) de usarem o dinheiro da instituição para pagarem uma "vida de luxo". …

Fisco tem por cobrar 15 mil milhões de euros em impostos

O Jornal Económico escreve esta segunda-feira que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem por cobrar 14.919 milhões de euros em impostos. De acordo com o diário de economia, mais de metade da dívida dos contribuintes está …

"Armada espanhola" assegura 70% do mercado das obras públicas em Portugal

As empresas espanholas estão a assegurar 70% do mercado das obras públicas em Portugal, escreve esta segunda-feira o jornal Público, citando uma análise ao Portal Base, às obras públicas acima de sete milhões de euros No …

"Oitavos" da Liga dos Campeões não vão ser jogados em Portugal

A UEFA cedeu à pressão dos clubes e decidiu que os encontros da segunda mão dos oitavos-de-final vão ser disputadas nos respetivos estádios dos clubes. Os encontros por jogar relativos aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões …

Turmas repartidas e aulas ao sábado. O que muda no novo normal do Ensino Superior

Para o regresso às aulas do Ensino Superior no próximo ano letivo, as universidades estão a preparar medidas que permitam cumprir as regras sanitárias e zelar pela aprendizagem dos seus alunos. Se tudo correr como planeado, …