Apenas uma pessoa terá a sorte de ver a Mona Lisa de perto (mas a condição não é para qualquer um)

Musée du Louvre / Wikimedia

Mona Lisa (p.), por Leonardo Da Vinci

Quem já visitou o Museu do Louvre, em França, sabe que é difícil observar detalhadamente obra de Leonardo da Vinci, pois esta encontra-se afastada do alcance do público. Porém, esta condicionante pode agora ser resolvida. Pelo menos para uma pessoa.

Entre março e julho, foram muitos os amantes de arte que esperaram com grande expectativa pela reabertura do Museu do Louvre. Quando finalmente voltou a abrir, muitas das novas regras centraram-se na nova forma como os visitantes poderiam visitar a Mona Lisa – uma das pinturas mais famosas do mundo.

Agora, numa altura crítica para vários setores do turismo, e com o objetivo de arrecadar fundos para o museu abrir uma nova instalação, o Louvre e a Christie’s estão a realizar um leilão, que já começou no dia 1 de dezembro e que se irá prolongar até dia 15, no qual os licitantes podem competir para ver mais de perto a pintura mais famosa do mundo.



Uma vez por ano, a pintura é examinada fora da sua vitrine, mas dentro do próprio Museu do Louvre. Neste sentido, o vencedor do leilão terá o privilégio de estar presente nesta ocasião, revela o Observer.

A ideia é particularmente interessante porque a pessoa que conseguir ter este privilégio, vai ser capaz de analisar detalhes e pequenos traços do retrato que os visitantes habituais não conseguem detetar.

Cécile Verdier, presidente da Christie’s, disse num comunicado que “foram muitas as pessoas capazes de entender as dificuldades que a pandemia criou nas instituições culturais, e o Louvre não é exceção”, a responsável acrescenta que “graças aos fundos arrecadados com o leilão, vai ser mais fácil promover as atividades do Louvre a públicos não familiarizados com museus”.

A ideia é interessante, mas não é para todos os bolsos. A base licitação da visita ao quadro da Mona Lisa já ultrapassa os 9 mil euros.

Os participantes do leilão irão ter também a oportunidade de comprar experiências como atravessar os telhados de Paris, ou levar para casa uma obra de arte de artistas contemporâneos como Johan Creten, Candida Höfer ou Eva Jospin.

Em qualquer um dos casos, o dinheiro será atribuído à construção de uma futura nova ala no Museu do Louvre, que deve ser inaugurada no outono de 2021 e que terá capacidade para receber com melhores condições, famílias, estudantes, indíviduos vulneráveis ​​e pessoas de mobilidade reduzida.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …