Apenas uma pessoa terá a sorte de ver a Mona Lisa de perto (mas a condição não é para qualquer um)

Musée du Louvre / Wikimedia

Mona Lisa (p.), por Leonardo Da Vinci

Quem já visitou o Museu do Louvre, em França, sabe que é difícil observar detalhadamente obra de Leonardo da Vinci, pois esta encontra-se afastada do alcance do público. Porém, esta condicionante pode agora ser resolvida. Pelo menos para uma pessoa.

Entre março e julho, foram muitos os amantes de arte que esperaram com grande expectativa pela reabertura do Museu do Louvre. Quando finalmente voltou a abrir, muitas das novas regras centraram-se na nova forma como os visitantes poderiam visitar a Mona Lisa – uma das pinturas mais famosas do mundo.

Agora, numa altura crítica para vários setores do turismo, e com o objetivo de arrecadar fundos para o museu abrir uma nova instalação, o Louvre e a Christie’s estão a realizar um leilão, que já começou no dia 1 de dezembro e que se irá prolongar até dia 15, no qual os licitantes podem competir para ver mais de perto a pintura mais famosa do mundo.

Uma vez por ano, a pintura é examinada fora da sua vitrine, mas dentro do próprio Museu do Louvre. Neste sentido, o vencedor do leilão terá o privilégio de estar presente nesta ocasião, revela o Observer.

A ideia é particularmente interessante porque a pessoa que conseguir ter este privilégio, vai ser capaz de analisar detalhes e pequenos traços do retrato que os visitantes habituais não conseguem detetar.

Cécile Verdier, presidente da Christie’s, disse num comunicado que “foram muitas as pessoas capazes de entender as dificuldades que a pandemia criou nas instituições culturais, e o Louvre não é exceção”, a responsável acrescenta que “graças aos fundos arrecadados com o leilão, vai ser mais fácil promover as atividades do Louvre a públicos não familiarizados com museus”.

A ideia é interessante, mas não é para todos os bolsos. A base licitação da visita ao quadro da Mona Lisa já ultrapassa os 9 mil euros.

Os participantes do leilão irão ter também a oportunidade de comprar experiências como atravessar os telhados de Paris, ou levar para casa uma obra de arte de artistas contemporâneos como Johan Creten, Candida Höfer ou Eva Jospin.

Em qualquer um dos casos, o dinheiro será atribuído à construção de uma futura nova ala no Museu do Louvre, que deve ser inaugurada no outono de 2021 e que terá capacidade para receber com melhores condições, famílias, estudantes, indíviduos vulneráveis ​​e pessoas de mobilidade reduzida.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …