André Ventura desconfia que o querem fora do PSD

André Ventura / Facebook

André Ventura, candidato PSD/CDS à Câmara de Loures (dir)

André Ventura, vereador da Câmara de Loures, desconfia que Rui Rio o quer fora do PSD e, por isso, pediu uma reunião urgente com o líder social-democrata para esclarecer toda a situação.

De acordo com o i, que avança a notícia nesta quarta-feira, Ventura quer ver esclarecida a situação, explicando que não pode participar num projeto onde “não é desejado”.    

“Numa conversa sobre as vozes críticas que há no partido, o dr. Rui Rio afirmou que até agradecia, e o PSD também, se eu e outros dois camaradas saíssemos”,  disse André Ventura em declarações ao diário, divulgando depois o caso no Facebook, numa publicação na qual garante que vai pedir uma reunião ainda esta semana.

Para o vereador da Câmara de Loures, Rui Rio precisa clarificar a situação pois, “a ser verdade, não posso estar num projeto em que não sou desejado muito menos em representação de uma autarquia com a dimensão da de Loures”, acrescentou André Ventura, que não quis divulgar os outros dois nomes referidos por Rui Rio.

Ventura soube da vontade do líder do partido já há vários meses através de amigos, conta o matutino. No entanto, só na semana passada – quando, em entrevista à TSF, Rui Rio convidou as vozes críticas do partido a sair – é que ficou “preocupado”.

“O que se está a passar é preocupante. O dr. Rui Rio não pode adotar um discurso de grande líder que não permite a crítica interna”, afirmou André Ventura.

Por tudo isto, André Ventura solicitou ma reunião com Rui Rio através do secretário-geral do PSD, José Silvano. “É público que temos as nossas diferenças, mas o dr. Rui Rio tem de esclarecer se dentro do PSD há, ou não, espaço para pensamentos alternativos”, prosseguiu o vereador de Louros concluindo que: “Ou remamos todos para o mesmo lado ou estamos, verdadeiramente, a perder tempo”.

Rio defende nova militância

Nesta terça-feira, e dois dias após a publicação de André Ventura, o presidente do PSD considerou que os partidos estão “profundamente descredibilizados”, defendendo que é fundamental alterar a forma de militância.

“Os partidos estão profundamente descredibilizados perante a opinião pública, acho que ela tem razão e não sabe muito bem como as coisas se passam, se soubesse ainda teria pior (opinião), temos de ter consciência disso”, afirmou Rui Rio na Maia.

Por esse motivo, o ex-autarca da Câmara Municipal do Porto referiu que os partidos têm de mudar a forma de militância ou “a cada ano o descrédito” será maior. “Temos de ter a criatividade de encontrar novas formas de militância e novas formas de participação na política”, frisou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos determinam de onde vêm os meteoritos que caem com mais frequência na Terra

Um estudo conduzido pelo astrónomo Peter Jenniskens, identificou a fonte dos meteoritos mais comuns, conhecidos como condritos L. É possível classificar os meteoritos em várias categorias pela textura e composições química e mineralógica, sendo os condritos …

Novo instrumento pode vir a detetar plantas em mundos alienígenas distantes

Um novo instrumento ótico capaz de detetar plantas a quilómetros de distância, devido à maneira única como os seres vivos refletem a luz, poderia ajudar na busca de vida no Universo distante. O protótipo do dispositivo …

Insight da NASA prepara-se para medir a temperatura interior de Marte

O "lander" InSight da agência espacial norte-americana colocou o seu segundo instrumento na superfície de Marte. Novas imagens confirmam que o HP3 (Heat Flow and Physical Properties Package) foi implantado com sucesso no dia 12 …

China proíbe estrangeiros de visitarem o Tibete em março

A China está a proibir o acesso de estrangeiros ao Tibete, durante o mês de março, quando se celebra um par de aniversários sensíveis que questionam a legitimidade da soberania chinesa naquela região dos Himalaias. Segundo …

Editor de jornal do Alabama apela a Ku Klux Klan para enforcar democratas

“É tempo de o KKK voltar a atacar à noite”. É desta forma que começa um editorial escrito pelo diretor do The Democrat-Reporter, jornal do Alabama, e que está a provocar polémica nos Estados Unidos. No …

Bastonária dos Enfermeiros solidária com líder sindical em greve de fome

A bastonária dos enfermeiros foi manifestar solidariedade para com o presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros, que entrou em greve de fome, e alertou para o risco de radicalização da luta dos enfermeiros. Ana Rita Cavaco …

PS, Bloco, PCP e PAN chumbam moção de censura do CDS-PP

A moção de censura do CDS-PP ao Governo foi hoje "chumbada" pelas bancadas do PS, BE, PCP, Verdes e PAN, contando com votos favoráveis dos democratas-cristãos e do PSD. Também o deputado não inscrito Paulo Trigo …

Câmara de Lisboa tem 18 casas para acolher vítimas de violência doméstica

A vereadora da Habitação na Câmara de Lisboa, Paula Marques, revelou que existem 18 habitações municipais para vítimas de violência de género, sendo ainda critério de discriminação positiva na atribuição de habitação municipal. "Há 18 casas …

Soldados russos proibidos de usar smartphones e redes sociais

Os soldados russos a cumprirem missões fora do país deixarão de poder levar consigo smartphones, tablets ou portáteis, proibição a que se junta a interdição de partilharem na Internet fotografias ou informação sobre a sua …

Justiça ordena compensação a habitantes de Fukushima

A justiça japonesa ordenou o pagamento de uma indemnização equivalente a 3,4 milhões de euros a residentes forçados a abandonar as suas casas no nordeste do Japão após o acidente nuclear de Fukushima, em 2011. O …