Hospital de Santo António diz que ventiladores doados pela Galp foram “desviados” para Lisboa

António Amen / Wikimedia

Hospital de Santo António, no Porto

A Galp doou 29 ventiladores que, segundo o Hospital de Santo António, seriam distribuídos por hospitais da zona Norte. No entanto, acabaram por ser enviados para Lisboa.

O Hospital de Santo António, no Porto, denuncia que os 29 ventiladores doados pela Galp terão sido “desviados” para Lisboa. O hospital terá recebido a informação que os ventiladores seriam distribuídos por hospitais da zona Norte. No entanto, acabaram por ir todos para Lisboa.

Face a esta denúncia, o presidente da Área Metropolitana do Porto (AMP), Eduardo Vítor Rodrigues, enviou um pedido de esclarecimento ao Ministério da Saúde. “Até hoje não recebemos formalmente uma resposta, mas acredito que isso venha a acontecer”, disse em declarações ao Observador.

O Ministério da Saúde esclareceu, no sábado, que “todos os mecenas, incluindo a Galp, têm liberdade de escolha sobre o destino das doações que realizam“. Apenas nos casos em que o destino não seja especificado é que a tutela os distribui segundo “critérios técnicos e de necessidade”.

Neste caso, caso isto se confirme, Eduardo Vítor Rodrigues recusa-se a criticar o Ministério da Saúde: “Se assim foi, sou incapaz de criticar o ministério, agiu bem. Temos que olhar para o país num todo”.

Vários municípios da Área Metropolitana do Porto mostraram-se interessado em criar um agrupamento para financiar a aquisição de material para responder às necessidades face ao surto de Covid-19 na região. Cada município pode disponibilizar uma verba máxima de 750 mil euros, escreve o Observador.

“O dinheiro será depois mobilizado consoante um único critério: a necessidade de cada hospital”, explica Eduardo Vítor Rodrigues. “Não é altura de estarmos a competir para ver quem é mais ou menos solidário, estamos na altura de coordenação”.

ZAP //

PARTILHAR

35 COMENTÁRIOS

  1. Isto já é um hábito. O mesmo já tinha acontecido com a TAP e os voos da Galiza.
    Portugal no seu melhor. O mundo é Lisboa!
    Esta também seria uma boa altura para repensar este conceito arcaico e parolo.

    • Como é óbvio, os ventiladores vão para onde fazem falta!
      “Portugal no seu melhor.” “O mundo é Lisboa!”
      Frases “arcaicas” e típicas de paralos – já repensavas esse “conceito”!…
      Ler as notícias antes de mandar bitaites também ajuda:
      “O ministério salientou ainda que “apenas nos casos em que o destino não seja especificado será a tutela, baseada em critério técnicos e de necessidade, a escolher o destino das doações”. Caso se confirme, Eduardo Vítor Rodrigues recusa-se a criticar a tutela e pede ponderação. “Se assim foi, sou incapaz de criticar o ministério, agiu bem. Temos que olhar para o país num todo”, sublinhou.

      Contactados pelo Observador, nem o Hospital de Santo António nem a Câmara Municipal do Porto quiseram comentar o caso.”

      • Agora sou eu a responder ao ‘eu’ . A Galp especificou e garantiu, que a doação do material tinha como destino os hospitais do Norte, que como todos sabem é a zona do país onde há mais casos de infecção, mas como sempre, os mouros governantes e outros como ‘vocelência’ acham que as coisas podem ser desvirtuados. Ganhe juízo e não seja tendencioso. Se a oferta era para o Norte, é para o Norte que tem que ir. Que se saiba Lisboa ainda não é do norte de Portugal!

        • Não sei o que Galp “especificou”, nem onde estão os ventiladores (ninguém confirmou a notícia – antes pelo contrário!) – o que sei é que devem ir para onde fazem falta, ponto!!
          Se estiver alguém a morrer por não ter ventilador no Algarve, morre só porque os 29 que estão pardos no Porto são “só” para o Norte?
          Ganha juízo e não sejas lerdo!…

            • Obrigado pelo bom senso!!
              Isto nem sequer é uma noticia pois não foi confirmada por ninguém e, mesmo quem se “queixou”, admite que não sabe se isto aconteceu ou não!
              O título à CMTV também era escusado!… mas serviu para o “indignados” de Facebook mostrarem a sua estupidez e falta de sentido crítico.
              Tudo mau!…

        • Não sou nortenho, mas se assim foi é com todo o direito e justiça que as pessoas do Norte têm o seu direito a reclamar e sentirem-se ofendidas, até porque está a ser o Norte do país a zona mais flagelada com o vírus.

      • Já vi que o eu é de Lisboa, Claro. duvidas houvesse.

        Por acaso já viu a distribuição geográfica de casos? Vá ver.

        “…baseada em critério técnicos e de necessidade, a escolher o destino das doações.”. Para mim isto é musica de “embalar”… burros.

        • O Eu! é de Viana do Castelo e trabalha nos estaleiros locais. Tinha tudo para ser um gajo porreiro. Mas não… dá para marrar em tudo…

          • Vês?
            Um diz que sou de Lisboa; outro diz que sou de Viana – e até me inventa um emprego!…
            Os meus fãs são muito criativos!…
            .
            Atenção que andam por aí mais “Eu!’s”, mas, pelas palermices que escrevem, só não os distingue que vir “tão bem” como o “desconfiado”!…

        • A sério?
          De Lisboa?!
          Só estou a centenas de km’s…
          A “ver” assim tão bem, não admira que só escrevas dispatates!…
          .
          Quais casos, oh alminha?
          Infetados é uma coisa; com necessidade de ventilador é outra!…
          Faltou algum ventilador na zona do Porto?
          Não?
          Então continua embalado pela “musica”!…

      • Os mouros tem de ter tudo, mesmo que sejam uns parasitas que vivem do dinheiro gerado pelo resto do pais!!!

        Há que manter os Mamadou e Joacines pq e cool e dá direito a likes no Facebook… mas na realidade ninguém os quer por perto!!!

  2. Grandes bandidos! Homens do Porto, chamem a polícia, porque o material foi mandado roubar pelos governantes para que, se alguém da ”familygate’ apanhar o ‘Covid’ estão prevenidos com o material ‘desviado’ do Porto, para se tratarem! Quem rouba ou manda roubar, são ambos ladrões!

  3. A sério?
    De Lisboa?!
    Só estou a centenas de km’s…
    A “ver” assim tão bem, não admira que só escrevas dispatates!…
    .
    Quais casos, oh alminha?
    Infetados é uma coisa; com necessidade de ventilador é outra!…
    Faltou algum ventilador na zona do Porto?
    Não?
    Então continua embalado pela “musica”!…

    • E em Lisboa? Faltou algum? E turistas da Galiza? Também faltavam por lá para a TAP desviá-los do aeroporto do Porto?
      Tem juízo!

      • Oh anjinho… tu sabes interpretar as notícias?
        Se é que se pode chamar notícia a isto – na verdade, não passa der um boato sem qualquer confirmação!!
        Quem disse que foram para Lisboa?
        Ou sequer que saíram do Porto??
        Pois… manda-se o barro ao ar e lá vem os “indignados” disparatar!
        Olha lá:
        “Contactados pelo Observador, nem o Hospital de Santo António nem a Câmara Municipal do Porto quiseram comentar o caso.”

        • És mesmo muito lerdo.
          E só porque não comentaram deixa de ser verdade. Deixa-te andar que andas bonito.
          PS: Quanto aos galegos, que tu bem conheces, continuas sem referir puto.

          • O que é uma verdade indiscutível é que tu não deves muito à inteligência!…
            Ler é uma coisa: ler e ter capacidade para compreender, é outra….
            Esta “notícia” digna de “alerta CMTV” pode ser verdade?
            Pode!
            Há alguma coisa na notícia que aponte para que seja verdade?
            Nada, ZERO!!!
            Dos “envolvidos” ninguém se queixou e quem “se queixou” confessa que não sabe não sabe se realmente aconteceu!…
            Se mesmo assim não conseguires atingir o óbvio, tenho mais más notícias para ti…
            .
            Nem sei que estoria é essa dos voos para a Galiza, mas nunca vi nenhum galego precupado em voar para o Porto, nem ninguém do norte precupado em voar para a Galiza!
            Já para não falar da mais do que certa falta de viabilidade económica desses voos!…
            Mas põe tu um avião a fazer esse trajecto e depois anda cá contar como correu!…

            • Patetices…
              E quanto ao teu desconhecimento dos voos da TAP desviando passageiros galegos do Porto diretamente para Lisboa só demonstra bem o quão distraído és.

            • Ó Eu!… e tu deste algum argumento, para além do teu manifesto atraso intelectual e profundo desconhecimento da realidade do país?!
              Vou fazer-te um favor. Vou admitir que és apenas distraído.

  4. ”…foram doados para distribuição por hospitais da zona norte..” não é preciso ter um QI elevado para entender o que aconteceu ou acredita que em LX surgiram 29 necessidades de ventilação do nada?
    Se existem mais infetados a norte não é previsivel que venha a haver a necessidade de mais pessoas ventiladas nesta zona? Como é, e por quem é efetuada a gestão?
    Em diversas áreas (se não todas) a região norte, centro, alentejo e algarve (já nem envolvo as ilhas) saem sempre a perder. Claro que volta e meia lá atiram um rebuçado para sossegar a malta do norte, no entanto essa tolerância poderá acabar em breve, se o governo não deixar de ser de Lisboa para ser o de Portugal.

  5. Não sei o que Galp “especificou”, nem onde estão os ventiladores (ninguém confirmou a notícia – antes pelo contrário!) – o que sei é que devem ir para onde fazem falta, ponto!!
    Se estiver alguém a morrer por não ter ventilador no Algarve, morre só porque os 29 que estão pardos no Porto são “só” para o Norte?
    Ganha juízo e não sejas lerdo!…

  6. Começa a guerra dos tronos, se em Leiria ainda não faziam falta porque não deveria ir para onde fizessem falta? Fossem para Lisboa ou Porto isso não me preocupa, mas preocupa-me é haver falta de ventiladores num Hospital e em outro eles estarem parados quando podem ir salvar vidas seja lá em que ponto do País for, e sou de Leiria, por causa destas guerrinhas que o País não sai da MERDA

  7. Não especificando são para o todo, embora a ARS Norte (o que é uma clara especificação) não contemple o todo o Min Saúde achou que ARS Norte é em ARS Lisboa e Vale do Tejo, afinal é lá que moram os governantes, o Chico espertismo habitual do quem parte é reparte… Mas mais que isso, nem sequer repartiram, levaram a totalidade quando a ARS Norte tem muito mais casos, e a isso não sei que nome dar.

  8. Atenção que andam por aí uns cruzados saídos da Idade das Trevas a ter pesadelos com mouros! Há que ter em conta que são descontextualizados e que, portanto, não se pode argumentar com eles usando conhecimentos e conceitos do século XXI.

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …

Luso-canadiano quer criar 25 murais dedicados a Amália Rodrigues

Um português a residir no Canadá pretende criar uma “aldeia global virtual” das comunidades portuguesas espalhadas nos vários cantos do mundo, um projeto que envolve a colocação de 25 murais dedicados à fadista Amália Rodrigues. “O …

MP e BdP pedem manutenção de coima a Salgado no processo da compra de ações da ESFG

O Ministério Público e o Banco de Portugal pediram, esta segunda-feira, ao Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão, que mantenha a coima de 75 mil euros aplicada ao ex-presidente do BES no processo da compra …