Nove deputados aliados de Guaidó denunciados por corrupção

Rayner Peña / EPA

O Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó

Uma investigação jornalística divulgada no domingo revelou que nove deputados aliados do autoproclamado Presidente interino da Venezuela envolveram-se em práticas de corrupção. Dias antes, o embaixador venezuelano na Colômbia, demitido por Juan Guaidó, acusou representantes deste último de má gestão.

A investigação, realizada pelo Armando.Info e citada esta terça-feira pelo Expresso, expõe práticas de corrupção dos nove deputados, que terão agido em favor do empresário colombiano Carlos Lizcano, vinculado a um programa do Presidente eleito, Nicolás Maduro, para a distribuição de alimentos subsidiados.

Carlos Lizcano é identificado como “subalterno” de dois empresários colombianos, Alex Saab e o sócio Álvaro Pulido. Estes foram indiciados em julho nos Estados Unidos (EUA) pela prática de preços excessivos nas importações de alimentos para os Comités Locais de Abastecimento e Produção (CLAP), enfrentando acusações por lavagem de dinheiro.

De acordo com a investigação do portal, os nove deputados fizeram pedidos de “indulgência” às autoridades da Colômbia e dos EUA para Carlos Lizcano, considerando que este não esteve envolvido nos crimes de Alex Saab e de Álvaro Pulido.

“Não permitirei que a corrupção ponha em risco tudo o que sacrificámos. Não vamos encobrir os crimes de ninguém. Nem do regime nem de um pequeno grupo de imorais”, reagiu Juan Guaidó, citado pela France-Presse.

Na sexta-feira, depois de ter sido demitido pelo Presidente interino do cargo de embaixador na Colômbia, Humberto Calderón Berti acusou os alguns dos seus representantes de má gestão de recursos. Esses recursos estariam destinados à manutenção de 148 soldados que desertaram em fevereiro, em apoio ao Governo interino, e que fugiram para a Colômbia.

“As autoridades colombianas alertaram-me e mostraram-me documentos sobre prostitutas, bebidas alcoólicas, coisas impróprias”, disse o diplomata.

Popularidade em queda

No sábado, em carta endereçada a Juan Guaidó, o deputado Freddy Superlano renunciou à presidência da Comissão Permanente de Controladoria da Assembleia Nacional para “facilitar as investigações”. No dia seguinte, os dois principais partidos da oposição excluíram das suas bancadas cinco dos deputados citados na investigação jornalística.

Nesta altura, continuou a France-Presse, Juan Guaidó – que se autoproclamou Presidente a 23 de janeiro – está a tentar reativar os protestos contra Nicolás Maduro. A sua popularidade, que já esteve nos 63%, ficou-se em outubro pelos 42%. A 05 de janeiro, termina o seu mandato à frente do Parlamento.

Nicolás Maduro resiste com o apoio de um setor da população, dos militares e de países como Cuba, Rússia e China.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Guiadozinho lacaio dos interesses dos EUA. Não és melhor nem pior que Maduro. Cada um no seu estilo de sacanice. Só que o Guaidozinho não foi eleito de todo. O outro ainda assim foi eleito e tem apoio de grande parte da população. Pena foi Chavez ter morrido porque esse sim, era um estadista que fez muito bem à Venezuela (não às elites exploradoras do povo, claro). Maduro ao pé dele é uma besta quadrada.

Numa verdadeira cena à James Bond, homem foge do FBI numa scooter subaquática

Um americano que estava a ser procurado por um suposto envolvimento num esquema de fraude, foi preso na passada segunda-feira, dia 16, após usar uma "scooter marítima" subaquática para tentar fugir do FBI. Quem assistiu ao …

Após quase terem sido extintas, baleias azuis estão a voltar à Geórgia do Sul

A baleia azul regressou às águas em torno da ilha Geórgia do Sul, quase um século depois de este animal ter sido quase extinto pela caça industrial. A remota ilha Geórgia do Sul, perto da Antártida, era …

Manuscritos de "A Origem das Espécies" divulgados online pela primeira vez

Duas páginas originais do rascunho manuscrito de "A Origem das Espécies", de Charles Darwin, foram divulgadas online pela primeira vez. Além disso, foram ainda publicadas cartas e notas de leitura nunca antes vistas. Os documentos foram …

Os videojogos podem ser bons para o bem-estar pessoal, sugere estudo

De acordo com um novo estudo que analisou o comportamento de jogadores e dados fornecidos por empresas de videojogos, o tempo gasto a jogar pode ser bom para o bem-estar pessoal. A Electronic Arts e a …

A MINI criou uma van perfeita que foi pensada para relaxar, usufruir e conviver

A marca de automóveis MINI apresentou o projeto do Vision Urbanaut. Este veículo é uma van completamente moderna e sustentável, pois oferece mais espaço interior e versatilidade, e ainda deixa uma pegada ecológica mínima. Esta van …

Covid-19. Angela Merkel alerta sobre plano de vacinação para países mais pobres

A chanceler alemã, Angela Merkel, alertou os líderes dos países mais desenvolvidos que o progresso no desenvolvimento de um sistema de distribuição de vacinas para nações mais necessitadas tem sido lento e que essa questão …

Explosão em Beirute. Danos segurados rondam mil milhões

As vítimas da explosão que destruiu o porto de Beirute e área circundante, em agosto, apresentaram um total de 14.921 reclamações de seguro, totalizando danos segurados estimados em perto de 1,62 biliões de libras libanesas …

Centenas de pessoas que morreram de covid-19 em Nova Iorque continuam em camiões frigoríficos

Muitos destes cadáveres, que continuam em camiões frigoríficos, são de pessoas cujas famílias não puderam ser localizadas ou que não podem cobrir os custos do enterro. De acordo com o The Wall Street Journal, cerca de …

Bolsonaro responsabiliza estados e municípios por não usarem testes

Mais de 6,8 milhões de testes RT-PCR, adquiridos pelo Ministério da Saúde brasileiro, perderão a validade entre dezembro deste ano e janeiro de 2021. O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, direcionou para estados e municípios a responsabilidade …

Médico presente na sala de emergência revela detalhes da morte de John F. Kennedy

Um médico que estava presente na emergência do Parkland Memorial Hospital, para onde John F. Kennedy (1917-1963) foi transferido depois de ser baleado numa visita política ao estado do Texas, revelou novos detalhes sobre a …