Nove deputados aliados de Guaidó denunciados por corrupção

Rayner Peña / EPA

O Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó

Uma investigação jornalística divulgada no domingo revelou que nove deputados aliados do autoproclamado Presidente interino da Venezuela envolveram-se em práticas de corrupção. Dias antes, o embaixador venezuelano na Colômbia, demitido por Juan Guaidó, acusou representantes deste último de má gestão.

A investigação, realizada pelo Armando.Info e citada esta terça-feira pelo Expresso, expõe práticas de corrupção dos nove deputados, que terão agido em favor do empresário colombiano Carlos Lizcano, vinculado a um programa do Presidente eleito, Nicolás Maduro, para a distribuição de alimentos subsidiados.

Carlos Lizcano é identificado como “subalterno” de dois empresários colombianos, Alex Saab e o sócio Álvaro Pulido. Estes foram indiciados em julho nos Estados Unidos (EUA) pela prática de preços excessivos nas importações de alimentos para os Comités Locais de Abastecimento e Produção (CLAP), enfrentando acusações por lavagem de dinheiro.

De acordo com a investigação do portal, os nove deputados fizeram pedidos de “indulgência” às autoridades da Colômbia e dos EUA para Carlos Lizcano, considerando que este não esteve envolvido nos crimes de Alex Saab e de Álvaro Pulido.

“Não permitirei que a corrupção ponha em risco tudo o que sacrificámos. Não vamos encobrir os crimes de ninguém. Nem do regime nem de um pequeno grupo de imorais”, reagiu Juan Guaidó, citado pela France-Presse.

Na sexta-feira, depois de ter sido demitido pelo Presidente interino do cargo de embaixador na Colômbia, Humberto Calderón Berti acusou os alguns dos seus representantes de má gestão de recursos. Esses recursos estariam destinados à manutenção de 148 soldados que desertaram em fevereiro, em apoio ao Governo interino, e que fugiram para a Colômbia.

“As autoridades colombianas alertaram-me e mostraram-me documentos sobre prostitutas, bebidas alcoólicas, coisas impróprias”, disse o diplomata.

Popularidade em queda

No sábado, em carta endereçada a Juan Guaidó, o deputado Freddy Superlano renunciou à presidência da Comissão Permanente de Controladoria da Assembleia Nacional para “facilitar as investigações”. No dia seguinte, os dois principais partidos da oposição excluíram das suas bancadas cinco dos deputados citados na investigação jornalística.

Nesta altura, continuou a France-Presse, Juan Guaidó – que se autoproclamou Presidente a 23 de janeiro – está a tentar reativar os protestos contra Nicolás Maduro. A sua popularidade, que já esteve nos 63%, ficou-se em outubro pelos 42%. A 05 de janeiro, termina o seu mandato à frente do Parlamento.

Nicolás Maduro resiste com o apoio de um setor da população, dos militares e de países como Cuba, Rússia e China.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Guiadozinho lacaio dos interesses dos EUA. Não és melhor nem pior que Maduro. Cada um no seu estilo de sacanice. Só que o Guaidozinho não foi eleito de todo. O outro ainda assim foi eleito e tem apoio de grande parte da população. Pena foi Chavez ter morrido porque esse sim, era um estadista que fez muito bem à Venezuela (não às elites exploradoras do povo, claro). Maduro ao pé dele é uma besta quadrada.

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …