“Vencemos novamente o vírus”, diz primeira-ministra da Nova Zelândia

worldeconomicforum / Flickr

Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia

A primeira-ministra Jacinda Ardern declarou na segunda-feira que a Nova Zelândia “venceu o vírus novamente” e anunciou que as restrições na maior cidade do país seriam reduzidas, depois de uma segunda vaga da covid-19 ter sido contida.

De acordo com a agência France-Presse, acredita-se que o vírus tenha sido erradicado no país no final de maio, depois de um bloqueio nacional rigoroso que fez com que os neozelandeses não registassem contágios durante 102 dias. Com um novo surto em Auckland em agosto, a cidade foi novamente fechada, por quase três semanas.

Agora, sem novos casos confirmados em Auckland há 12 dias, a primeira-ministra afirmou que o vírus estava sob controle e congratulou os cidadãos por suportarem o segundo bloqueio. “Os habitantes de Auckland e da Nova Zelândia seguiram o plano, que funcionou duas vezes agora, e venceram o vírus novamente”, sublinhou.

Na quarta-feira, Ardern indicou que Auckland se juntaria ao resto da Nova Zelândia no nível um, a classificação mais baixa no sistema de alerta de vírus de quatro níveis do governo. Com esta mudança, passa a não haver restrições quanto a reuniões sociais.

A Nova Zelândia registou 25 mortes por covid-19, numa população de cinco milhões, com 40 casos ativos no país na segunda-feira.

Ardern, que enfrenta uma eleição a 17 de outubro, advertiu que o sucesso não pode ser dado como garantido, apontando para uma queda na utilização da aplicação de rastreamento oficial da covid-19 e no número de testes.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.