Valls candidato do partido de Macron nas legislativas. “PS está morto”

Webstern Socialiste / Flickr

Manuel Valls, primeiro-ministro da França

Manuel Valls, primeiro-ministro da França

O ex-primeiro-ministro socialista francês anunciou, esta terça-feira, que vai ser candidato às legislativas de junho pelo novo partido do presidente eleito, Emmanuel Macron, sublinhando que o Partido Socialista “não tem futuro”.

“Os velhos partidos estão a morrer ou estão mortos”, afirmou Manuel Valls numa entrevista à estação de rádio da cadeia RTL. “Este Partido Socialista está morto. Ficou para trás, não representa a sua história e os seus valores”, disse ainda.

O ex-primeiro ministro acrescentou que vai ser “candidato da maioria presidencial”, através do “La République en Marche”, o novo partido recentemente constituído por Macron, que serviu de base política às presidenciais do passado domingo e que inicialmente se chamava apenas “En Marche”.

Emmanuel Macron, um candidato centrista, venceu no domingo a segunda volta das presidenciais francesas, com 66,1% dos votos, derrotando a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen (33,9%). De acordo com as sondagens, a abstenção ter-se-á situado nos 25,3%, a maior taxa numa segunda volta em eleições presidenciais desde 1969.

O jovem político, de 39 anos, tornou-se o presidente mais jovem da história de França desde Luis Napoleão Bonaparte (1848-1852), sobrinho de Napoleão Bonaparte, presidente aos 40 anos de idade.

No discurso da vitória, o novo chefe de Estado pediu votos nas legislativas, que se realizam em junho, para construir uma maioria verdadeira e forte, a maioria da mudança que o país aspira.

O presidente francês, François Hollande, anunciou esta segunda-feira que a tomada de posse do presidente eleito se realiza no domingo.

O seu programa é de inspiração social-liberal, prometendo reconciliar “liberdade e proteção”, reformar o subsídio de desemprego, criar apoios para os jovens de bairros desfavorecidos e “olhar para a classe média”, “esquecida pela direita e pela esquerda”.

O seu discurso, politicamente transversal, agrada sobretudo aos jovens urbanos e aos empresários, mas não é popular junto das classes populares, sobretudo rurais, pela globalização que defende.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Como o PS francês está morto alguns agora como este senhor e o próprio Macron tentam-se refugiar num novo partido para salvar a pele como políticos, por cá vejo por aí muita gente calada acerca do assunto que costumam vir logo à baila a fazer comparações quando a coisa lhes corre ao jeito.

  2. Tem toda a razão, mudam o nome do partido, mas como não podem perder o tacho, porque não sabem fazer mais nada, as pessoas são as mesmas, a incompetência mantem-se.
    Uiii se fosse um partido mais à direita a fazer o que estes fazem o que não faltaria, já era abertura de tele jornais…. enfim criou-se um sistema que só serve ao compadrio que eles criaram.
    E nós estamos a deixar… isso é que é grave

    • Portugal, como país mais atrasado da Europa, ainda tem um PS mais morto que vivo. Até ainda tem uns comunistas na Assembleia, quando pela Europa fora já foram todos varridos!!!

  3. Valls, que nas primárias levou logo no toutiço, junta-se agora a outro grupelho. Se fosse algum ps que tivesse ganho lá ia o costa beijar-lhe o anel… Outro tal como o hollande, que o soares tanto elogiou!!!

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …