Resultados preliminares mostram que vacina Sputnik V tem eficácia de 92%

PAHO / WHO

A primeira análise de dados provisória da terceira fase dos ensaios clínicos realizados na Rússia revelou que a taxa de eficácia da vacina contra a covid-19 Sputnik V é de 92%.

Segundo o site oficial da vacina russa, “a eficácia da Sputnik V equivaleu a 92%, um cálculo com base nos 20 casos confirmados de covid-19 divididos entre indivíduos que foram vacinados e aqueles que receberam o placebo”.

“A eficácia foi comprovada com base na primeira análise de dados provisória obtida 21 dias depois de 16 mil voluntários terem recebido a primeira injeção”, acrescenta a mesma nota, ressalvando que “não houve eventos adversos inesperados durante os ensaios”.

“O estudo não revelou quaisquer eventos adversos inesperados. Alguns dos vacinados apresentaram eventos adversos de curto prazo, como dor no local da injeção, síndrome semelhante à gripe, incluindo febre, fraqueza, fadiga e dor de cabeça”, revelou a análise.

Atualmente, 40 mil voluntários estão a participar nos ensaios clínicos da Fase III da vacina russa, dos quais mais de 20 mil foram vacinados com a primeira dose e mais de 16 mil com a primeira e a segunda doses, pode ler-se no mesmo comunicado.

Além de estar a ser testada em território russo, esta vacina também está a ser testada na Bielorrússia e deverão começar em breve ensaios clínicos nos Emirados Árabes Unidos, Venezuela e Índia.

Mikhail Murashko, ministro da Saúde russo, congratulou-se com estes resultados. “O uso da vacina e os resultados dos ensaios clínicos demonstram que é uma solução eficaz para impedir a propagação da infeção do coronavírus, uma ferramenta de saúde preventiva, e esta é a forma mais bem-sucedida de derrotar uma pandemia.”

A publicação dos resultados provisórios “demonstram de forma convincente a eficácia da vacina Sputnik V, o que possibilita o início da vacinação em massa na Rússia contra a covid-19 nas próximas semanas”, declarou, por sua vez, Aleksandr Gintsburg, diretor do Centro Gamaleya.

De acordo com a agência Sputnik News, depois da publicação destes resultados, a vice-primeira-ministra russa, Tatiana Golikova, informou que estão a planear produzir, ainda este mês, 500 mil doses da vacina.

Já no próximo ano, espera-se a produção de 1,5 milhões em janeiro, três milhões por mês a partir de fevereiro e seis milhões a partir de abril, acrescentou.

O anúncio da eficácia da vacina russa foi feito dois dias depois de a farmacêutica norte-americana Pfizer, que está a trabalhar com a alemã BioNTech, ter revelado que os dados provisórios da sua vacina indicaram uma eficácia de 90%.

Em agosto deste ano, a Rússia tornou-se o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus. Na terça-feira, o Presidente russo, Vladimir Putin, garantiu que todas as vacinas contra a covid-19 desenvolvidas pelo país são eficazes, acrescentando que irá ser registada em breve uma terceira, recorda o jornal Público.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Agora é a competição das vacinas. Tenham juízo isso sim, é andar a brincar c a vida / saúde da pessoas.
    Venham a publico somente quando tiverem tudo preto no branco. Não é andar no disse que disse.

      • Não tenho bem a certeza mas lá em casa tenho uma vacina… que tenho tomado com bastante regularidade desde o confinamento e aparentemente tem gerado resultados fantásticos. É o vinhotol. Recomendo.

RESPONDER

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …

China inicia nova edição do festival de carne de cão em Yulin

Coincidindo com o solstício de verão, iniciou na segunda-feira em Yulin, no sul da China, o festival em que os participantes comem carne de cão. Segundo os moradores daquela zona, as autoridades suspenderam recentemente as viagens …

Variante Delta representa 90% de casos na UE até final de agosto e mais mortes

A variante Delta do SARS-CoV-2 representará 90% das novas infeções na Europa até final de agosto e um aumento nos internamentos e mortes, estimou esta quarta-feira o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças …

Suécia 3 - 2 Polónia | Só Lewandowski não chega

Já apurada, a Suécia venceu esta quarta-feira a Polónia, de Paulo Sousa, por 3-2, com Emil Forsberg (02 e 59 minutos) e Viktor Claesson (90+4) a marcarem para os suecos e Robert Lewandowski (61 e …