Vacina pode estar disponível no Reino Unido a partir de setembro, diz farmacêutica

O presidente executivo da empresa farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca, Pascal Soriot, disse no domingo que os britânicos poderão ter acesso a uma vacina contra o novo coronavírus a partir de setembro, caso os testes clínicos prossigam.

O diretor francês da farmacêutica, com sede em Cambridge, no Reino Unido, afirmou que os cidadãos daquele país estarão entre os primeiros a receber as doses, a partir do outono, em declarações à BBC News, citadas pelas agências Efe e Lusa.

“Recebemos um pedido do Governo britânico para fornecer 100 milhões de doses da vacina, e essas serão enviadas para os britânicos”, referiu Pascal Soriot durante um programa no canal público de televisão.

Na sexta-feira, a universidade de Oxford começou a recrutar mais de 10 mil voluntários no Reino Unido para as novas fases de testes clínicos a uma vacina que está a desenvolver contra a covid-19.

Depois de, numa primeira fase iniciada em abril, terem sido realizados testes de segurança em centenas de pessoas, as próximas duas fases vão ocorrer em várias partes do país e envolver até 10.260 voluntários com mais faixas etárias, incluindo entre os 5 e 12 anos e mais de 56 anos.

Na primeira fase foram excluídos voluntários mais velhos por pertencerem aos grupos de risco devido a uma mortalidade mais elevada na respetiva faixa etária.

As próximas fases visam saber o grau de eficácia da vacina e potenciais efeitos secundários e vai ser dada prioridade a pessoas com maior risco de exposição ao vírus, como profissionais de saúde ou trabalhadores de profissões críticas com atendimento ao público.

O projeto de investigação em curso pela universidade de Oxford recebeu um investimento de 20 milhões de libras (22 milhões de euros) por ter formalizado uma parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

No domingo, o diretor Pascal Soriot, disse que o acesso dos britânicos à vacina dependerá do trabalho dos especialistas estar concluído, antes que os níveis de transmissão continuem a baixar. “A vacina tem de funcionar e essa é uma questão. A outra é, mesmo que funcione, temos de ser capazes de o demonstrar”, admitiu.

As declarações de Soriot surgem na sequência das afirmações de um dos responsáveis no projeto que está a desenvolver a vacina, publicadas este domingo no Sunday Telegraph. O investigador defendeu que face à redução da taxa de transmissão da covid-19 na comunidade, os testes em curso poderão ter só 50% de sucesso.

Segundo o professor Adrian Hill, diretor do Instituto Jenner, se a propagação do vírus for muito lenta, não serão infetados voluntários suficientes e o estudo poderá não demonstrar, definitivamente, e se a vacina é eficaz.

O especialista lembrou que já tinha alertado para a possibilidade, com 80% de sucesso, de ser desenvolvida uma vacina eficaz antes de setembro.

“Mas, no momento, há 50% de chance de não obter resultados. Estamos na estranha posição de querer que o covid-19 permaneça, pelo menos por um tempo. Por esse motivo, os especialistas precisam de avançar o mais rápido possível antes que a doença desapareça para demonstrar que a vacina é eficaz”, observou, citado pela Efe.

ZAP Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Se o Planeta 9 existir, pode não estar onde pensamos

Uma equipa de astrónomos conseguiu obter novas informações sobre o Planeta 9 que podem significar que a sua órbita é muito mais elíptica do que o previsto. Konstantin Batygin e Michael Brown, do California Institute of …

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …