“O Urso da Sibéria” chegou à Europa e já causou pelo menos dez mortos

Angelo Carconi / EPA

Neve em Roma

Coliseu de Roma coberto pela neve

A vaga de frio siberiano que atinge o continente europeu deve acentuar-se esta terça-feira, depois de ter causado pelo menos dez mortos nos últimos três dias.

Em França, três pessoas sem-abrigo foram encontradas mortas no domingo em Valence (sudeste) e um outro, na sexta-feira, na região parisiense.

As temperaturas glaciais, agravadas por um vento de nordeste, devem alcançar esta terça-feira 10 graus negativos (com uma sensação térmica de 18 graus negativos). Esta terça e quarta-feira devem ser os dias mais frios em França, onde não se registavam estas temperaturas desde 2005.

Em Bruxelas, Bélgica, com temperaturas entre -10ºC e -15ºC, foi ordenada a detenção administrativa de pessoas que não vão voluntariamente para os abrigos, uma medida já aplicada a dez sem-abrigo.

Na capital italiana, Roma, uma fina camada de neve cobriu as ruas, ao fim de seis anos, obrigando ao encerramento de escolas. Na região de Veneza, Dolina Campoluzzo, situada a uma altitude de 1.768 metros, registou no domingo 40 graus negativos, devido a um microclima.

Na Alemanha, no topo do Zugspitze (2.962 metros), a montanha mais alta daquele país, os termómetros desceram na noite de domingo até aos -27ºC. Em Berlim, onde perto de três mil pessoas vivem nas ruas, os refúgios correm o risco de ficar sobrelotados.

As temperaturas baixaram para os 23 graus negativos em Tamsweg, perto de Salzburgo (oeste). O rio Danúbio está congelado em algumas partes.

Nas Canárias, na ilha de Tenerife, oito turistas alemãs tiveram de passar a noite de domingo numa gruta devido à chuva e vento fortes, antes de terem sido socorridos por via marítima. Novecentos outros turistas foram forçados a passar a noite nos hotéis, por causa dos desvios dos voos.

Em Sófia, capital da Bulgária, a temperatura mínima é de sete graus negativos e os serviços meteorológicos emitiram alerta laranja (o segundo mais grave) para duas regiões do sul, próximas da Grécia. O tráfego no aeroporto da capital está a sofrer perturbações.

Na Roménia, um homem de 65 anos foi encontrado morto no exterior da sua casa. A circulação de vários comboios foi interrompida por causa da neve e escolas por todo o país devem permanecer hoje fechadas.

Outro acontecimento raro verificou-se na costa do Adriático, onde nevou. Na segunda-feira, a capital da Croácia, Zagreb, os termómetros chegaram aos dez graus abaixo de zero.

Esta vaga de frio, denominada “O Urso da Sibéria”, deve culminar na quinta-feira com uma temperatura sentida de 17 graus negativos, segundo o Instituto Meteorológico.

A neve está a atingir o leste de Inglaterra e os serviços meteorológicos emitiram alertas até quarta-feira, inclusive. Esta semana deverá ser a “mais fria” dos últimos anos.

Em Estocolmo, as temperaturas rondam os cinco graus negativos e chegam aos -20ºC em Östersund, um destino de esqui.

Na Suécia, a neve perturbou na segunda-feira o tráfego no aeroporto de Arlanda, na capital, e os comboios ficaram bloqueados no oeste.

Quatro pessoas morreram desde sexta-feira, elevando a 48 o número de mortos causados pelo frio desde novembro.

Três pessoas morreram nos últimos três dias, segundo a agência Baltic News Service, com sede na Estónia.

Na Rússia, registaram-se temperaturas “anormalmente frias” no centro do país e em Moscovo, oscilando entre os -14ºC e os -24ºC, esperando-se um “pico de frio”.

Três distritos portugueses com aviso laranja

Em Portugal, os serviços meteorológicos emitiram avisos laranja para três distritos – Bragança, Vila Real e Guarda – devido à queda de neve acima dos 400/600 metros. A chuva, vento e agitação marítima motivam o mesmo aviso na Madeira.

A queda de neve acima dos 400 ou 600 metros deixa os distritos de Bragança e Vila Real sob aviso laranja entre as 18h00 de hoje e as 06h00 de quarta-feira, alertou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Na Guarda, é a queda de neve acima dos 400 metros que motiva este aviso durante o dia de hoje, entre as 09h00 e as 15h00.

A agitação marítima motivará um aviso laranja em Setúbal, Beja e Faro (costa ocidental), onde se registarão ondas de sudoeste com 5 a 6,5 metros de altura, podendo chegar a 12 metros de altura máxima, entre as 18h00 de quarta-feira e as 21h00 de quinta-feira.

Já na costa sul algarvia, o mesmo aviso estará em vigor por ondas de sudoeste com 5 a 6 metros, podendo chegar aos 12 metros de altura, em especial no barlavento, entre as 03h00 e as 15h00 de quinta-feira.

Já no arquipélago da Madeira, o IPMA colocou sob o segundo aviso mais grave a costa norte, sul e regiões montanhosas devido a “períodos de chuva, por vezes forte”, com “condições favoráveis à ocorrência de trovoada”, a partir das 06:00 e até às 15:00 de hoje.

Nas regiões montanhosas, está em vigor um aviso laranja devido a vento com rajadas até 130 quilómetros/hora entre as 03h27 de hoje até as 03h00 de quinta-feira.

Para a costa sul, há um alerta laranja para quarta-feira (a partir das 09h00) até quinta-feira (03h00) devido a vento forte de sudoeste com rajadas até 100 quilómetros/hora.

O Porto Santo estará sob o mesmo alerta na quarta e na quinta-feira (até às 12h00) devido a agitação marítima, com ondas de oeste/sudoeste com 5 a 7 metros, podendo chegar a 14 metros de altura.

As ilhas dos Açores estão, ao longo do dia de hoje, sob aviso amarelo devido a chuva “temporariamente forte”, trovoada, agitação marítima e vento.

O IPMA colocou todo o restante território continental e ilhas sob avisos amarelos diversos até quinta-feira, devido a chuva, neve, vento e agitação marítima.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …

Depois do balde de água fria da pandemia, Israel vai ficar melhor do que nunca. Tudo pelos turistas

Israel está fechado em casa e viajar para este país não faz parte dos planos de muitas pessoas. No entanto, este período de acalmia pode mesmo ser o melhor momento para planear uma viagem - …

Menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais e menos 151 mil cirurgias em 2020

No ano em que a pandemia chegou a Portugal, houve menos 151 mil cirurgias e menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais públicos. A covid-19, que chegou a Portugal a 2 de março de 2020, obrigou …

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …