Um em cada dez funcionários escolares está de baixa

Um em cada dez funcionários escolares está de baixa médica. A Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escola Públicas acha “irrealista” a legislação que define os funcionários necessários.

Segundo um inquérito da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), um em cada dez funcionários escolares está de baixa médica. A associação considera “irrealista” a legislação que define os funcionários necessários.

O inquérito foi realizado entre os dias 14 e 20 de fevereiro junto das escolas sobre assistentes operacionais (AO) e assistentes técnicos (AT) ao qual responderam 192 diretores, ou seja, “25% do universo das escolas do continente”, explicou à Lusa o presidente da associação, Filinto Lima.

De acordo com o responsável, 83% dos diretores escolares queixa-se da falta de funcionários e, segundo contas da ANDAEP, seriam precisos quase mais quatro mil funcionários para as escolas poderem funcionar normalmente.

No período em análise, “quase dez por cento dos funcionários estavam de baixa médica”, alertou Filinto Lima, que sublinhou ainda que o estudo confirmou o alerta lançado pelos diretores da falta de funcionários.

Segundo o inquérito, dos 7.301 assistentes operacionais colocados naquelas escolas, 702 estavam “incapacitados para desempenhar as suas funções”. Como principais razões para a escassez de assistentes operacionais, o relatório aponta as baixas médicas de longa duração e a idade avançada de alguns trabalhadores.

Além disso, as escolas deparam-se com funcionários com relatórios médicos que definem que têm de desempenhar serviços moderados, licenças sem vencimento e trabalhadores em meia jornada. “Óbitos, aposentações e rescisões” foram outras das razões apontadas pelos diretores para a escassez de assistentes operacionais.

O não cumprimento do rácio definido na legislação também aparece nesta lista: Dos 7.445 assistentes operacionais que aquelas escolas deveriam ter, estavam colocados apenas 7.301. No entanto, mesmo que fosse cumprida a legislação, os diretores consideram que continuariam a ter problemas, já que os rácios “são irrealistas, porque não preveem vários critérios”, explicou Filinto Lima.

Segundo os diretores não é tido em conta a dimensão das escolas, os diversos serviços ou a necessidade de acompanhamento permanente de alunos que precisam de auxílio permanente, “pois não são autónomos para comer, tomar banho, utilizar a casa de banho, deslocar-se para as salas”, especifica o estudo da ANDAEP.

Escolas dispersas geograficamente ou com necessidade de vigilância, estabelecimentos de que têm ensino noturno e desdobramento de horários são outras das realidades escolares que os diretores dizem não estar previstas nos rácios. O problema estende-se também aos assistentes técnicos, ou seja, aos funcionários que trabalham nas secretarias.

Os diretores dizem que a legislação não contabiliza o número de crianças do pré-escolar e de alunos do 1.º Ciclo para cálculo do rácio e que o rácio fica aquém das efetivas necessidades e colocações.

Dos 1.829 funcionários que as escolas deveriam ter, estavam colocados apenas 1.691, sendo que destes havia 168 assistentes que estavam incapacitados para desempenhar as suas funções (cerca de 10% do total). As principais razões para a falta de AT voltam a ser as baixas médicas de longa duração.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. BAIXA MÉDICA??É EURIPA MAS PARECE BRASIL…KKK..NÃO VÃO ME DIZER QUE VOCÊS CAIRAM NO CONTO DOS SOCIALISTAS TAMBÉM..NEGÓCIO DO GOVERNO NUNCA FUNCIONA DIREITO..É DAÍ PARA PIOR..A ÚNICA FORMA DO GOVERNO FORNECER ENSINO PÚBLICO DE QUALIDADE SERIA ATRAVÉS DOS VAUCHERS..CADA ALUNO TERIA UMA VERBA E ESCOLHERIA A ESCOLA…O RESTO É RESTO..

RESPONDER

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …