“A última coisa que faria era culpar portugueses”, diz Siza Vieira sobre o Natal

António Pedro Santos / Lusa

O ministro da Economia e do Estado, Pedro Siza Vieira

O ministro da Economia e do Estado, Pedro Siza Vieira, disse esta quarta-feira que as declarações em que foi citado pelo New York Times, nas quais afirmava que os portugueses “não respeitaram as restrições” no período do natal, estavam incompletas e “deturpadas”.

A 02 de fevereiro, o jornal diário publicou uma conversa em que Siza Vieira indicava que disso resultava o aumento das infeções nas semanas seguintes. No início de uma audição na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, que decorre no Parlamento, Siza Vieira foi questionado pelo deputado Afonso Oliveira (PSD).

“Tive uma conversa longa com o jornalista do New York Times. Disse várias coisas, que não tínhamos certezas absolutas”, referiu Siza Vieira, indicando que apontou o aumento da mobilidade, a redução de testes e a variante inglesa como fatores explicativos. “A última coisa que eu faria era culpar portugueses ou enjeitar responsabilidades próprias”, rematou.

Durante a reunião, noticiou o Público, Siza Vieira disse que o Governo confirmou Vítor Fernandes, antigo  administrador do Novo Banco, para presidente do Conselho de Administração (chairman) do Banco Português de Fomento.

“O dr. Vítor Fernandes tem uma carreira inteira na banca. A nomeação de titulares de cargos no Banco Português de Fomento está sujeita à verificação de idoneidade por parte das entidades supervisoras, processo que vai ser respeitado. Enquanto esteve na administração da CGD, era responsável pelo marketing e operações e não participou na concessão dos créditos referidos”, notou o ministro da Economia.

Sobre os apoios em vigor, revelou que o programa de subsídio às rendas registou 10.250 pedidos de adesão em seis dias. “Ainda nenhuma decisão foi tomada” relativamente às candidaturas, referiu, adiantando que 42% são de empresas da região Norte, 22% da Área Metropolitana de Lisboa, 19% da região Centro, 7% do Algarve e 3% do Alentejo.

“Não estou a dizer que estamos no melhor dos mundos” e mitigar o impacto da crise “não é salvar cada uma das empresas nem salvar todos os empregos”, considerou, frisando que o Governo tem tentado ajudar os setores mais afetados, apontando o programa Apoiar, que já aprovou 582 milhões de euros, dos quais “cerca de 300 milhões” para o turismo.

“Comportamento do emprego foi o que melhor correu”

“O comportamento do emprego foi o que, do ponto de vista da economia, melhor correu” em 2020, disse ainda Siza Vieira, citado pelo Expresso, tendo por base as estatísticas do INE sobre a subida da taxa de desemprego para 6,8% em 2020.

O ministro admitiu que 2020 “foi um ano bastante especial” e “difícil para Portugal e para o mundo”, terminando com uma “contração inédita da economia”, mas sendo cumprido o objetivo de preservação do “potencial produtivo”, tendo sido criados “75 mil empregos desde agosto” e “apoiados mais de 50 mil empregos no país”.

“Começamos [2021] com perspetivas que não são as melhores, com o prolongamento da situação sanitária mais tempo do que o estimado e o programa de entrega de vacinas atrasado, o que obriga ao prolongamento de restrições a atividade económica por mais tempo do que esperado e vai tornar mais dificil o esforço de preservar potencial produtivo e emprego”, referiu.

“Assim, estendemos no tempo e alargamos na dimensão os apoios às empresas, seja assegurar apoios ao emprego pelo tempo necessário, reforçar apoios aos custos fixos não salariais para lá do primeiro trimestre e medidas de natureza fiscal ou revisão do regime de moratórias bancarias”, sublinhou.

Taísa Pagno Taísa Pagno //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O outro, que é ministro da educação, mesmo não sabendo falar, veio dizer que nunca tinha proibido as aulas no privado, muito emboras todas as atividades pedagógicas tivessem que ser suspensas. Este agora vem dizer que não culpou o povo muito embora a culpa fosse do povo segundo as suas próprias palavras. Já em Tancos o primeiro-ministro tinha dito que o armamento era obsoleto, o que foi logo desmentido por vários comandantes do exército.
    Mas ainda alguém acredita nesta gente?!

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …