Após o Brexit, a União Europeia prepara-se para restringir conteúdos britânicos na TV e no streaming

(dr) Netflix

Política, economia e agora cultura. Depois do Reino Unido ter saído da União Europeia, a organização prepara-se para diminuir a quantidade de filmes e séries britânicas disponíveis nas estações de televisão e nos serviços de streaming europeus.

De acordo com o jornal The Guardian, um documento distribuído pelos Estados-membros propõe a imposição de quotas para fazer face à preponderância de uma produção que ameaça a “diversidade cultural” dos serviços de televisão europeus.

A diretiva europeia sobre serviços de comunicação social audiovisual, aprovada no ano passado, estipula que os canais de televisão terrestre têm de exibir uma maioria de conteúdos europeus, e que os serviços de video on demand (VOD) e streaming têm de disponibilizar pelo menos 30% de produção comunitária.



No entanto, com o Brexit, o caso complicou-se, uma vez que o Reino Unido era o maior produtor de cinema e televisão em toda a União Europeia.

A inclusão dos conteúdos britânicos na definição de conteúdos europeus passou a constituir um problema após o Brexit, apesar de o Reino Unido ainda pertencer ao conselho da Convenção Europeia sobre a Televisão Transfronteiras (ECTT).

“A elevada disponibilidade de conteúdos do Reino Unido nos serviços de VOD, além dos privilégios que lhes são garantidos pela qualificação como obras europeias, pode resultar numa presença desproporcional de programação britânica dentro da quota de video on demand europeia e constituir um entrave a uma maior variedade de obras europeias”, cita o jornal inglês.

O documento frisa ainda que “a desproporcionalidade poderá afetar o cumprimento dos objetivos de promoção de obras europeias e de diversidade cultural almejados pela diretiva de serviços de comunicação social audiovisual”.

A Comissão Europeia, adianta ainda o jornal britânico, tem agora em mãos a tarefa de estudar o risco que a programação britânica representa para esta ideia de “diversidade cultural”.

Contudo, caso os conteúdos audiovisuais britânicos venham efetivamente a ser classificados como não-europeus, a indústria audiovisual do país poderá sofrer repercussões graves, avisam agentes citados pelo diário, dando o exemplo de séries com grande impacto como Downton Abbey e The Crown, cujo financiamento, alegam, depende muito do volume de pré-vendas dos direitos internacionais.

O jornal menciona ainda fontes da própria União Europeia segundo as quais as coisas poderão complicar-se ainda mais em janeiro, quando a França tomar conta da presidência rotativa do Conselho da UE.

O país foi além da diretiva europeia, impondo na legislação nacional uma quota de 60% de produção europeia nos serviços de VOD a operar em território francês e obrigando as plataformas a investirem 15% dos seus lucros em conteúdos produzidos na UE – e poderá então, com o apoio de Espanha, Grécia, Itália e Áustria, agravar as medidas contra a hegemonia da produção inglesa.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. No entanto, vamos continuar subjugados à língua inglesa, então aqui em Portugal nomes de empresas e outros é o forte imaginando-se mais importantes!

RESPONDER

DGS autoriza competições da FPF com 33% de público

Os jogos das competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) podem ter uma ocupação de 33% dos recintos desportivos, segundo um parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) a que a agência Lusa teve …

Novas "caixas" transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie "fábrica de células solares" que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte. A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, …

Tribunal europeu autoriza hospital britânico a retirar o suporte de vida a bebé. Pais recusam

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeitou um recurso da família de Alta Fixsler, uma bebé de dois anos, que não come ou respira sozinha, autorizando o Manchester University NHS Foundation Trust a retirar-lhe o …

Equipa com astrónomos portugueses descobre planetas que podem ter água

Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo portugueses, descobriu um sistema de planetas fora do Sistema Solar que podem ter água à superfície, no interior ou na atmosfera, divulgou esta quinta-feira o Observatório Europeu do Sul …

México processa fabricantes de armas dos EUA para tentar deter comércio ilegal

O Governo do México lançou uma ação civil num tribunal do Massachusetts, nos Estados Unidos (EUA), contra um conjunto de fabricantes por "comércio negligente", visando deter o "tráfico ilegal" de armas através da fronteira, destinadas …

Afinal, Messi não vai renovar com o Barcelona

O internacional argentino não vai renovar contrato com o FC Barcelona, confirmou, esta quinta-feira, o clube catalão. Em comunicado publicado no seu site oficial, o FC Barcelona explica que, "apesar de ter chegado a acordo" com …

A Guerra Fria eclodiu nas piscinas de Tóquio. E promete continuar pelos Olímpicos fora

Após a final dos 200 metros costas, o nadador norte-americano Ryan Murphy sugeriu que acabara de participar numa prova que "provavelmente não foi limpa". O comentário foi interpretado como uma acusação a Evgeny Rylov, medalhado …

Moderna admite a necessidade de terceira dose da vacina este ano

A empresa biotecnológica norte-americana Moderna admitiu esta quinta-feira que será necessária uma terceira dose da sua vacina contra a covid-19 antes do fim do ano, devido ao esperado aumento de contágios causado pela variante Delta …

Marcelo insiste na vacinação dos jovens dos 12 aos 15. "Temos de ter paciência"

O Presidente da República considerou, esta quinta-feira, que as dúvidas relativas à vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos não são "tanto dúvidas de princípio, quanto de momento", afirmando que "tudo tem …

44% dos futebolistas foram alvo de ofensas no Twitter

Estudo envolveu os 400 futebolistas da Premier League que têm conta oficial naquela rede social. Quase metade dos futebolistas da Premier League que têm conta oficial no Twitter recebeu mensagens com conteúdo ofensivo ao longo da …