UE dá 320 milhões de euros à UNICEF

UNICEF Ethiopia / Flickr

-

A União Europeia (UE) anunciou hoje ter prometido 320 milhões de euros ao fundo da ONU para a Infância (UNICEF) para lutar contra as doenças infecciosas e subnutrição das mulheres em 15 países em desenvolvimento.

Este financiamento acontece no quadro dos esforços para cumprir os objetivos do milénio para o desenvolvimento da ONU, sublinhou o comissário europeu para o Desenvolvimento, Andris Pielbags, perante o conselho de administração da UNICEF.

“Há muito a fazer, antes da data limite de 2015, para atingir os objectivos do milénio e estes projetos vão ajudar-nos a avançar”, declarou.

A mortalidade infantil regrediu para metade desde 1990, mas 18 mil crianças, com menos de cinco anos, morrem todos os dias de doenças infecciosas evitáveis.

De acordo com a UNICEF, o objectivo da ONU para 2015 – reduzir esta mortalidade em dois terços – não será atingido, a manter-se o ritmo actual, antes de 2028.

Pielbags e o director executivo da UNICEF, Anthony Lake, falaram também da situação humanitária na República Centro-Africana (RCA), que Lake visitou em Janeiro.

“As crianças da RCA precisam desesperadamente de protecção e apoio (…) devemos redobrar urgentemente os esforços neste país”, afirmou o responsável da UNICEF.

Na sexta-feira passada, à margem de uma cimeira da União Africana (UA), em Addis Abeba, a UE prometeu mais 45 milhões de euros para ajudar a República Centro-Africana a sair da crise.

A UE já desbloqueou 150 milhões de euros para a RCA e aprovou o destacamento de uma força europeia de cerca de 500 homens no país.

Vinte e cinco milhões destinam-se a apoiar a força da UA na República Centro-Africana (MISCA), e os restantes para o processo político destinado a pôr fim à crise no país.

A RCA, país com 4,5 milhões de habitantes, entrou numa espiral de violência intercomunitária e inter-religiosa desde o golpe de Estado de Março de 2013 realizado pela coligação rebelde Séléka, dirigida por Michel Djotodia e com origem na minoria muçulmana, que afastou do poder o presidente François Bozizé.

Djotodia tornou-se o primeiro presidente muçulmano deste país, maioritariamente cristão, mas demitiu-se no passado dia 10 de Janeiro por pressão internacional por não conseguir travar os confrontos entre cristãos e muçulmanos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homem na casa dos 20 anos morre de peste no Novo México

Um homem na casa dos 20 anos morreu de peste septicémica no estado norte-americano do Novo México, anunciaram as autoridades de saúde deste estado. A vítima, cuja identidade não foi revelada publicamente, viva em Rio …

Cara do pintor italiano Rafael reconstruida para resolver mistério do seu túmulo

Uma equipa de especialistas fez uma reconstrução em 3D da cara do pintor italiano renascentista Rafael. Assim, confirmaram o seu aspeto físico e resolveram o mistério relativamente ao seu túmulo. O rosto do pintor italiano Rafael …

Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão. Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens …

A última plataforma de gelo intacta do Canadá colapsou. Criou um icebergue maior do que o Porto

A plataforma de gelo Milne, no Canadá, fragmentou-se no final do mês de julho, formando vários icebergues, dois dos quais de grandes dimensões. Cientistas ouvidos pela agência noticiosa AP referem que esta era uma plataforma especial, …

Ícones da moda de luto: a indústria fashion nunca mais será a mesma

Muitas são as áreas da economia a ser gravemente afetadas pela pandemia de covid-19. A indústria da moda não foge à tendência e já são muitos os líderes de grandes marcas a "declarar morte" à …

Covid-19: Cigarros eletrónicos aumentam riscos de infeção em cinco a sete vezes para jovens

O risco de contrair covid-19 entre adolescentes e jovens adultos que fumam cigarros eletrónicos é cinco a sete vezes superior, segundo um estudo liderado pela faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. O …

Apenas 10% da população escreve com a mão esquerda. Cientistas lutam para explicar porquê

Em praticamente qualquer lugar do globo, apenas 10% das pessoas são canhotas, isto é, têm maior habilidade com o lado esquerdo do corpo, especialmente com a mão, comparativamente com o lado direito. Os cientistas tentam há …

Para reavivar o turismo, esta pequena cidade está a contar com a ajuda dos "vampiros"

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por "Crepúsculo", a série …

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …