Twitter da Suécia era gerido por pessoas aleatórias (mas isso está prestes a acabar)

O Twitter oficial da Suécia, gerido por suecos aleatórios que podiam escrever o que bem lhes apetecesse, vai acabar este mês, depois de mais de 200 mil tweets.

A Suécia é um país reconhecido por variadíssimas coisas: a sua beleza natural, uma economia sólida e próspera, boas condições de vida, o IKEA… Mas uma coisa que talvez não saiba é que o Twitter desta nação do norte da Europa era gerido pelos seus cidadãos.

Desde 2011 que o Svenska institutet, agência governamental responsável por divulgar informações do país ao exterior, dava, todas as semanas, a oportunidade a um sueco de ficar responsável pela conta oficial nesta rede social.

Como escreve o The Verge, a pessoa escolhida podia escrever o que quisesse, numa clara tentativa de mostrar ao mundo que este é, de facto, um país diferente (recorde-se que a Suécia foi o primeiro país a ter um número de telefone).

Agora, esta iniciativa, que também inspirou contas semelhantes noutros países e cidades de todo o mundo, está a chegar ao fim. Depois de 365 curadores, 119 mil novos seguidores e cerca de 200 mil tweets, o projeto vai morrer este mês. Neste momento, Erik, tradutor de profissão, é o responsável pela conta e deverá ser o último a ter essa sorte.

Quando o instituto sueco iniciou este projeto há sete anos, a Internet (ainda) era um lugar diferente. O Twitter tinha acabado de completar cinco anos de existência e estava apenas a começar a crescer até se tornar naquela que é agora uma das principais redes sociais.

O The Verge recorda mesmo o caricato momento em que o primeiro curador da conta, Jack Werner, escreveu uma piada de masturbação que lhe valeu o apelido de “the masturbating Swede” (em português “o masturbador sueco”).

Com o passar do tempo, muitos curadores foram lançando tweets polémicos, com críticas sobre Donald Trump, os judeus e até os vizinhos dinamarqueses. Mas, para além disso, muitos foram também sentindo o discurso de ódio (e as ameaças) de outros utilizadores, sobretudo mulheres.

Ao anunciar o encerramento da conta, o Svenska institutet não explicou ao certo porque é que ia acabar com o projeto, mas ficou implícito de que a brutal mudança de comportamento da comunidade online teve o seu papel.

“Foi uma iniciativa inovadora quando foi lançada”, disse um dos fundadores do projeto. “Desde então, a Internet e as redes sociais desenvolveram-se a um ritmo sem precedentes. Todos os projetos têm um fim e chegou a hora de seguirmos em frente“.

Recorde-se que, no próximo domingo, o país vai a votos, numas eleições gerais que poderão ficar na memória europeia como o escrutínio que discutiu a validade do modelo do “Estado de bem-estar social” e que colocou os valores populistas e anti-imigração no círculo do poder.

De um lado está o atual primeiro-ministro sueco, o social-democrata Stefan Löfven, e do outro lado está um adversário que ambiciona romper com o ‘establishment’, o líder dos Democratas da Suécia (SD, força política de extrema-direita, xenófoba e eurocética), Jimmie Akesson.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade alemã

Um "rio" de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, nesta segunda-feira. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade que …

Formações rochosas ancestrais destruídas no Utah. Vandalismo ou fraude?

Misteriosos vídeos apareceram recentemente na Internet que mostram formações rochosas antigas protegidas no deserto do Utah a ser destruídas com explosivos. Os vídeos levantam mais perguntas do que dão respostas. Num primeiro, vê-se um arco rochoso …

Bruno de Carvalho foi a personalidade portuguesa mais pesquisada no Google em 2018

O futebol liderou as pesquisas no Google em 2018. Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, foi a personalidade portuguesa mais pesquisada. Entretanto, a palavra mais pesquisada por portugueses foi "Mundial". Destituído da liderança do Sporting e …

McDonalds vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem adaptar-se e tornar-se resistentes. Quando se trata de reduzir o …

Além de Amália e Eusébio, quem está afinal sepultado no Panteão Nacional?

Do fado de Amália Rodrigues ao espetáculo futebolístico de Eusébio, o Panteão Nacional é morada última de vários talentos nacionais, que marcaram a História de Portugal e levaram a imagem do país além fronteiras. Mas …

Espanha anuncia aumento do salário mínimo para 900 euros

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou a subida de 22% no salário mínimo - de 735,90 para 900 euros. Num discurso no parlamento espanhol, Pedro Sánchez sublinhou que a subida será de 22%, a maior desde …

Ex-advogado de Trump condenado a três anos de prisão

Michael Cohen, antigo advogado do Presidente norte-americano, foi esta quarta-feira condenado a três anos de prisão. Esta é a sentença mais pesada já atribuída nos processos saídos das investigações sobre as suspeitas de interferência da …

Demissão em bloco dos chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, consideram que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos. O anúncio, feito esta quarta-feira, refere que os médicos consideram que …

Lidl aumenta salário mínimo para 670 euros

O Lidl decidiu aumentar “para 670 euros o valor do ordenado de entrada” no primeiro ano na empresa, acima do salário mínimo nacional, que é de 600 euros. O Lidl Portugal anunciou esta terça-feira que …

Sindicato dos estivadores prolonga greve até 2019

O Sindicato Nacional dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) vai avançar com o pré-aviso para que a greve às horas extraordinárias dos estivadores do Porto de Setúbal continue em 2019 por tempo indeterminado. A greve às …