Twitter da Suécia era gerido por pessoas aleatórias (mas isso está prestes a acabar)

O Twitter oficial da Suécia, gerido por suecos aleatórios que podiam escrever o que bem lhes apetecesse, vai acabar este mês, depois de mais de 200 mil tweets.

A Suécia é um país reconhecido por variadíssimas coisas: a sua beleza natural, uma economia sólida e próspera, boas condições de vida, o IKEA… Mas uma coisa que talvez não saiba é que o Twitter desta nação do norte da Europa era gerido pelos seus cidadãos.

Desde 2011 que o Svenska institutet, agência governamental responsável por divulgar informações do país ao exterior, dava, todas as semanas, a oportunidade a um sueco de ficar responsável pela conta oficial nesta rede social.

Como escreve o The Verge, a pessoa escolhida podia escrever o que quisesse, numa clara tentativa de mostrar ao mundo que este é, de facto, um país diferente (recorde-se que a Suécia foi o primeiro país a ter um número de telefone).

Agora, esta iniciativa, que também inspirou contas semelhantes noutros países e cidades de todo o mundo, está a chegar ao fim. Depois de 365 curadores, 119 mil novos seguidores e cerca de 200 mil tweets, o projeto vai morrer este mês. Neste momento, Erik, tradutor de profissão, é o responsável pela conta e deverá ser o último a ter essa sorte.

Quando o instituto sueco iniciou este projeto há sete anos, a Internet (ainda) era um lugar diferente. O Twitter tinha acabado de completar cinco anos de existência e estava apenas a começar a crescer até se tornar naquela que é agora uma das principais redes sociais.

O The Verge recorda mesmo o caricato momento em que o primeiro curador da conta, Jack Werner, escreveu uma piada de masturbação que lhe valeu o apelido de “the masturbating Swede” (em português “o masturbador sueco”).

Com o passar do tempo, muitos curadores foram lançando tweets polémicos, com críticas sobre Donald Trump, os judeus e até os vizinhos dinamarqueses. Mas, para além disso, muitos foram também sentindo o discurso de ódio (e as ameaças) de outros utilizadores, sobretudo mulheres.

Ao anunciar o encerramento da conta, o Svenska institutet não explicou ao certo porque é que ia acabar com o projeto, mas ficou implícito de que a brutal mudança de comportamento da comunidade online teve o seu papel.

“Foi uma iniciativa inovadora quando foi lançada”, disse um dos fundadores do projeto. “Desde então, a Internet e as redes sociais desenvolveram-se a um ritmo sem precedentes. Todos os projetos têm um fim e chegou a hora de seguirmos em frente“.

Recorde-se que, no próximo domingo, o país vai a votos, numas eleições gerais que poderão ficar na memória europeia como o escrutínio que discutiu a validade do modelo do “Estado de bem-estar social” e que colocou os valores populistas e anti-imigração no círculo do poder.

De um lado está o atual primeiro-ministro sueco, o social-democrata Stefan Löfven, e do outro lado está um adversário que ambiciona romper com o ‘establishment’, o líder dos Democratas da Suécia (SD, força política de extrema-direita, xenófoba e eurocética), Jimmie Akesson.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Lisboa pode receber a final deste ano da Liga dos Campeões

Istambul não está agradada com a ideia de receber a final da Liga dos Campeões sem adeptos no estádio. Por isso, outras hipóteses estão a ser consideradas, nomeadamente Lisboa. A final da Liga dos Campeões está …

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …

"Paraministro" de Costa. Gestor independente chamado para negociar plano económico de retoma

O primeiro-ministro, António Costa, convidou o diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, para estudar o plano de recuperação económica. De acordo com o semanário Expresso, que avança a notícia na sua edição deste …

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …