Turismo e recomeço das aulas justificam máscaras obrigatórias na Madeira

ppdpsd / Flickr

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Miguel Albuquerque frisou que a obrigação do Governo é dar prioridade à salvaguarda da saúde e da vida dos madeirenses. “O nosso compromisso é esse.”

O Governo da Madeira avançou com a obrigatoriedade das máscaras nos espaços públicos devido à previsível entrada de 150 mil turistas na região nos próximos dois meses e ao recomeço das aulas, indicou esta sexta-feira o presidente do Executivo regional.

“A questão da legalidade [da medida], logo se vê”, afirmou Miguel Albuquerque, à margem de uma cerimónia na secção regional da Ordem dos Arquitetos, no Funchal.

O Governo da Madeira, de coligação PSD/CDS-PP, decidiu na terça-feira prorrogar a situação de calamidade no arquipélago até 31 de agosto e determinou o uso obrigatório de máscara em “todo o tipo de espaço público” a partir de 1 de agosto.

A resolução motivou polémica, sobretudo no que diz respeito ao suporte legal, mas o executivo regional coloca o foco na prevenção e na salvaguarda da saúde pública.

“A questão da legalidade é sempre a mesma coisa que eu tenho dito desde o início: a obrigação do Governo é dar prioridade absoluta à salvaguarda da saúde e da vida dos madeirenses. O nosso compromisso é esse. Estes são os valores cimeiros”, disse Miguel Albuquerque, reforçando: “Depois, a questão da legalidade, logo se vê.”

O presidente do executivo alertou que está prevista a entrada no arquipélago de 70 mil turistas no mês de agosto e 80 mil em setembro, mês em que, por outro lado, recomeçam as aulas, com a movimentação de 43 mil alunos e seis mil professores.

“Isto significa que temos de redobrar as cautelas e a questão da máscara é cumprir, no fundo, uma recomendação por antecipação da Organização Mundial de Saúde, porque está provado que o uso de máscara tem um efeito dissuasor relativamente à transmissão do vírus com alguma eficácia”, disse.

Miguel Albuquerque sublinhou que a pandemia de Covid-19 está com “índicies de crescimento alarmantes” ao nível europeu e mundial.

Vamos ter dezenas de milhares de pessoas a entrar aqui, na Madeira, algumas delas provenientes de países com índices de infeção muito elevados, como é o caso do Reino Unido, como é o caso da Alemanha, como é o caso da Espanha e como é o caso de França e o uso de máscara é essencial para diminuir a possibilidade de contágio”, reforçou.

O governante reconheceu, no entanto, que a decisão “não é unânime” e “pode gerar polémica”, mas sublinhou ser preferível “pecar por excesso” do que “pecar por negligência e por incompetência”.

“Acho que tudo isto assenta num princípio de razoabilidade. O Governo Regional não tem um polícia para andar atrás das pessoas. É apenas uma questão de respeito pela nossa família, por nós próprios e pelos outros”, disse.

“Eu não vou minimizar a questão. É muito importante, nos próximos meses e nas próximas semanas, que as pessoas usem a máscara na rua, sobretudo quando estão em contacto umas com as outras”, acrescentou.

A resolução do Governo Regional prevê várias exceções, como “a prática desportiva”, “a realização de atividade física e/ou lazer que envolva a realização de esforço físico” e “atividades lúdico-desportivas em espaço florestal e percursos pedestres recomendados”, bem como em “praias, zonas e complexos balneares e acessos ao mar, com exceção das instalações sanitárias”.

As crianças até aos 10 anos e as pessoas incapacitadas (com dificuldade em colocar/retirar a máscara sem assistência) não têm de usar máscara nos espaços públicos.

A Madeira registou até 106 casos de infeção com o vírus da Covid-19 desde o início da pandemia, 97 dos quais já recuperados, segundo dados divulgados na quinta-feira pelo Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …

Procuradora-geral de Nova Iorque quer dissolver NRA após investigação de fraude

A procuradora-geral de Nova Iorque anunciou, esta quinta-feira, ter movido um processo judicial contra a National Rifle Association (NRA), depois de uma investigação que mostra que os seus dirigentes desviaram milhões de dólares para benefício …