Direita volta ao poder. Maioria absoluta para Nova Democracia na Grécia

ORESTIS PANAGIOTOU

O líder do Nova Democracia, Kyriakos Mitsotakis

As primeiras projeções de resultados das eleições de hoje na Grécia indicam uma confortável vitória para o partido conservador Nova Democracia, de Kyriakos Mitsotakis, com quase 40% dos votos.

As projeções oficiais assinalam que o partido da Nova Democracia ganhou as eleições com 39,8% dos votos contra os 31,6% de votos para o partido até agora no poder no país, o Syriza, de Alexis Tsipras.

Ainda de acordo com as primeiras projeções, o partido da Nova Democracia poderá ter conseguido um número de lugares no parlamento Grego suficiente para formar Governo sem necessitar de fazer coligação com outros partidos.

Os gregos foram hoje a votos numas eleições legislativas antecipadas em relação às quais a generalidade das previsões já apontavam o fim da experiência de quatro anos de um Governo dominado pelo partido de esquerda Syriza e pelo regresso ao poder da direita conservadora.

A Nova Democracia repete a vitória registada nas eleições europeias de 26 de maio passado e nas regionais e municipais que decorreram em simultâneo, com segunda volta em 02 de junho.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, reconheceu a sua derrota nas eleições legislativas antecipadas de hoje e felicitou o vencedor, o líder da Nova Democracia, Kyriakos Mitsotakis, noticia a agência EFE.

Numa conversa telefónica, ambos os líderes acordaram que a transferência de poderes será feira na segunda-feira, imediatamente após Mitsotakis tomar posse perante o Presidente grego, Prokopis Pavlópulos, numa cerimónia que está prevista para as 13:00 locais (11:00 em Lisboa), segundo a mesma fonte.

// Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Os gregos aprenderam à sua custa. Nós, portugueses,só não aprenderemos com a experiência dos gregos se não quisermos.

  2. Agora que a Grécia está na miséria, vêm a direita para pôr as contas em dia e vai zangar o povo, pois vai fazer apertos de cinto… vamos apostar?

      • Claro, exactamente como cá: ninguém tem nada a ver com os problemas do país, a quem quer que se pergunte, a resposta é “a culpa é do governo anterior”…

  3. …..sempre achei que, tanto lá como cá, o pessoal está mais habituado, em maioria absoluta, a usar a direita. Nem mesmo o dinossauro Jerónimo, nunca encontrou jeito em usar a esquerda (…..fosse para o que fosse…….!). E nos tempos que correm a esquerda-caviar, também nao parece ajeitar-se com a…….dita. Não digo mais nada, senão sai…….asneira!!

  4. Oxalá que a Grécia encontre o Rumo certo! A esquerda e “pseudo-esquerda” Gregas falharam…
    FELIZMENTE PORTUGAL ESTÁ NO BOM CAMINHO…

      • Para algures… em parte incerta…
        Eu diria a caminho do próximo grande buraco. Com o enorme aumento da despesa corrente que este governo fez, quando as receitas fiscais caírem em consequência do arrefecimento económico internacional, o buraco está de volta… e em força. Viva o Costa, Centeno & Cia, Lda

  5. Esquerda ou direita, o que importa?
    O que lixa tudo são os que acumulam riqueza à custa de milhares. Os intocáveis. Já sei, já sei: vão dizer que este meu discurso é de “esquerdalha”. Seja do que for, é válido. E podem crer que estes tais “intocáveis” o vão continuar a ser venha que governo vier. O dinheiro compra tudo e escapam-se sempre pelo intervalo dos pingos. É assim em todo o lado. É pena é não vermos isto e depois irmos a correr atrás de opções que trazem agarradas algumas facções com soluções extremas.

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …

Esta sexta-feira, a condenação ao comunismo e ao nazismo vai ser debatida no Parlamento

O debate sobre a resolução do Parlamento Europeu que condenou o comunismo e o nazismo chega esta sexta-feira à Assembleia da República, em Lisboa. De acordo com o Observador, de um lado, os partidos mais à …

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco "namoradas" e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …