Direita volta ao poder. Maioria absoluta para Nova Democracia na Grécia

ORESTIS PANAGIOTOU

O líder do Nova Democracia, Kyriakos Mitsotakis

As primeiras projeções de resultados das eleições de hoje na Grécia indicam uma confortável vitória para o partido conservador Nova Democracia, de Kyriakos Mitsotakis, com quase 40% dos votos.

As projeções oficiais assinalam que o partido da Nova Democracia ganhou as eleições com 39,8% dos votos contra os 31,6% de votos para o partido até agora no poder no país, o Syriza, de Alexis Tsipras.

Ainda de acordo com as primeiras projeções, o partido da Nova Democracia poderá ter conseguido um número de lugares no parlamento Grego suficiente para formar Governo sem necessitar de fazer coligação com outros partidos.

Os gregos foram hoje a votos numas eleições legislativas antecipadas em relação às quais a generalidade das previsões já apontavam o fim da experiência de quatro anos de um Governo dominado pelo partido de esquerda Syriza e pelo regresso ao poder da direita conservadora.

A Nova Democracia repete a vitória registada nas eleições europeias de 26 de maio passado e nas regionais e municipais que decorreram em simultâneo, com segunda volta em 02 de junho.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, reconheceu a sua derrota nas eleições legislativas antecipadas de hoje e felicitou o vencedor, o líder da Nova Democracia, Kyriakos Mitsotakis, noticia a agência EFE.

Numa conversa telefónica, ambos os líderes acordaram que a transferência de poderes será feira na segunda-feira, imediatamente após Mitsotakis tomar posse perante o Presidente grego, Prokopis Pavlópulos, numa cerimónia que está prevista para as 13:00 locais (11:00 em Lisboa), segundo a mesma fonte.

// Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Os gregos aprenderam à sua custa. Nós, portugueses,só não aprenderemos com a experiência dos gregos se não quisermos.

  2. Agora que a Grécia está na miséria, vêm a direita para pôr as contas em dia e vai zangar o povo, pois vai fazer apertos de cinto… vamos apostar?

      • Claro, exactamente como cá: ninguém tem nada a ver com os problemas do país, a quem quer que se pergunte, a resposta é “a culpa é do governo anterior”…

  3. …..sempre achei que, tanto lá como cá, o pessoal está mais habituado, em maioria absoluta, a usar a direita. Nem mesmo o dinossauro Jerónimo, nunca encontrou jeito em usar a esquerda (…..fosse para o que fosse…….!). E nos tempos que correm a esquerda-caviar, também nao parece ajeitar-se com a…….dita. Não digo mais nada, senão sai…….asneira!!

  4. Oxalá que a Grécia encontre o Rumo certo! A esquerda e “pseudo-esquerda” Gregas falharam…
    FELIZMENTE PORTUGAL ESTÁ NO BOM CAMINHO…

      • Para algures… em parte incerta…
        Eu diria a caminho do próximo grande buraco. Com o enorme aumento da despesa corrente que este governo fez, quando as receitas fiscais caírem em consequência do arrefecimento económico internacional, o buraco está de volta… e em força. Viva o Costa, Centeno & Cia, Lda

  5. Esquerda ou direita, o que importa?
    O que lixa tudo são os que acumulam riqueza à custa de milhares. Os intocáveis. Já sei, já sei: vão dizer que este meu discurso é de “esquerdalha”. Seja do que for, é válido. E podem crer que estes tais “intocáveis” o vão continuar a ser venha que governo vier. O dinheiro compra tudo e escapam-se sempre pelo intervalo dos pingos. É assim em todo o lado. É pena é não vermos isto e depois irmos a correr atrás de opções que trazem agarradas algumas facções com soluções extremas.

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …