Trump terá com toda a certeza a honra de se encontrar com Kim Jong-un

Pete Marovich / POOL / EPA

-

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou esta segunda-feira estar disposto a reunir-se com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, “mediante as circunstâncias adequadas”.

“Se para mim fizer sentido encontrar-me com ele, eu terei, com toda a certeza, a honra de o fazer”, disse Donald Trump numa entrevista hoje à Bloomberg News, numa altura em que sobe a tensão em relação a Pyongyang por causa da alegada preparação de um teste nuclear e das sucessivas ameaças cruzadas entre os dois países.

“Estou a dizer-lhe que, com as condições certas, estou disposto a encontrar-me com ele”, sublinhou Donald Trump, a propósito da possibilidade de se encontrar com o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

O último encontro entre altos dirigentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte remonta a 2000, quando a então secretária de Estado norte-americana Madeleine Albright, na presidência de Bill Clinton, se reuniu com Kim Jong Il, pai do atual líder norte-coreano.

Kim Jong-Un nunca se encontrou com qualquer dirigente político estrangeiro desde que chegou ao poder em 2011.

Convite a Duterte

Esta é em poucos dias a segunda vez que Donald Trump manifesta disponibilidade para se encontrar com líderes habitualmente envolvidos em polémica.

No sábado passado, Donald Trump convidou Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas,  para uma visita à Casa Branca. A informação foi adiantada por um comunicado da Casa Branca, segundo o qual Trump fará uma visita às Filipinas em Novembro, no âmbito de uma cimeira com vários países asiáticos.

Além das diversas polémicas relacionadas com violações de direitos humanos em que o presidente filipino estará alegadamente envolvido – ou que terá até publicamente defendido, Duterte lançou a polémica nos EUA em setembro do ano passado, depois de ter chamado filho de uma prostituta a Barack Obama, então presidente dos Estados Unidos.

Algo que, aparentemente, parece não ter incomodado Donald Trump, que manteve uma “conversa telefónica muito agradável” com Duterte, na qual terá sido discutida a guerra às drogas nas Filipinas – precisamente uma das áreas em que os métodos do presidente filipino são mais controversos – e a ameaça militar da Coreia do Norte.

Segundo adianta o comunicado da Casa Branca, emitido este domingo, depois desta chamada a aliança entre os Estados Unidos e as Filipinas está “no bom caminho”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só tenho a dizer… 4 anos é muito tempo. Este Trump não tem nível, competência, sabedoria emuito menos bom senso para ser presidente nem sequer de uma colectividade. Corram com este animal enquanto é tempo! Impeachment já!..

    É que com o Obama ou com uma pessoa normal na presidência, nem nunca se tinha chegado a esta escalada de tensão e de perigo para o mundo.

    O Duterte meu Deus… Como é que alguém pode sequer dirigir a palavra a um facínora dessa espécie. Criminosos ao poder, é o que é!.. Não me admira que não tarda nada, Trump se torne grande amigo de Kim Jong-un e juntos resolvama destruir o mundo para depois o difidirem a meio, lol…

RESPONDER

Cientistas encontraram uma forma de levitar objetos usando apenas luz

Os cientistas afirmam que a sua nova tecnologia de levitação seria capaz de enviar uma nave espacial para a estrela mais próxima em apenas 20 anos. Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) dizem ter …

Estrela hiper-fugitiva foi expulsa do disco da Via Láctea

De acordo com investigadores da Universidade de Michigan, uma estrela veloz pode ter sido ejetada do disco estelar da Via Láctea por um enxame de estrelas jovens. Os cientistas dizem que a estrela não teve …

Cientistas portugueses participam na criação do maior telescópio do mundo

O SKA, Square Kilometre Array, está já em construção e será o maior telescópio do mundo. Cientistas portugueses estão a participar no seu design e alguns dos testes serão feitos em território luso. A construção do …

Bolsonaro pondera não assinar qualquer acordo na próxima cimeira do clima

O Brasil está a considerar não assinar qualquer acordo climático na próxima COP25, anunciou este sábado em Santiago o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro, após uma reunião que manteve no sábado no Palácio de La Moneda …

Portugal vs Sérvia | Massacre luso com pólvora seca

Segunda jornada do Grupo B da qualificação para o Euro 2020, segundo empate de Portugal, ambos em casa. Após o nulo ante a Ucrânia na primeira jornada, os campeões da Europa não foram além de …

O "homem-milagre". Carteiro português esteve morto 21 minutos e acordou a caminho da morgue

Declarado morto pelos médicos, depois de ter tido um ataque cardíaco, e "ressuscitado" 21 minutos depois, quando já ia a caminho da morgue, o português João Araújo continua a ser conhecido como o "homem milagre" …

Um dos fármacos mais promissores para tratar o Alzheimer falha nos testes em humanos

Uma onda de choque instalou-se na comunidade de pesquisa sobre o Alzheimer na sexta-feira, depois que a empresa farmacêutica Biogen anunciou a suspensão - na fase final em humanos - dos testes com o fármaco …

Gerente de agência de viagens deixou 84 clientes em terra. Em tribunal, foi absolvida

Paula chegou a tribunal acusada de burla qualificada por ter deixado 84 clientes da agência de viagens que geria no Montijo com as férias ou viagens estragadas em agosto de 2016. Chegou a ser detida …

Italiana de 91 anos distinguida pelos seus feitos na II Guerra Mundial. Aos 17 anos, salvou 38 pessoas

Gabriella Ezra, de 91 anos, vai receber a Estrela de Itália. O Estado decidiu homenageá-la depois de a embaixada italiana em Inglaterra, onde Gabriella vive, ter recebido uma carta do filho, Mark, de 65 anos, …

Moscovo enviou dois aviões com soldados e armamento para a Venezuela

Duas aeronaves russas aterraram no aeroporto de Caracas, este sábado, trazendo 100 soldados e 35 toneladas de armamento. As tropas chegaram sob supervisão do chefe do comando principal das forças terrestres russas, Vasilly Tonkoshkurov. A chegada …