Trump reconhece que Rússia é responsável por “hacking” dos democratas

O Presidente eleito dos Estados Unidos disse esta quarta-feira numa conferência de imprensa, em Nova Iorque, que acredita que a Rússia esteve por trás das fugas de informação do Comité Nacional Democrata.

Acho que foi a Rússia, mas também somos ‘hacked’ por outros países e outras pessoas. O Comité Nacional Democrata estava completamente aberto a ser ‘hacked’. Fizeram um muito mau trabalho”, disse Donald Trump.

A conferência de imprensa, que aconteceu na Trump Tower, na Quinta Avenida, foi a primeira do Presidente eleito desde julho, quando ainda era o candidato presidencial dos republicanos.

Se Putin gosta de Donald Trump, adivinhem, isso chama-se uma vantagem e não um defeito”, explicou, questionado porque é que não tinha sido alvo dos mesmos ataques.

“Eu ‘twittei’ que não tenho relações com a Rússia. Não tenho negócios na Rússia. Não tenho negócios na Rússia porque nos mantivemos longe. E não tenho nenhuns empréstimos na Rússia. Como empresário de imobiliário, tenho muito, muito pouca dívida”, disse.

A CNN, o Washington Post e o New York Times, entre outros, publicaram na terça-feira notícias citando um relatório dos serviços de informações dos EUA segundo o qual a Rússia tem informação comprometedora suficiente para “chantagear” Donald Trump.

Trump chamou as notícias de “uma desgraça” e criticou os órgãos de informação CNN e Buzzfeed por publicarem o relatório integralmente.

Ainda sobre a Rússia, disse que Putin não “devia estar a fazê-lo [espionagem eletrónica a organizações americanas] e não o vai fazer.”

A Rússia vai ter muito mais respeito pelo nosso país quando eu o liderar do que quando outras pessoas o lideraram”, disse.

Sobre a reforma do sistema nacional de saúde conhecida por Obamacare, que assegura cuidados de saúde a mais de 20 milhões de pessoas, Trump disse que “é um completo e total desastre” e que “está a implodir”.

O republicano acrescentou que Obamacare “era um problema dos democratas” e que lhes estava “a fazer um grande favor” ao revogar a lei.

Trump explicou ainda que revogar o sistema de saúde e a aprovação de um substituto acontecerá “essencialmente em simultâneo”.

O responsável disse também que não vai esperar pela negociação com o México para construir a muralha na fronteira com o país, uma das suas grandes promessas de campanha, e que por isso vai avançar com a sua construção de imediato, mas que o o vizinho do sul “vai devolver” o custo da obra, nem que seja “através de um imposto”.

Uma advogada de Donald Trump explicou durante a conferência de imprensa que o empresário vai abdicar de todos os cargos na sua empresa, bem como a sua filha, para evitar conflitos de interesses e que a organização será gerida por dois dos seus filhos, Don e Eric Trump.

A advogada explicou também que qualquer contribuição de um governo estrangeiro para os hotéis da sua marca serão doados ao tesouro norte-americano, uma vez mais para evitar conflitos de interesses.

Os jornalistas perguntaram também se Trump iria mostrar a sua declaração de impostos, mas Trump repetiu que continua sob investigação do serviço norte-americano de impostos, IRS, e que o tema não é importante.

“Os únicos que se preocupam com a minha declaração de impostos são os jornalistas”, disse, acrescentando que a prova desse facto é que tinha ganho a eleição.

Trump toma posse como Presidente dos EUA no próximo dia 20 de janeiro.

// Lusa

RESPONDER

Guia de descontos para uma Black Friday em grande

O conceito começou por ser uma referência ao colapso da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929. Mas a Black Friday como hoje a conhecemos só surgiu nos anos 60, quando o setor do …

Morreu o actor João Ricardo

O actor e encenador João Ricardo, 53 anos, morreu esta quinta-feira, em Lisboa, disse à Lusa a agência do actor. O actor João Ricardo, conhecido pelo seu trabalho na televisão, no teatro e no cinema, nasceu …

Chegou à Finlândia o pão feito com farinha de grilo

Uma das maiores empresas de produtos alimentares da Finlândia vai começar a vender pão de insetos, no qual grilos comuns são moídos e acrescentados à farinha normal, representando cerca de 3% do peso de cada …

39 anos por um crime que não cometeu. Finalmente livre

Craig Coley, agora com 70 anos, cumpria pena de prisão perpétua pela autoria de dois homicídios em 1978. No entanto, 39 anos depois, a sua inocência foi provada e o norte-americano foi libertado. O governador da …

Neutralidade da Internet em jogo nos EUA. Portugal é mau exemplo

A administração Trump quer reverter o princípio do livre acesso a qualquer tipo de conteúdo na Internet. Jornais internacionais apontam Portugal como exemplo de falta de neutralidade. Os Estados Unidos da América vão votar o fim …

Trabalhadores do privado voltam a receber subsídios de Natal e de férias por inteiro

O pagamento dos subsídios de Natal e de férias no setor privado vai deixar de ser feito parcialmente em duodécimos e voltará a ser feito de uma só vez, em 2018, depois da aprovação de …

O milionário que matou o Gawker quer os restos do cadáver

Os advogados do vingativo milionário Peter Thiel apresentaram, esta semana, uma ação para contestar uma previdência cautelar que o impede de comprar os ativos do já "adormecido" Gawker. Em causa, estão os arquivos de 14 …

Governo quer terrenos privados limpos até 15 de março

Os proprietários privados têm "até 15 de março" para limpar as áreas envolventes às casas isoladas, aldeias e estradas e, se não o fizeram, os municípios terão "até ao final de maio" para proceder a …

Uma explosão, segredos de Estado e rumores, mas ainda não há sinal do submarino

As buscas pelo submarino argentino ARA San Juan, que está desaparecido há oito dias, entraram numa fase crítica, quando as esperanças de encontrar a tripulação viva estão praticamente esgotadas. Sem pistas sobre o submarino, há …

Bancos aumentaram ganhos com as comissões pagas pelos clientes

A banca nacional facturou 1,62 mil milhões de euros em comissões líquidas, pagas pelos clientes, desde Janeiro até Setembro de 2017. Um valor que reflecte uma subida de 5,7% relativamente a 2016. Estes dados são avançados …