Trump insiste em rejeitar vitória de Biden. Bolsonaro diz que tem “informações” sobre “fraude”

O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse este domingo que não desiste da rejeição da vitória do Presidente eleito Joe Biden, um democrata, insistindo nas acusações de suposta “fraude” eleitoral, apesar de os tribunais terem desvalorizado as alegações da sua campanha.

“A minha opinião não vai mudar em seis meses”, disse Trump numa entrevista à rede de televisão conservadora Fox News, a primeira televisiva desde as eleições de 3 de novembro. “Houve uma tremenda quantidade de fraude … fraude maciça”.

As críticas renovadas de Trump proferidas contrastam com as decisões judiciais que rejeitaram as alegações de “fraude” eleitoral, feitas pela sua equipa, por ausência de provas.

“Dizer que uma eleição é injusta não faz com que seja assim. As acusações exigem acusações específicas e depois provas. Não temos nenhum dos dois aqui”, disse, na sexta-feira, o juiz Stephanos Bibas, do Tribunal de Recurso de Filadélfia (Pensilvânia), que foi nomeado pelo próprio Presidente Trump para o cargo.

Na quinta-feira, Trump tinha assinalado que deixaria o cargo se o colégio eleitoral votasse no democrata Joe Biden.

Na última semana, os resultados foram oficializados na Pensilvânia, Michigan e Geórgia, três dos principais estados que Trump perdeu nas eleições e que sustentam a vitória do democrata.

Esta segunda-feira foi concluída a recontagem dos votos no Wisconsin, exigida pela campanha do presidente, mantendo a vitória de Biden por uma margem de 20 mil votos, que deverá ser certificada nos próximos dias.

Bolsonaro diz que tem “informações” sobre “fraude”

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse este domingo que vai esperar mais algum tempo até congratular o Presidente eleito dos Estados Unidos da América, Joe Biden, considerando que “houve muita fraude” nas presidenciais norte-americanas.

“A imprensa não o divulga, mas eu tenho as minhas informações, e não serve de nada dizer-vos porque não as vão publicar, realmente houve muitas fraudes” nas eleições norte-americanas, disse o Presidente brasileiro, acrescentando: “Houve fraudes, isso ninguém discute, mas não sei se foram suficientes para definir a vitória de um ou de outro”.

O Presidente do maior país sul-americano, conhecido como “Trump dos Trópicos”, e que não esconde a simpatia por Donald Trump, respondeu que vai “esperar mais um bocado” até reconhecer a vitória de Biden.

Nas declarações aos jornalistas, Bolsonaro também expressou dúvidas sobre a votação eletrónica no Brasil, sugerindo que é vulnerável à fraude, e defendeu que o país devia voltar ao sistema das urnas nas presidenciais de 2022.

Biden nomeia equipa composta totalmente por mulheres

Joe Biden anunciou este domingo que a equipa de comunicações da Casa Branca será integrada exclusivamente por mulheres – algo inédito na história do país, anunciou a Presidência.

Entre as nomeadas está Jen Psaki, que atuará como secretária de imprensa da Casa Branca, um cargo de alta exposição. Psaki, de 41 anos, ocupou vários cargos de alto nível, como o de diretora de comunicações da Casa Branca durante o governo do presidente Barack Obama, de quem o Biden foi vice-presidente.

Biden e a vice-presidente eleita, Kamala Harris, tentou fomentar diversidade nas nomeações que foram anunciadas até agora para integrar o Executivo, que assumirá suas funções em 20 de janeiro.

“Tenho o orgulho de anunciar hoje a primeira equipa de comunicações de alto nível da Casa Branca, composto na sua totalidade por mulheres”, disse o presidente eleito em comunicado. “Estas comunicadoras qualificadas e experientes aportam diversas perspetivas ao seu trabalho e um compromisso compartilhado de reconstruir este país”.

Foram anunciadas mais seis nomeações: Kate Bedingfield, vice-diretora de campanha de Biden, será diretora de comunicações da Casa Branca. Ashley Etienne dirigirá as comunicações de Harris, de quem Symone Sanders será a porta-voz principal. Pili Tobar foi nomeada como vice-diretora de comunicações da Casa Branca e Karine Jean Pierre será a vice-diretora principal de imprensa. Elizabeth Alexander ocupará a direção de comunicações da futura primeira-dama, Jill Biden.

Biden recebe esta segunda-feira o seu primeiro briefing classificado com a Administração de Donald Trump, a reunião regular sobre as informações mais confidenciais oferecidas aos principais funcionários do Governo dos Estados Unidos.

A conselheira de transição Kate Bedingfield disse que a equipa de Biden iniciará briefings com o Governo de Trump sobre a distribuição de vacinas, testes e cadeia de fornecimento de equipamentos de proteção individual.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …

"Deixa os homens cantar". Ex-paraquedistas vaiam e pedem demissão do ministro da Defesa

Centenas de ex-paraquedistas vaiaram e pediram hoje a demissão do ministro da Defesa e do Chefe do Estado Maior do Exército durante a cerimónia militar nas comemorações do Dia do Exército, em Aveiro. A iniciativa, que …

Portugal com mais quatro óbitos e 604 casos de covid-19

Portugal regista hoje mais 604 novos casos de covid-19 confirmados e quatro óbitos pela doença, assim como mais 243 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, segundo o boletim oficial. De …

Retrato de Monsieur Lavoisier e a sua esposa Marie-Anne-Pierrette Paulze.

Análise revela composição secreta debaixo de retrato de Lavoisier

Um icónico retrato do químico francês Antoine-Laurent de Lavoisier e da sua esposa, Marie-Anne, mostrou ter uma composição escondida debaixo dele. Antoine-Laurent de Lavoisier foi um químico francês fundamental para a revolução deste campo científico no …