Trump engana tropas sobre aumento salarial na visita ao Iraque (outra vez)

Michael Reynolds / EPA

Na última quarta-feira Donald Trump fez uma visita surpresa ao Iraque — foi a primeira viagem, enquanto presidente dos EUA, a uma zona de combate.

Na visita à base área Al Asad, a oeste de Bagdade, Trump discursou perante uma multidão de soldados e, no decorrer do discurso, repetiu argumentos falaciosos sobre os salários dos militares.

“Quero que todos saibam que vamos sempre proteger quem nos protege. Vocês protegem-nos. Nós vamos sempre proteger-vos”, começou por dizer. “E vocês acabaram de ver isso, porque vocês acabaram de receber um dos maiores aumentos que alguma vez receberam. Vocês não recebem um aumento há mais de 10 anos… e nós conseguimos um aumento grande para vocês. Eu consegui”, continuou.

“Eles disseram: ‘Sabes, podemos fazer um aumento mais pequeno. Podemos ficar nos 3%. Podemos ficar nos 2%’. Eu disse: ‘Não. Façam de 10%. Façam mais de 10%‘. Já passaram mais de dez anos. É muito tempo”, repetiu falsamente Trump, naquela que foi a primeira visita ao Iraque, acompanhado pela primeira-dama Melania Trump.

De acordo com a CNN e a Business Insider, os salários dos militares têm aumentado anualmente há mais de 30 anos. Em 2018 assistiu-se a um aumento de 2,4% e para 2019, à conta da Lei de Autorização de Defesa Nacional, está previsto outro acrescento de 2,6%. O aumento no orçamento para 2019 foi o maior nos últimos nove anos, mas o aumento salarial não tem nada de novo.

Trump frequentemente invoca o salário militar como prova do seu compromisso com as forças armadas. Em maio, o presidente norte-americano disse às mães e esposas de soldados num evento na Casa Branca que tinha conseguido aumentar o salário dos militares “pela primeira vez em dez anos”.

A viagem de Donald Trump pode também ter comprometido as identidades e as localizações secretas dos Navy Seals no Iraque após ter publicado um vídeo ao lado da equipa esta quarta-feira no Twitter.

O vídeo foi publicado depois de o presidente norte-americano ter visitado os militares destacados no país, mas isso constitui uma “quebra do protocolo que normalmente protege as identidades dos membros das forças especiais em zonas de combate”, de acordo com Malcolm Nance, um especialista em serviços de informações da Marinha.

Agora “a segurança operacional” daquela unidade especial terá ficado comprometida, avisa o especialista, uma vez que ninguém sabia, até agora, que militares norte-americanos estavam no país.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …

"Fracasso" no combate à covid-19. Diretora de Saúde de Israel demite-se

Siegal Sadetzki, diretora dos serviços públicos do Ministério da Saúde de Israel, denunciou o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação da covid-19 no país, apresentando a sua demissão. Uma responsável do Ministério da Saúde de …